Para Caiado, médicos estrangeiros são bem-vindos desde que façam revalidação do diploma

O líder do Democratas na Câmara dos Deputados, Ronaldo Caiado, declarou hoje (21) que o Democratas não se opõe a atuação de médicos cubanos, espanhóis, portugueses ou de qualquer outra nacionalidade no Brasil desde que passem pelo Revalida. A prova hoje é exigida no Brasil para qualquer profissional com formação no exterior que queira exercer a medicina em território nacional. O governo federal anunciou que pretende trazer médicos de outros países sem a exigência do exame.

“Não temos nada contra a vinda de médicos de qualquer país que seja. Não vamos admitir é que o cidadão formado em medicina em qualquer país do mundo possa exercer a profissão no Brasil sem que passe pelo Revalida, sem provar que tem os conhecimentos básicos para exercer a profissão no Brasil. É inadmissível que as pessoas venham falar de saúde com demagogia”, pontuou Caiado que é ortopedista.

“O que é inaceitável é a vinda de médicos sem a qualificação mínima para tratar da saúde da população”, acrescentou o líder do Democratas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *