Capturar

Caiado quer convocar ministro Berzoini para audiência sobre Bancoop

O líder do Democratas no Senado Federal. Ronaldo Caiado (GO), apresentou nesta terça-feira (16/02) requerimento de convocação para ouvir o ministro (Secretaria de Governo) Ricardo Berzoini sobre as fraudes contábeis que culminaram no encerramento das atividades da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop).

O senador propõe uma audiência pública na Comissão de Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle da Casa que também deve contar com o advogado de famílias lesadas, Valter Picazio Júnior, o promotor José Carlos Blat e o ex-segurança de diretores da cooperativa, Andi Roberto Gurczynska.

“Enquanto o ex-presidente Lula gozou de regalias para a conclusão do edifício da Bancoop onde tem um triplex, centenas de famílias de cooperados foram enganadas e perderam tudo que foi investido no sonho da casa própria. É desumano o que fizeram nessa cooperativa e o fato de termos um ministro como fundador é muito grave. A Justiça já determinou a Berzoini e a Vaccari Neto a obrigação de ressarcir os cooperados. Que ele se explique a este parlamento”, solicitou Caiado.

As investigações indicam que volumes milionários de saques em dinheiro feitos por meio de cheques emitidos pela Bancoop a si mesma ou a dirigentes teriam como finalidade o abastecimento de campanhas eleitorais do PT.

Captação via Berzoini
A ligação do ministro Ricardo Berzoini também se deu quando ministro do Trabalho, em 2004, ano em que teria mediado, segundo o ex-presidente da Bancoop, Luiz Malheiro, a captação de R$ 36,9 milhões de fundos de pensão estatais para tentar salvar a cooperativa.

“Mais uma vez aparecem aqui os fundos de pensão como instrumento do PT para financiar seus objetivos através do dinheiro de aposentados e viúvas. Não podemos admitir que um ministro de Estado se cale sobre tão pesadas acusações”, defendeu.