Creci

Caiado destaca força do Creci e sua importância para Goiás

O senador Ronaldo Caiado (Democratas) foi recebido na tarde desta segunda-feira (30/04) pela diretoria do Conselho Regional de Corretores Imobiliários de Goiás (Creci) junto com o deputado estadual Lívio Luciano (Podemos) para falar sobre as perspectivas do cenário político nacional e estadual e sobre as demandas do setor imobiliário. No encontro, o presidente Hugo Monteiro Guimarães ressaltou o diálogo sempre aberto com o democrata e o interesse de colaborar com um plano de governo, já que Ronaldo Caiado é pré-candidato ao governo de Goiás.

“O senador sempre foi um amigo dos corretores imobiliários. Sempre que precisamos dele quando era deputado federal, e agora como senador, ele nos apoiou muito. É esse apoio irrestrito que esperamos dele caso seja eleito governador. Queremos colaborar com um plano de governo e hoje uma das demandas prioritárias é em relação ao custo das escrituras e as taxas cartorárias, que são as mais altas do País”, adiantou.

Para o deputado Lívio Luciano, é uma alegria que segmentos importantes da sociedade queiram colaborar com o projeto de futuro para Goiás. “Fico feliz que segmento participe do processo político, pois vejo que estão preocupados com o momento que o País atravessa. Todos querem colaborar com a melhoria de vida dos cidadãos e com o bom funcionamento das instituições. É muito importante, especialmente para nós que somos oposição, ouvir os segmentos organizados para que possam contribuir com um plano de governo”, explicou.

Ronaldo Caiado fez questão de destacar a abertura deste diálogo e elogiou o trabalho do Creci em Goiás. “O Creci tem colaborado de forma intensa no crescimento de Goiás e se tornou reconhecido pela qualidade de capacitação de seus corretores, dando tranquilidade a todos os que compram e vendem imóveis. Temos nos empenhado em ouvir todos os setores que podem contribuir conosco em um projeto de mudança para Goiás”, assegurou.

Também participaram da reunião Jackson Jean Silva, diretor financeiro; Juscemar Antônio de Oliveira, diretor secretário; Walter São Felipe, diretor tesoureiro; Jair Reis de Melo, diretor tesoureiro; Fernando de Pádua, assessor jurídico; Cláudio Araújo, coordenador de fiscalização; Pedro Ivo Guerra, coordenador do Creci Jovem.

3

“Novo presidente do TRE começa bem ao defender ficha limpa e atacar fake news”, diz Caiado

O senador Ronaldo Caiado (Democratas) participou na manhã desta segunda-feira (30/04) da solenidade de posse do novo presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Carlos Hipólito Escher, e do vice Zacarias Neves Coelho, e afirmou ter expectativas positivas em relação ao trabalho de ambos à frente da Justiça Eleitoral neste ano importante da democracia brasileira.

“Carlos Hipólito Escher, tocou em dois pontos importantes que a sociedade espera da Justiça Eleitoral ao discursar em sua posse hoje. Ele foi enfático ao dizer que fará cumprir a lei da ficha limpa, que já é realidade na legislação brasileira, e que o TRE será um instrumento de controle da utilização criminosa das fake news, que tentam distorcer o resultado das eleições. É o que esperamos da Justiça eleitoral: que produza um resultado embasado no que a lei determina”, disse o senador.

Carlos Hipólito Escher e Zacarias Neves Coelho foram eleitos para os novos cargos no dia 22 de janeiro deste ano. Até então Carlos Hipólito Escher era juiz-membro substituto e Zacarias Coelho atuou também como substituto, no período entre 2013 e 2016.

2

Caiado participa de cavalgada em Edeia ao lado de Wilder e lideranças

Recepcionados com entusiasmo por moradores de Edeia, os senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais, ambos do Democratas, participaram neste domingo (29/04) da 4ª Queima do Alho e Cavalgada da cidade, ao lado dos deputados José Nelto (Podemos), Major Araújo (PRP), o ex-candidato a prefeito Waguinho (Democratas) e e vereadora Gillene Fernandes (Democratas), além de lideranças da região.

A festa é organizada pela comunidade e, para o senador Ronaldo Caiado, um momento de reavivar antigas lembranças de família, bem como promover a confraternização entre amigos.

