marolinha

Com incompetência gerencial, PT vê ‘marolinha’ virar onda, avalia Caiado

Em discurso no plenário na última desta quinta-feira (11/6), o senador Ronaldo Caiado afirmou que diante da incompetência gerencia do governo a “marolinha” do ex-presidente Lula se transformou numa onda. O líder do Democratas no Senado lamentou que o PT com atitudes populistas e demagógicas voltadas à reeleição da presidente Dilma está destruindo uma das maiores conquistas dos brasileiros: a estabilidade da moeda e da inflação.

“Um dia o governo do PT chamou a crise de ‘marolinha’. Pois a ‘marolinha’ virou onda e com essa incapacidade de gestão que estamos assistindo corremos o risco de ver a crise virar um tsunami. Faz tempo que alertamos para esse quadro e o governo não tomou nenhuma providência. Estava preocupado apenas implantar teses demagógicas e populistas para manter um projeto de poder e garantir a reeleição da presidente Dilma”, avaliou o senador. “O aumento da energia elétrica residencial foi de 58,47% e dois anos atrás a presidente foi em cadeia de rádio e TV dizer que estava baixando a conta de luz quando na verdade adotou uma medida que sabíamos que seria prejudicial aos distribuidores de energia. Agora, estamos vendo o resultado. O cidadão não consegue mais pagar a conta de luz”, argumentou.

Caiado condenou a política petista que ignorou a crise e deixou de adotar ajustes necessários para ganhar a opinião pública no momento da eleição. Como consequência uma geração inteira que nasceu durante e depois do lançamento do Plano Real está vendo a inflação voltar a subir. “A geração dos 25, 30 anos não conhece os malefícios da inflação. De repente, vimos o PT cometer o maior crime que é a destruição do Plano Real. O maior programa social que um governo faz é garantir o emprego com renda suficiente para adquirir bens, fazer suas compras no supermercado, ter lazer, melhoria na moradia. Só conseguimos isso com moeda forte e inflação baixa”, ponderou.