Novas cabeças do Congresso

Entre as 100 maiores cabeças do Congresso Nacional, indicadas pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, estavam três goianos: o senador Demóstenes Torres (DEM) e os deputados Ronaldo Caiado (DEM) e Sandro Mabel (PR).

Além dos três, o Diap aponta mais dois políticos goianos entre os 100 mais influentes do Congresso: o senador Marconi Perillo (PSDB) e o deputado Jovair Arantes.

Entre os Estados periféricos, Goiás é um dos mais prestigiados. Porque sua bancada é considerada qualitativa e propositiva.

Poucos Estados têm cinco políticos apontados como do alto clero. A injustiça é não citar a senadora tucana Lúcia Vânia. 

FONTE: Jornal Opção

Caiado é, de novo, um dos 100 mais influentes do Congresso

Pelo 12º ano consecutivo, o deputado Ronaldo Caiado figura na seleta lista dos 100 parlamentares de maior relevância e influência no Congresso Nacional. A escolha é feita anualmente pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap).

A seleção dos nomes leva em consideração o posto ocupado pelo parlamentar no Congresso, a influência sobre os demais colegas na tomada de decisões e o envolvimento na discussão de matérias relevantes, de interesse da sociedade. Este ano foram escolhidos 69 deputados e 31 senadores.

"O fato de estar nesta lista todos os anos me orgulha muito e serve como prestação de contas do meu mandato aos goianos. Mostra que o trabalho que venho desenvolvendo em Brasília é satisfatório e me incentiva mais ainda", comentou Caiado, que desde 1999 está na lista do Diap.

Confira a lista dos 100 mais influentes aqui

Caiado discute em Mozarlândia caminhos para o Democratas, em 2010

Mozarlândia será palco do V Encontro Regional do Democratas, domingo (30/05), às 9 horas, no Centro de Convenções. O presidente regional do partido, deputado Ronaldo Caiado, o senador Demóstenes Torres, deputados estaduais, secretários estaduais, vereadores, prefeitos e lideranças de toda a região confirmaram presença no evento. Serão discutidas ações, metas e formas de fortalecimento para os desafios que virão. Segundo Ronaldo Caiado, o Democratas é um partido que acredita na política construída em bases de confiança, seriedade e participação. “São preliminares indispensáveis ao êxito de qualquer ação que interfira na vida do cidadão. O Democratas terá um papel fundamental para ajudar Goiás nas próximas eleições”, comentou Caiado.

Evento: V ENCONTRO REGIONAL DO DEMOCRATAS
Data: 30 de maio de 2010
Horário: 9 horas
Local: Centro de Convenções, Avenida José Camilo S/N, Setor Cascalheiras

Caiado pressiona pela votação da PEC 300

O deputado Ronaldo Caiado (Democratas-GO) reafirmou seu compromisso a favor da votação da Proposta de Emenda à Constituição que institui o piso salarial nacional para os policiais militares e bombeiros. O goiano assinou requerimento juntamente com mais de 300 deputados pela inclusão na pauta da PEC 300, como é conhecido o projeto.

“A PEC 300 é a garantia de dignidade a quem trabalha na segurança pública deste País. Investir em condições de trabalho de PMs e bombeiros é garantir melhorias consideráveis nesta área”, explicou Caiado.

O parlamentar goiano ainda alertou para as manobras governistas para evitar a votação da PEC 300. “Semana passada presenciamos algo desmoralizante. O governo esvaziou o plenário para evitar que votássemos a proposta. Todos precisam ficar atentos a isso”, disse.

Para o deputado Caiado, uma assinatura em um requerimento não significa que um ou outro deputado luta mais pela PEC 300. “O que vale é a atuação diária em defesa dos PMs e Bombeiros”, definiu.

Assessoria de Imprensa

Ficha Limpa é aprovada no Senado Federal

Os senadores aprovaram por unanimidade hoje (19), o projeto de lei da Ficha Limpa no plenário, encerrando a tramitação da proposta de iniciativa popular no Congresso Nacional. O próximo passo será a sanção presidencial. O texto aprovado é o mesmo encaminhado pela Câmara dos Deputados, sem emendas. O projeto obteve 76 votos favoráveis.

O projeto de lei, entregue ao deputado Michel Temer, em setembro do ano passado, pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), passou por duas alterações, a primeira no grupo de trabalho coordenado pelo deputado Miguel Martini, com relatoria de Índio da Costa, e a segunda com a relatoria de José Eduardo Cardozo, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Nos dois casos, o MCCE acredita que o projeto foi aperfeiçoado e permanece de encontro aos anseios da sociedade, expressos em 1,6 milhão de assinaturas coletadas em todo o país. Além destas, a instituição parceira da MCCE, Avaaz, coletou virtualmente mais de 2 milhões de adesões à iniciativa.

De acordo com a diretora do MCCE, Jovita José Rosa, a aprovação do PLP no Senado Federal representa a vitória da sociedade e das 44 entidades que lutaram pela tramitação da lei. “No início, a Ficha Limpa parecia uma utopia, mas logo todo o Brasil se envolveu com o tema e hoje só podemos comemorar, porque é uma vitória do povo”, afirmou. Os membros do MCCE, que acompanharam a votação da CCJ e no plenário, também comemoraram o desfecho da tramitação no Congresso, entre eles os membros da CBJP, Daniel Seidel e Marcelo Lavenère, do Confea, Oziris Barboza, da AMB, Mozart Valladares, e da OAB, Ophir Cavalcante Júnior. Eles aguardam que a sanção do presidente Lula acontece nos próximos dias.

Além da sanção presidencial, outro aspecto que deverá ser abordado é a validade da lei já nestas eleições. O MCCE entende que não é preciso o prazo de um ano antes do pleito, para que a legislação passe a vigorar. No entanto, outras interpretações entendem que a lei seria aplicada a partir de 2012. A decisão ficará a cargo do Tribunal Superior Eleitoral. Acompanhe outras notícias sobre a Ficha Limpa neste site.

Fonte: Assessoria de Comunicação SE-MCCE

Ronaldo Caiado é entrevistado pela Rádio 730

O presidente do Democratas em Goiás e deputado federal Ronaldo Caiado foi o entrevistado desta sexta-feira, 21, do Jornal 730. Em pauta, as definições do partido em relação ao processo eleitoral de 2010.

O parlamentar garante que a decisão sobre quem a legenda irá apoiar só será divulgada após as convenções partidárias, no dia 30 de junho. Segundo ele, estão sendo realizadas reuniões em todas as regiões do Estado e o objetivo é seguir a decisão da maioria dos membros da legenda.

Caiado não quis antecipar qual será a tendência de aliança e reiterou que esta será uma decisão democrática. “Isso depende do que cada membro quer. Eu não me atrevo e não tenho a ousadia de dizer qual é a perferência e essa é uma prática de respeito à todos os diretórios”, disse.

Ciente da divergência entre membros, o presidente do DEM acredita que o dia da convenção vai ser uma verdadeira guerra. “Cada um vai fazer sua defesa e esse é um processo efervescente e bonito. Acho que dessa maneira que se faz uma decisão partidária”, definiu.

Espaço na chapa

Questionado se, no processo de formação de aliança, além da candidatura à reeleição de Demóstenes Torres ao senado, o DEM reinvidicará mais espaço na chapa majoritária, Caiado afirmou que não é o momento de discutir esta questão. “Não entrei com esse detalhe. Nós estamos decidindo o principal. Esse é um assunto que virá logo após a definição da coligação”, concluiu.

Caminho Natural

O presidente do DEM admitiu que há alianças históricas do partido, como com o PP, de Alcides Rodrigues e lembrou que recentemente a legenda também caminhou com os tucanos, mas destacou que o processo eleitoral deste ano é diferenciado.

“O que discutimos é 2010 e é um momento que o partido precisa se preocupar não apenas para alavancar campanha. A gente não pode ser usado só para eleger candidatos de outros partidos”.