“É na volta às minhas raízes e no carinho que recebo dos goianos todos os dias que renovo as minhas energias para lutar por um novo Goiás. Foi assim hoje em Edeia. Como já é tradição, fizemos uma cavalgada pela cidade ao lado de milhares de cavaleiros. Nas ruas a recepção calorosa e espontânea dos moradores nos deixou realmente motivados”, contou Ronaldo Caiado.

O senador chegou a Edeia por volta das 10 horas acompanhado de Wilder Morais e José Nelto e tiveram encontro com lideranças na casa de Waguinho. “Os moradores estavam ansiosos com a vinda de Ronaldo Caiado nesta festa que já é tradição aqui em Edeia. O senador tem uma identidade muito forte com o setor produtivo e para nós é uma alegria enorme dividir com ele esse momento que ele tanto gosto”, disse Waguinho.

A vereadora Gillene também comemorou a visita dos dois senadores. “É uma honra recebê-los em nossa cidade. A presença deles dá brilho a essa festa que é a própria comunidade que organiza com todo o carinho”, contou.

Vice-prefeito de Palmeiras de Goiás, Ailton Terra Nova tem acompanhado Ronaldo Caiado em alguns eventos do interior e assegura que a recepção é sempre calorosa como foi em Edeia.

“É impressionante o carinho que a população tem com Ronaldo Caiado, nosso próximo governador. Ele representa a renovação que Goiás quer e, ao mesmo tempo, a força do campo para o País. É uma referência para todos nós”, assegurou.

CaiadoCocalzinho

“É preciso dar fim a era de perseguições a quem não reza a cartilha do governo”, diz Caiado em Cocalzinho de Goiás

A atenção dos senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais, ambos do Democratas, com Cocalzinho de Goiás foi ressaltada neste sábado (28/04) em discursos do prefeito Alair Ribeiro (PR); do vice Alair Rabelo (PSD); vereadores e lideranças da região que os receberam na Câmara Municipal para um encontro. Todos relataram o descaso do atual governo com o município e a esperança de que um novo gestor possa atender as demandas dos municípios sem se ater a questões partidárias.

Ronaldo Caiado, que destinou R$ 400 mil em emendas parlamentares para a infraestrutura da cidade, falou que tem buscado construir um projeto de futuro para Goiás ao lado de pessoas com espírito público e comprometidas com a população.

“Este foi o sentimento que o senador Wilder Morais e eu tivemos aqui hoje. São pessoas que querem qualidade de vida para os moradores e lutam por isso. O Brasil mudou mais infelizmente muitos políticos, que se acham donos do Estado, não perceberam. Todos nos relataram as dificuldades que o município enfrenta e, mesmo assim, as autoridades sequer são recebidas pelo governo. Essa política de beneficiar só quem se alinha ao governo é que o goiano não suporta mais. É preciso dar fim a era de perseguições a quem não reza a cartilha do governo”, disse Ronaldo Caiado.

O foco de uma administração, nas palavras dele, deve ser o cuidado com os moradores. Ronaldo Caiado mencionou em especial a atenção à infância e juventude, que terá atenção especial em um plano de governo.

“O Goiás que lutamos para ter não é o de uma escola estadual inacabada, como Cocalzinho tem. Queremos dar condições para que crianças, tenham condições de educação e atendimento nutricional e psicológico. É uma parceria que gostaríamos de ter com as prefeituras para que as crianças, em sua fase mais importante, possam se desenvolver”, contou.

Wilder Morais, que também destinou mais de R$ 200 mil para Cocalzinho de Goiás, falou sobre a necessidade de atender e conhecer de perto as necessidades da população, como tem feito ao viajar por todo o Estado ao lado de Ronaldo Caiado.

“Tenho certeza de que, se Ronaldo Caiado for vitorioso nestas eleições, ele irá governar para todos. Será uma gestão verdadeiramente voltada para o povo. É essa a mudança que os goianos esperam assistir”, afirmou Wilder Morais.

O prefeito Alair Ribeiro reconheceu o trabalho de ambos a favor do município e contou que, por parte do governo, o descaso é grande. Por isso ele tem repetido que Goiás precisa sair da zona de conforto e colocar um fim a este ciclo de 20 anos de um mesmo grupo no poder.

“Muitas vezes nós prefeitos sofremos retaliações por divergimos do atual governo. Mas o que precisamos é que o governo seja para todos e que os municípios sejam olhados em suas particularidades”, defendeu o prefeito.

