23297241766_44caa65ca2_z

Caiado: Dilma foi irresponsável ao negar cortes anteriores na máquina pública

O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO) criticou o anúncio tardio de cortes no Orçamento sob o argumento de dificuldades para atingir a meta fiscal. A presidente Dilma anunciou um contingenciamento de R$ 23,4 bilhões nesta sexta-feira (19/02).

“Dilma sempre soube que a receita seria menor, mas se negou a fazer cortes na máquina pública. E o governo, irresponsavelmente, insistiu em estimar uma arrecadação maior, incluindo a CPMF, que não será recriada”, afirmou Caiado.

No entendimento do senador, os anúncios do governo federal são dados sem nenhuma coerência com uma política fiscal definida e apresenta à população e aos investidores.

“O Brasil hoje não tem planejamento e está lidando com o imponderável. O governo se especializou em criar incertezas. Mas a única certeza que o brasileiro tem é que a situação vai piorar com esse governo”, concluiu.