16243972837_c775168ec5_z

Oposição vai lançar frente única contra CPMF e aumento de impostos

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado, anunciou que a oposição vai lançar uma frente única para conter a intenção do governo federal de aumentar impostos como solução principal para tapar o rombo nas contas públicas, bem como a recriação da CPMF.

De acordo com o senador, o anúncio realizado na tarde desta segunda-feira (14/09) de que haveriam cortes substanciais na máquina estatal não passou de “jogo de cena” da presidente para justificar a elevação da carga tributária em cima da população brasileira.

“Dilma faz um jogo de cena, não faz um corte significativo de ministérios nem cargos de apadrinhados e ainda resolve repassar a conta do desastre de seu governo para o brasileiro. Vamos fazer uma ampla frente ao lado da população contra aumento de carga tributária. O Congresso não vai referendar esse ataque”, divulgou.

Entre as taxas que serão elevadas o governo divulgou que PIS/Cofins para indústrias químicas, e a de Juros Sobre Capital Próprio (JSCP) terão reajustes, além de criar novas faixas de Imposto de Renda para ganhos de capital de pessoas físicas. Caiado também comentou o novo capítulo da trapalhada intenção do governo em recriar a CPMF, após avançar e recuar seguidas vezes diante da pressão da opinião pública.

“É a pá de cal no governo do PT essa tentativa de recriar a CPMF e aumentar impostos.
O governo não precisa recriar a CPMF para falar em cortes de gastos, mas pefere centrar no aumento da carga tributária em vez de cortar em sua estrutura. É brincar com a inteligência do brasileiro”, declarou.

A frente deve articular nas duas Casas do Congresso a melhor forma de obstruir qualquer tentativa do governo de passar a conta pelo desajuste que realizou no Orçamento para o contribuinte