Alair Ribeiro detalhou várias dificuldades que o município enfrenta pelo descaso do governo. Na semana passada, o distrito de Girassol passou seis dias sem água e o prefeito agora pretende requerer na Justiça a municipalização do recurso.

“Peço a vocês uma atenção especial também com a educação. Temos hoje 500 alunos do Ensino Médio estudando em quadra coberta porque as obras do Colégio Padrão Século 21 nunca acabaram. Já são quatro anos de espera”, relatou.

Por conta de situações como essa que o vereador, Sirley Oliveira, se desligou do grupo da base do governo e têm defendido a pré-candidatura de Ronaldo Caiado. “Goiás precisa alavancar em todas as áreas e quem vai conseguir fazer isso é Ronaldo Caiado”, finalizou.

PratodeTratordeAradopresenteempresárioMarcioLeal

Produtores rurais apoiam Caiado em visita a Luziânia

Os senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais, ao lado do presidente da Faeg, José Mário Schreiner, também participaram de um encontro com produtores rurais na Central de Associações de Pequenos Produtores Rurais de Luziânia e Região (Caprul), onde o pré-candidato ao governo rememorou as lutas que enfrentou ao longo de sua trajetória para defender os pequenos produtores.

“Tenho orgulho de representar o setor rural, eu sei o que é a realidade do campo. Em 1986, quando muitos produtores estavam endividados com banco, eu podia ficar só atendendo no meu consultório de médico. Mas o que fiz foi caminhar por todo o Brasil para enfrentar os banqueiros e renegociar as dívidas dos pequenos produtores. Foi assim que demos condições para que continuassem a trabalhar”, lembrou.

A luta de Ronaldo Caiado continuou ao longo de seus cinco mandatos como deputado federal, e agora como senador. “Nunca me acovardei quando os pequenos produtores precisaram de mil. Isso porque sempre tive a consciência de que o Brasil só sairia das dificuldades se tivesse capacidade de produzir. O Brasil hoje é o maior exportador do mundo porque houve investimento em tecnologia e a ciência”, afirmou.

No discurso que fez aos produtores, Wilder Morais também falou de seu compromisso com o setor e da força dele para a economia brasileira. “Em meus seis anos de mandato já destinei mais de 66 máquinas agrícolas para os municípios, e deixo aqui meu compromisso de renovar a frota de máquinas agrícolas. O setor rural é o que segurou a economia nacional em tempos de crise”, reforçou.

ProfessoraEdna

“Podemos fazer de Luziânia uma cidade melhor e de Goiás uma grande potência”, diz vice-prefeita de Luziânia

A vice-prefeita de Luziânia, Professora Edna (Pros), defendeu os nomes de Ronaldo Caiado e Wilder Morais como os melhores para fazer a transformação que Goiás precisa, especialmente no Entorno do Distrito Federal. Para ela, apesar da relevância de Luziânia para o Estado, a cidade não recebe a atenção que deveria.

“Luziânia está em uma região muito carente. A visita do futuro governador para ver de perto as necessidades é muito importante para nós, que acreditamos que eles poderão fazer dela uma cidade melhor e de Goiás uma grande potência”, afirmou.

Hoje ela relata que o transporte público é um grande gargalo, bem como a saúde pública. “Temos uma demanda grande na saúde. Precisamos encaminhar pacientes de média e grande complexidade para a capital mesmo estando próximos ao Distrito Federal. Eu, enquanto vice-prefeita, acredito no projeto de Ronaldo Caiado e Wilder Morais para Goiás. Os dois são os melhores nomes que temos”, defendeu.

MarceloMelo

“Esperança nos move a entrar de corpo e alma no projeto de Ronaldo Caiado”, diz Marcelo Melo

O ex-deputado Marcelo Melo (Democratas) afirmou nesta sexta-feira (27/04) ter confiança no papel que Ronaldo Caiado e Wilder Morais poderão desempenhar para que o Entorno do Distrito Federal volte a trilhar o caminho do progresso depois se sofrer com o descaso do atual governo. Para ele, isso o move a se engajar na pré-campanha dos dois.

“O Entorno convive com problemas gravíssimos no transporte, na segurança, na saúde e também geração de empregos. Esperamos que Ronaldo caiado, nosso futuro governador, e Wilder Morais, que se Deus quiser será reeleito, possam fazer um trabalho de reinserção do Entorno no progresso de Goiás. É essa esperança que nos move a entrar de corpo e alma no projeto de Ronaldo Caiado”, afirmou.

