20696165069_81b4b95222_z

Para Caiado, governo quer recriar a CPMF para cobrir rombo de má gestão e corrupção

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), declarou nesta quinta-feira (27/8) que o governo quer recriar a CPMF para cobrir o rombo deixado pela má gestão e corrupção da administração petista. Para o senador, mais uma vez o cidadão e o setor produtivo serão penalizados já que a máquina pública continua inchada depois da farsa da reforma administrativa anunciada esta semana.

“Essa intenção de ressuscitar a CPMF é uma tentativa de salvar o governo marcado pela má gestão e corrupção que atinge todos os níveis do Executivo. É um imposto cumulativo que tanto já penalizou o setor produtivo e o cidadão chamado mais vez para pagar a conta. Enquanto isso, máquina continua inflada já que essa reforma administrava é uma farsa. Na prática não haverá grandes cortes, apenas um rearranjo. Assim é fácil cortar ministérios”, afirmou Caiado ao se referir à reportagem do jornal O Globo que traz o esboço da reforma ministerial.

O parlamentar prometeu empenho no Congresso para evitar que a CPMF e outros impostos sejam criados ou haja aumento das alíquotas de tributos já existentes. “Vamos enfrentar essa tentativa de recriar a CPMF assim como a unificação do PIS e da Cofins. O governo deve fazer a sua parte e não transferir os seus mal feitos a população”, disse o líder.