O senador Ronaldo Caiado (Democratas-GO) afirmou que a irresponsabilidade e a corrupção de gestores com o desenvolvimento da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) impõe um revisão total no projeto governamental. Em audiência que presidiu sobre o assunto no Senado, nesta terça-feira (22/11), o senador recebeu especialistas e representantes do setor para traçar um panorama geral da empresa e os efeitos que a Operação Pulso – deflagrada em novembro de 2015 – teve em seu funcionamento.