Segundo o ex-deputado, hoje o Entorno é tratado como uma região à parte do Estado. “Tudo é direcionado para Anápolis, Goiânia e Aparecida, como se nós não existíssemos. Aqui são feitos remendos, pequenas ações paliativas, mas ninguém procurou resolver o cerne da questão, que é o desemprego”, criticou.

Para ele, a geração de emprego precisa ser acompanhada também por melhorias na saúde, na segurança e no transporte público. “Grande parcela do Entorno ainda depende do transporte público diário para Brasília. Muitos demoram duas horas para chegar ao trabalho e duas horas para voltar. Essa situação tem de ser encarada e próximo governo terá de abraçar de forma tenaz”, afirmou.

Luziania

Atração de indústrias e geração de empregos devem ser prioridades para Entorno do DF, diz Ronaldo Caiado em Luziânia

Senador cumpriu agenda com Wilder Morais junto com Marcelo Melo, Professora Edna e Eládio Carneiro. Necessidade de melhorias no transporte e segurança também foi debatida

A atração de indústrias e a geração de empregos no Entorno do Distrito Federal devem ser tratadas como prioridades por um futuro governo em Goiás, em contraponto ao abandono que a região enfrenta nos últimos anos. A defesa foi feita pelos senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais, ambos do Democratas, durante visita a Luziânia ao lado do ex-deputado Marcelo Melo (Democratas) e da vice-prefeita do município, Professora Edna (Pros).

Os dois cumpriram agenda movimentada em Luziânia junto ao segundo suplente de senador, Eládio Carneiro (Democratas), e pré-candidatos a deputado federal e estadual. Eles participaram de encontro com representantes da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e da Associação Comercial de Luziânia, concederam entrevistas, almoçaram com produtores rurais e se reuniram no fim do dia com lideranças e a vice-prefeita.

“Os desafios aqui nesta região são enormes. Embora seja o segundo maior colégio eleitoral do Estado, os moradores estão desassistidos em todas as áreas. Precisamos criar aqui um centro tecnológico, com atração de indústrias, para que os municípios como Luziânia deixem de ser cidades-dormitórios e possam oferecer condições para que os moradores trabalhem e vivam com dignidade”, salientou Ronaldo Caiado.

O senador Wilder Morais também lembrou que, embora a região do Entorno corresponda a 30% da população do Estado, ela não vê retorno por parte do governo estadual em forma de benefícios para a população. Na avaliação dele, o Entorno só irá se desenvolver na medida em que houver geração de emprego e oportunidade de estudo para os moradores.

“Só vamos mudar a realidade do Entorno trazendo emprego, mudando a realidade das pessoas. Tenho buscado trazer para cá a Universidade Federal do Entorno. Isso está no nosso foco, porque sei que uma universidade pode mudar a vida das pessoas como mudou a minha. O Estado precisa ser pensado como o todo, não focar em duas ou três cidades. Os moradores daqui também merecem ter qualidade de vida”, defendeu.

Representante do Entorno e pré-candidato a deputado federal, Marcelo Melo destacou que a esperança dos moradores é que Ronaldo Caiado e Wilder consigam trabalhar juntos em um projeto que resulte em atração de indústrias para a região. Para ele, essa certeza é o que o move a se lançar de corpo e alma na pré-campanha de ambos.

“Esperamos que Ronaldo Caiado, nosso futuro governador, e Wilder Morais, que será reeleito, possam fazer um trabalho de reinserção do Entorno no progresso de Goiás. Porque parece que vivemos em outro Estado. Tudo é direcionado para Anápolis, Goiânia e Aparecida, como se nós não existíssemos. Nunca buscaram resolver o cerne da questão, que é o desemprego e as consequências que ele gera”, afirmou Marcelo Melo.

Transporte

Outra questão que compromete a qualidade de vida dos moradores do Entorno é o transporte público. A solução do problema foi cobrada por lideranças que relataram que hoje mais de 30 mil pessoas se deslocam de Luziânia para o Distrito Federal todos os dias em péssimas condições de transporte público. Para Ronaldo Caiado, isso precisa mudar.

