luta

Caiado diz que governo tenta desqualificar luta do Judiciário

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado, afirmou nesta sexta-feira (13/11) que o governo da presidente Dilma Rousseff tenta desqualificar a luta do Poder Judiciário por reajuste salarial para justificar a própria incompetência. A crítica foi durante café da manhã organizado pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Goiás – com o apoio dos presidentes do TRT 18ª Região e do TRE-GO – para pedir empenho da bancada federal na iniciativa.

“O governo tenta satanizar a luta de vocês, que é legítima, fazendo comparações esdrúxulas e dizendo que esta é uma pauta bomba que vai explodir o Brasil. Essas são as teses usadas para desqualificar a luta e tirar o foco da incompetência do governo”, lamentou.

O veto em questão está previsto para ser votado pelo Congresso no próximo dia 17. “A nossa luta não será fácil, mas saberemos usar nosso espaço para tentar garantir o reajuste e explicitar todo o processo”, garantiu.

O presidente do Sindicato, Leopoldo de Lima, enalteceu o empenho do senador a favor da causa. “Estivemos várias vezes com ele em Brasília e ele sempre nos apoiou. Nenhuma carreira passou por um período tão longo sem reajuste como a nossa”, disse.

O presidente do TRE, Walter Carlos Lemes, também elogiou o senador. “O apoio enfático do senador tem sido de suma importância. Acredito que teremos bom êxito na nossa demanda”, afirmou.