WhatsApp Image 2016-08-27 at 11.45.09

“Em vez de acompanhar Dilma, Lula deveria se resguardar após indiciamento”, diz Caiado

O líder do Democratas no Senado Federal Ronaldo Caiado (GO) comentou o recente indiciamento do ex-presidente Lula por crimes como corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

Em coletiva no plenário do Senado, neste sábado (27/08), Caiado foi questionado sobre a vinda de Lula junto à presidente afastada Dilma Rousseff em comitiva na próxima segunda, quando ela será interrogada.

“Qualquer cidadão que tem compromisso com a ética e com os princípios republicanos deveria encarar um indiciamento pela polícia como algo prioritário. Ele precisa se resguardar, refletir e achar uma resposta para essas denúncias pelas quais foi denunciado”, disse Caiado.

O democrata argumenta que a presença de Lula, após indiciado, vai trazer ao julgamento de afastamento definitivo da presidente Dilma uma nova interpretação que o coloca como corresponsável pelos crimes cometidos por sua sucessora.

“Vai acabar atestando que tudo isso que está aqui sendo julgado na verdade é fruto de suas decisões. Ele foi o mentor intelectual desse governo, dessa presidente e das práticas de desrespeito à democracia, ao Estado e às leis do país”, comentou.