“Quem está na política tem obrigação de buscar qualidade de vida e resgatar a dignidade das pessoas. Hoje, por conta da Lava Jato, elas estão mais atentas à política e querem escolher políticos que sejam bons funcionários para elas, que saibam representá-las”, lembrou Ronaldo Caiado, que é autor da PEC 65/2015, que dá uma solução ao problema do transporte público transferindo responsabilidades para a União; e do projeto de lei 163/2015, que determina que parte do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) destinado a Brasília seja repassado ao Entorno.

Marcelo Melo reforçou a necessidade de Goiás e o Distrito Federal unificarem ações para resolver os graves problemas da região, como o do transporte. “Grande parcela do Entorno ainda depende do transporte diário para Brasília. Isso gera acúmulo de veículos também nas rodovias. No horário de pico fica com média de 6 quilômetros por hora. Aí são 2 horas pra ir e 2 horas para voltar do trabalho. Essa situação tem de ser encarada e próximo governo terá de abraçar de forma tenaz”, afirmou.

Segurança pública

Considerada uma das regiões mais violentas de Goiás, o Entorno do Distrito Federal ainda precisa enfrentar o desafio de melhorar a segurança pública. O tema também foi levantado por lideranças que acompanharam os senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais nos eventos dessa sexta-feira.

“Temos aqui cidades que já figuraram como as 20 mais violentas do País. É uma realidade triste e inadmissível. Os cidadãos ficam comandados por facções criminosas e não têm sequer coragem de ir a uma delegacia, por medo de represália. Há uma nítida ausência do Estado nessa questão”, criticou Ronaldo Caiado.

Na avaliação do democrata, o problema da insegurança pública afeta até a economia da região. “Como o Entorno poderá competir na atração de indústrias do País se não há a menor condição de segurança pública, transporte e saneamento?”, questionou. “Tudo isso leva à descrença do cidadão”, alertou o senador.

Para Ronaldo Caiado, essa condição de abandono faz com que Goiás se prepare para encerrar um ciclo de 20 anos em que muitas promessas foram feitas por parte do governo, mas pouco houve de retorno para a população..

“Goiás agora irá encerrar esse ciclo de 20 anos e dar início a um novo método na política, com base na transparência e no respeito ao dinheiro público. Não é dar prioridade a publicidade em detrimento da saúde”, lembrou o senador ao falar dos gastos do atual governo de R$ 150 milhões ao ano com propaganda, ao mesmo tempo em que 55 mil goianos estão na fila de espera por cirurgias eletivas.

“Esperança nos move a entrar de corpo e alma no projeto de Ronaldo Caiado”, diz Marcelo Melo

O ex-deputado Marcelo Melo (Democratas) afirmou nesta sexta-feira (27/04) ter confiança no papel que Ronaldo Caiado e Wilder Morais poderão desempenhar para que o Entorno do Distrito Federal volte a trilhar o caminho do progresso depois se sofrer com o descaso do atual governo. Para ele, isso o move a se engajar na pré-campanha dos dois.

“O Entorno convive com problemas gravíssimos no transporte, na segurança, na saúde e também geração de empregos. Esperamos que Ronaldo caiado, nosso futuro governador, e Wilder Morais, que se Deus quiser será reeleito, possam fazer um trabalho de reinserção do Entorno no progresso de Goiás. É essa esperança que nos move a entrar de corpo e alma no projeto de Ronaldo Caiado”, afirmou.

Segundo o ex-deputado, hoje o Entorno é tratado como uma região à parte do Estado. “Tudo é direcionado para Anápolis, Goiânia e Aparecida, como se nós não existíssemos. Aqui são feitos remendos, pequenas ações paliativas, mas ninguém procurou resolver o cerne da questão, que é o desemprego”, criticou.

Para ele, a geração de emprego precisa ser acompanhada também por melhorias na saúde, na segurança e no transporte público. “Grande parcela do Entorno ainda depende do transporte público diário para Brasília. Muitos demoram duas horas para chegar ao trabalho e duas horas para voltar. Essa situação tem de ser encarada e próximo governo terá de abraçar de forma tenaz”, afirmou.

“Podemos fazer de Luziânia uma cidade melhor e de Goiás uma grande potência”, diz vice-prefeita

A vice-prefeita de Luziânia, Professora Edna (Pros), defendeu os nomes de Ronaldo Caiado e Wilder Morais como os melhores para fazer a transformação que Goiás precisa, especialmente no Entorno do Distrito Federal. Para ela, apesar da relevância de Luziânia para o Estado, a cidade não recebe a atenção que deveria.

