Caiado emenda Pró-Álcool CRÉDITO SIDNEY LINS JR.2

Caiado consegue renegociação da dívida de pequenas cooperativas goianas abandonadas no Pró-Álcool

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), conseguiu articular uma importante vitória para famílias de 17 estados brasileiros que foram abandonadas pelo governo federal após o fracasso do Programa Nacional do Álcool (Pró-Álcool), na década de 1970.

Em especial, o senador citou as 300 famílias goianas da Cooperativa Agroindustrial de São Francisco de Goiás (Coasf), que inclui pequenas propriedades da cidade em questão, além de Petrolina de Goiás, Jaraguá, Jesúpolis, Pirenópolis e Santa Rosa. O texto foi votado como emenda à MP 678 no Senado, nesta quarta-feira (21/10), após tramitar na Câmara dos Deputados.

“Trouxe o exemplo de 300 famílias de seis municípios goianos que sofrem há quase 40 anos com uma dívida extorsiva. São pessoas simples que foram iludidas pelo próprio governo federal. Eles me procuraram ainda em 2014 e me provaram a grave injustiça cometida pelo Estado com pequenos produtores”, citou Caiado em discurso no plenário.

O democrata foi o principal articulador da formulação e da defesa da emenda de autoria do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que renegocia a dívida das cooperativas formadas por pequenos agricultores. O texto autoriza um novo prazo de pagamento de até quinze anos, com três anos de carência e uma taxa efetiva de juros de 3% (três por cento) ao ano.

“Não são usineiros ou especuladores, mas agricultores que plantavam milho e feijão em propriedades de menos de 30 hectares. Havia me comprometido a ajudar a reparar essa dívida histórica com esses homens do campo. Algumas famílias já estão na segunda ou terceira geração e ainda vivem com o peso de uma dívida que impede que tomem empréstimos e financiem a produção em suas terras”, lembrou.

COASF
O caso destacado pelo democrata se refere à Cooperativa Agroindustrial, cuja dívida soma hoje mais de R$ 60 milhões. Representantes dos municípios e da cooperativa estiveram nas galerias do plenário para acompanhar a votação e agradeceram ao empenho de Ronaldo Caiado que cumpriu conforme o prometido durante a campanha de 2014.

“Você foi uma peça fundamental para essa conquista. Em nome de todas as cidades goianas, agradecemos profundamente. Só Deus pode retribuir tamanho trabalho em defesa de nosso povo”, disse o prefeito de São Francisco, Luiz Antônio. A influência e o trabalho do senador Ronaldo Caiado foi fundamental”, afirmou o ex-prefeito de Jaraguá, Lineu Olímpio de Souza.

O discurso em defesa dos produtores também repercutiu entre os senadores, com menções e elogios à luta travada pelo democrata goiano. Aécio Neves (PSDB-MG), Lúcia Vânia (PSB-GO), Moka (PMDB-MS) e Ricardo Ferraço (PMDB-ES) foram alguns dos parlamentares que se manifestaram em favor da emenda.