plenário

Discutir impeachment no Congresso é forma de enfrentar a crise, afirma Caiado

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), afirmou hoje (17/11) em pronunciamento no plenário que levar adiante o processo de impeachment da presidente da Dilma Rousseff é uma maneira de enfrentar a crise no país. Para o senador que comentou o assunto como aparte a discurso do senador Fernando Bezerra (PSB-PE), é necessário que os parlamentares tomem urgente uma posição diante do quadro de desgoverno, da inflação crescente e do desemprego que não para de subir.

“Vivemos um processo inflacionário, desemprego crescente resultado do quadro de desgoverno. O sistema presidencialista exige de um líder um mínimo de credibilidade para ser ouvido pela sociedade quando propõe alternativas em um momento como esse de crise. A população não quer o impeachment só por causa das pedaladas fiscais, existe um sentimento de frustração, o povo quer o impeachment por causa do estelionato eleitoral, pela falta de liderança da presidente. Ela não tem capacidade de apresentar uma saída”, opinou Caiado.

“Até os economistas estão falando de política e encorajando a discussão do impeachment. Discutir o impeachment é uma forma de enfrentar a crise. O Congresso precisa ter a coragem de tomar uma posição, de iniciar esse debate do impeachment”, pontuou o líder democrata.