Oposição protocolará representação na PGR contra Dilma por pedaladas fiscais

IMG_0814

Líderes da oposição vão apresentar na próxima semana uma representação na Procuradoria-geral da República por prática de crime comum cometida pela presidente Dilma Rousseff. O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO),

afirmou que a decisão mostra a unidade dos partidos de oposição e a capacidade para conduzir o processo político de forma a atender as expectativas do povo brasileiro.
O anúncio foi feito nesta quinta-feira (21/5) após reunião com líderes oposicionistas. A ação terá como base o crime das “pedaladas fiscais”, atestado em relatório do Tribunal de Contas da União (TCU).
“A oposição atestou sua unidade na reunião feita na manhã de hoje. Definimos a estratégia de ação para atingirmos nossos objetivos. Está muito claro o crime cometido pela presidente que se utilizou em momento de sua campanha do Banco do Brasil, Caixa Econômica e BNDES, conforme já atestou o TCU”, avaliou Caiado.

“Peço a confiança do povo e que nos entregue a responsabilidade de pilotar o processo político no Congresso Nacional. Em contrapartida, aplaudimos a iniciativa de todos os movimentos populares. Mas unifiquem suas ações. Estaremos recepcionando todos vocês no auditório Petrônio Portela, no Senado, no próximo dia 27″, disse.

Pedaladas
Mês passado, o TCU classificou como crime os atrasos sistemáticos de repasses do governo federal a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES, que precisaram arcar com programas da União. A operação foi caracterizada como empréstimo de instituições controladas pelo Executivo para o próprio governo o que é proibido por lei. Os atrasos somaram R$ 40 bilhões. A partir do relatório, o TCU vai ouvir 17 autoridades do governo, entre elas, o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

3 thoughts on “Oposição protocolará representação na PGR contra Dilma por pedaladas fiscais

  1. Caro Senador, representar contra a Dilma na PGR não vai dar em nada com esse Procurador amigo presidente. Eu não acredito. Abraços Antônio Carlos.

  2. Depois de tudo que já aconteceu na Lava-Jato AINDA a Petrobrás está PAGANDO propina. Onde mesmo está a Justiça? Talvez o único político a estar lá amanhã junto do Movimento de fato Livre seja o Caiado.

Deixe uma resposta para Rebeca Bachner Lepiscopo Cancelar resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *