AnlpXD5JtRLu5krej3Qjl2z9ZgIinEYv0tH4J-LlBb_Q

Caiado comemora aprovação de novas regras para aposentadoria e emenda que beneficia professores

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), conseguiu incluir na MP 676/15, aprovada nesta quarta-feira (07/10) em plenário, um benefício que havia sido excluído do sistema previdenciário em texto elaborado pela presidente Dilma.

A emenda de sua autoria prevê que professores que comprovarem tempo de efetivo exercício exclusivamente no magistério, na educação infantil e no ensino fundamental e médio, terão direito a cinco pontos na soma exigida para a aposentadoria. Professores já contavam com uma redução de cinco anos no cálculo da aposentadoria mas foram esquecidos pela presidente nessa MP

“Minha emenda recupera essa garantia consolidada ao acrescentar cinco pontos no cálculo previdenciário. É uma forma de valorizar quem faz da mais nobre das profissões a sua contribuição de vida”, explicou Caiado.

A MP 676/15 foi a contraproposta do Poder Executivo para evitar a derrubada do veto presidencial ao fim do fator previdenciário. Com a aprovação, o cálculo da aposentadoria será feito pela regra conhecida como 85/95.
© 2015 Microsoft Termos Privacidade e cookies Desenvolvedores Português (Brasil)