Diretores de Correios e Postalis vêm ao Senado explicar rombo no fundo de pensão

IMG_0686A Comissão de Fiscalização e Controle do Senado aprovou requerimento para ouvir o diretor-presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, o superintendente da Previdência Complementar (Previc), Carlos Alberto de Paula, e Antonio Carlos Conquista, atual gestor do Postalis, fundo de pensão da empresa que hoje conta com um rombo de R$ 5,6 bilhões.

O requerimento de autoria do líder do Democratas na Casa, Ronaldo Caiado (GO), foi aprovado nesta terça-feira (05/05). O senador quer explicações sobre os motivos que levaram o fundo a reter até 25% do salário de funcionários e pensionistas para pagar o prejuízo.

“Os gestores desse fundo devem responder por esse absurdo e não os funcionários que foram enganados por uma diretoria que usou o dinheiro deles para comprar títulos da Venezuela. Pelo visto, o esquema de corrupção do mensalão, que começou nos Correios, continuou firme e forte na empresa”, justificou Caiado.

Ministro
O requerimento original previa ainda a convocação do ministro Ricardo Berzoini (Comunicações), mas após acordo entre Caiado e membros da comissão, a presença de Berzoini ficou acordada para um segundo momento, caso as explicações dos diretores não satisfaçam o colegiado.

 

5 thoughts on “Diretores de Correios e Postalis vêm ao Senado explicar rombo no fundo de pensão

  1. Caro Senador Caiado a situação é crítica na Empresa e no Fundo de Pensão. Haja visto que tudo começou com a denuncia do Mensalão. Quanto a administração é estrutural ( reajuste de salário aos funcionários acima do teto -aplicação política ) e conjuntural (quanto as aplicações financeiras e de ações, como por ex: aplicação de títulos da Venezuela, dentre outros. É má administração mesmo no sentido da palavra. Vai fundo que conseguirá mais!!!!!

  2. Desculpas são fáceis, até o presente não vi ninguém do PT assumir responsabilidade por qualquer malfeito. Se o senado puder arrestar os bens desses gestores serveriam de exemplo

  3. Prezado Senador CAIADO, VAMOS PASSAR O BRASIL A LIMPO!
    FUNDO DE PENSÃO POSTALIS.
    NA AUDIÊNCIA SOBRE O DEFICIT DO POSTALIS, SOLICITAR O RECÁLCULO DO DÉFICIT EXPURGANDO DO CÁLCULO OS VALORES QUE ESTÃO “AJUIZADOS”, (RTSA, BNY Mellon Brasil, ECT…), E TAMBÉM SOLICITAR A RETIRADA DO CÁLCULO DOS VALORES INVESTIDOS EM ENTIDADES QUE “NOTÓRIAMENTE” – RELATÓRIO DA PREVIC – NÃO TINHAM RENTABILIDADE. OS CORREIOS DEVEM ASSUMIR ESTES DEFICITS E PROCESSAR OS RESPONSÁVEIS.
    IMPOR MODIFICAÇÕES NAS INSTRUÇÕES DA PREVIC PARA QUE SEJA PROIBIDO A INDICAÇÃO DE CONSELHEIROS E DIRETORES QUE NÃO SEJAM PARTICIPANTES DO FUNDO DE PENSÃO (BLINDAR OS FUNDOS DA INTERFERÊNCIA DE POLÍTICOS CORRUPTOS).
    ps.: Questionado o Postalis sobre a disponibilização do Balanço Patrimonial de 2014, responderam que o Relatório Anual de 2014 (Balanço do Patrimonial) será publicado no mês de agosto, conforme Instrução Previc nº 22.

  4. Sr Ronaldo Caiado, desde d começo do mes aprovou requerimento para ouvir as partes do correios e postalis, e até agora não se ouve mais nada. Vai haver cpi ou não

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *