Caiado pede convocação de Berzoini e auditoria do TCU sobre rombo no Postalis

16697967707_6499e195f9_z
O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), protocolou nesta segunda-feira (23/3), requerimento de convocação do ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini. O senador pede explicações sobre o rombo de R$ 5,6 bilhões do Postalis, fundo de pensão dos Correios, que agora, conforme reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, deverá ser compensado com quase 26% dos salários dos funcionários da estatal a partir de abril de 2015. Além disso, Caiado enviou requerimento de informação ao Ministério da Previdência com questionamentos sobre a evolução do patrimônio do fundo e auditorias realizadas desde 2010. O parlamentar ainda deu entrada em requerimento de pedido de auditoria pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em relação à administração do fundo.

Ronaldo Caiado também protocolou requerimentos de convite do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, – no cargo por indicação do ex-ministro petista Paulo Bernardo, – de Antônio Carlos Conquista, diretor-presidente do Postalis e do diretor-superintendente da Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar), órgão responsável pela fiscalização dos fundos de pensão. “É inaceitável que o funcionário dos Correios pague pela gestão fraudulenta do Postalis. Pelo visto, o esquema de corrupção do mensalão, que começou nos Correios, continuou firme e forte. Será que querem que os servidores arquem com o prejuízo quietos? Os gestores desse fundo devem responder por esse absurdo. Não é de hoje que venho denunciando os desmandos nos fundos de pensão”, afirmou Caiado.

Saiba mais
Os requerimentos de convocação e convite foram protocolados na Comissão de Fiscalização e Controle. Já o requerimento de informação foi encaminhado ao Ministério da Previdência, órgão responsável pela Previc e pede informações desde 2010: todos os relatórios, auditorias ou qualquer outro instrumento de fiscalização em relação ao fundo de pensão Postalis; todas as informações constantes em qualquer banco de dados da Previc que diga respeito ao fundo; toda e qualquer notificação, advertência, punição ou correspondência entre a Previc e o Postalis.

One thought on “Caiado pede convocação de Berzoini e auditoria do TCU sobre rombo no Postalis

  1. Finalmente, alguém que se preocupa! Só é interessante explicar ao Senador que o O Estado de São Paulo (o jornal) se equivocou ao informar que os 25,9% seria sobre o SALÁRIO. Esse percentual será sobre o valor previsto para complementação na aposentadoria. Mesmo assim, o valor fica alto. Por exemplo, há pessoas com a previsão de complementação na casa de 7,3 mil reais; logo, terá de “contribuir” com 2,5 mil reais a fundo perdido (só para cobrir o rombo) e mesmo aposentando continua a ser deduzido desse valor e mais 9%!!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *