Caiado: Presidente da Eletrobras precisa explicar insistência em linha de alta tensão por bairros de Goiânia

Democratas nas Comissões - SLJ 341O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado, quer uma audiência pública com o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, para debater a insistência da Celg em manter o projeto de construção de uma linha de tensão sobre a Região Sudoeste, em Goiânia. O senador recebeu nesta manhã de quinta-feira (21/05) o grupo de moradores que luta contra a obra.

“Conseguimos barrar a obra após audiência em novembro do ano passado com o presidente da Eletrobras, quando ele garantiu que o traçado da linha seria revisto em diálogo com os moradores da região. Depois de seis meses de obra parada eles agora fazem um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público sem qualquer diálogo com a população. Isso não é postura de um órgão sério”, criticou Caiado.

O democrata ressalta o grave dano à saúde que estarão sujeitos os moradores caso a linha seja concluída. De acordo com os próprios moradores, há estudos da Fundação Oswaldo Cruz e do Instituto Nacional do Câncer que apontam a alta incidência de câncer em regiões próximas às linhas.

“Não há um médico que recomende viver próximo a essas linhas de alta tensão que vão colocar em risco 20 mil pessoas dos bairros de Parque Anhanguera, Residencial Canadá, Setor Faiçalville, Setor Santa Rita, Jardim Presidente, Três Marias, Jardim Europa e Parque Amazonas” denunciou.

Caiado, que já vem dialogando com o ministro de Minas e Energia para uma audiência no Senado, deve apresentar requerimento na Comissão de Fiscalização e Controle já na próxima semana. Além de Carvalho Neto, a audiência deve contar com representantes da Aneel, Celg-Par e Ministério Público.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *