plenário

Aprovadas auditorias do TCU em transferências para o Bancoop e em patrimônio dos palácios presidenciais

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira, 9 de março, requerimentos do líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), com pedidos de auditoria do Tribunal de Contas das União (TCU) para apurar supostos repasses de recursos públicos para a Bancoop e o possível desvios ou desaparecimento de bens dos palácios presidenciais.

O primeiro requerimento refere-se à cooperativa investigada por desvios de recursos para alimentar caixa 2 de campanhas do PT. No seu requerimento, Caiado explica a suspeita de repasses da Caixa Econômica Federal e de fundos de pensão de estatais para fundo de investimento criado pela entidade que totalizam R$ 52 milhões.

“Esses supostos repasses federais para uma cooperativa investigada por desviar R$ 100 milhões para abastecer caixa de campanha do PT deve ser investigada. A Justiça Federal inclusive já autorizou a Polícia Federal a ter acesso à documentação bancária e fiscal da Bancoop, bem como do fundo de investimento criado pela cooperativa”, explicou Caiado.

Em relação ao segundo requerimento, o senador argumenta que o inventário de bens da União ajudaria a elucidar suspeitas de subtração de itens que pertencem ao povo brasileiro. “Há suspeita de que itens que pertencem à União tenham sido levados para um depósito em São Bernardo do Campo junto à mudança do ex-presidente Lula. A Polícia Federal já catalogou e fotografou para verificação de dano à União. Cabe agora darmos total transparência ao processo”, justificou Caiado.
© 2016 Microsoft Termos Privacidade e cookies Desenvolvedores Português (Brasil)