Caiado finalizou afirmando que a influência da aliança nacional do partido é relativa. “Tem uma tendência, mas não é obrigação ou rotina”, destacou.

Confira o áudio aqui

FONTE: Rádio 730

Diap de 1999

Ronaldo Caiado – PFL/GO; Deputado, 2º mandato, goiano, médico e empresário rural. Fundador e presidente da UDR – União Democratica Ruralista, representa os insteresses dos latifundiários no Congresso. Combate à reforma agrária e defende agricultores e produtores rurais, para os menores taxas de juros, mais créditos, perdão de dívidas anteriores. De família Goiás, foi candidato a presidente pleito de 1989. Ativo, bem articulado, interlocutor privilegiado da agricultura no Vicelíder do PFL, prefere os entendimentos bastidores às atividades de plenário. É Poder Executivo. Direita. Único parlamentar do Estado de Goiás citado nessa publicação. Principal característica de acordo com a classificação do DIAP: ARTICULADOR/ORGANIZADOR; Característica secundária de acordo com a classificação do DIAP: DEBATEDOR. Clique AQUI para ver a íntegra da publicação.

Diap de 2000

Ronaldo Caiado – PFL/GO, Deputado, 2º mandato, goiano, médico e empresário rural. Fundador e presidente da UDR – União Democrática Ruralista, representa os interesses dos latifundiários no Congresso. Lidera o combate à reforma agrária e defende os agricultores e produtores rurais, para os quais reivindica menores taxas de juros, mais créditos, incentivos e perdão de dívidas anteriores.

De família tradicional no Goiás, foi candidato a presidente da República no pleito de 1989. Ativo, bem articulado, É um interlocutor privilegiado da agricultura no Legislativo. Vice-líder do PFL, prefere os entendimentos de bastidores às atividades de plenário. É bem relacionado no Poder Executivo. Direita. Principal característica de acordo com a classificação do DIAP: ARTICULADOR/ORGANIZADOR; Característica secundária de acordo com a classificação do DIAP: DEBATEDOR. Clique AQUI para ver a íntegra da publicação.

Diap de 2001

Ronaldo Caiado – PFL/GO; Deputado, 2º mandato, goiano, médico e empresário rural. Fundador e presidente da UDR – União Democrática Ruralista, representa os interesses dos latifundiários no Congresso. Lidera o combate à reforma agrária e defende os agricultores e produtores rurais, para os quais reivindica menores taxas de juros, mais créditos, incentivos e perdão de dívidas anteriores.

De família tradicional no Goiás, foi candidato a presidente da República no pleito de 1989. Ativo, bem articulado, é um interlocutor privilegiado da agricultura no Legislativo. Vice-líder do PFL, prefere os entendimentos de bastidores às atividades de plenário. É bem relacionado no Poder Executivo. Direita. Principal característica de acordo com a classificação do DIAP: ARTICULADOR/ORGANIZADOR; Característica secundária de acordo com a classificação do DIAP: DEBATEDOR. Clique AQUI para ver a íntegra da publicação.

Diap de 2002

Ronaldo Caiado – PFL/GO; Deputado, 2º mandato, goiano, médico e empresário rural. Fundador e presidente da UDR – União Democrática Ruralista, representa os interesses dos proprietários rurais no Congresso. Lidera o combate à reforma agrária e defende os agricultores e produtores rurais, para os quais reivindica menores taxas de juros, mais créditos, incentivos e perdão de dívidas anteriores.

De família tradicional no Goiás, foi candidato a presidente da República no pleito de 1989. Ativo, bem articulado, é um interlocutor privilegiado da agricultura no Legislativo. Vice-lÌder do PFL, prefere os entendimentos de bastidores às atividades de plenário. É bem relacionado no Poder Executivo. Direita. Principal característica de acordo com a classificação do DIAP: ARTICULADOR/ORGANIZADOR; Característica secundária de acordo com a classificação do DIAP: DEBATEDOR. Clique AQUI para ver a íntegra da publicação.

1 2 3