“Luziânia está em uma região muito carente. A visita do futuro governador para ver de perto as necessidades é muito importante para nós, que acreditamos que eles poderão fazer dela uma cidade melhor e de Goiás uma grande potência”, afirmou.

Hoje ela relata que o transporte público é um grande gargalo, bem como a saúde pública. “Temos uma demanda grande na saúde. Precisamos encaminhar pacientes de média e grande complexidade para a capital mesmo estando próximos ao Distrito Federal. Eu, enquanto vice-prefeita, acredito no projeto de Ronaldo Caiado e Wilder Morais para Goiás. Os dois são os melhores nomes que temos”, defendeu.

Produtores rurais apoiam Caiado em visita a Luziânia

Os senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais, ao lado do presidente da Faeg, José Mário Schreiner, também participaram de um encontro com produtores rurais na Central de Associações de Pequenos Produtores Rurais de Luziânia e Região (Caprul), onde o pré-candidato ao governo rememorou as lutas que enfrentou ao longo de sua trajetória para defender os pequenos produtores.

“Tenho orgulho de representar o setor rural, eu sei o que é a realidade do campo. Em 1986, quando muitos produtores estavam endividados com banco, eu podia ficar só atendendo no meu consultório de médico. Mas o que fiz foi caminhar por todo o Brasil para enfrentar os banqueiros e renegociar as dívidas dos pequenos produtores. Foi assim que demos condições para que continuassem a trabalhar”, lembrou.

A luta de Ronaldo Caiado continuou ao longo de seus cinco mandatos como deputado federal, e agora como senador. “Nunca me acovardei quando os pequenos produtores precisaram de mil. Isso porque sempre tive a consciência de que o Brasil só sairia das dificuldades se tivesse capacidade de produzir. O Brasil hoje é o maior exportador do mundo porque houve investimento em tecnologia e a ciência”, afirmou.

No discurso que fez aos produtores, Wilder Morais também falou de seu compromisso com o setor e da força dele para a economia brasileira. “Em meus seis anos de mandato já destinei mais de 66 máquinas agrícolas para os municípios, e deixo aqui meu compromisso de renovar a frota de máquinas agrícolas. O setor rural é o que segurou a economia nacional em tempos de crise”, reforçou.

Entrevista Ronaldo Caiado

O senador Ronaldo Caiado falou um pouco de seus projetos para Goiás e de como pretende recolocar a região do Entorno no caminho do desenvolvimento. Para o democrata, o dinheiro público precisa ser bem empregado e o gasto público acompanhado de perto pelo cidadão.

O que está faltando para Goiás na sua opinião, senador?

Transparência na gestão. Para onde vai o dinheiro público? Para as mãos de quem? Quais as pessoas beneficiadas? O dinheiro é para atender as necessidades da população ou para algumas pessoas que estão no poder há 20 anos? Quantas vezes o Entorno foi iludido com obras que nunca foram realizadas? A sociedade quer outro modelo de gestão e é por isso que o atual ciclo está se encerrando. O goiano quer transparência, dignidade, competência gerencial e autoridade moral para enfrentar os problemas. Só assim a população do Entorno terá acesso a transporte, saúde e educação.

Precisamos então de um novo Goiás?

Exatamente. Quais as realizações desse governo do últimos anos para o Entorno? A população sofre aqui com falta de água na torneira, com insegurança, com a saúde precária. É total a incapacidade de atender as crianças desde nascimento até ensino fundamental. Temos o desejo de dar às crianças garantias para estarem nas creches, receberem alimentação e terem acompanhamento educacional. Temos de priorizar as crianças. Queremos tirá-las das mãos dos traficantes e colocá-las nas mãos dos professores. Esse é o grande desafio para Goiás e o Entorno.

Como será sua relação com os prefeitos, caso vença as eleições?

O Congresso nos ensina que ninguém decide nada sem apoio da maioria. Você aprende a entender que é apenas uma parte de um todo. Para estar ali é preciso ter conteúdo, preparo, humildade e capacidade de argumentação para aprovar um projeto. Se chegar ao governo os prefeitos podem ficar tranquilos porque não vou exigir que se filiem ao meu partido para serem atendidos. Todos terão meu respeito. Hoje o governo se utiliza verba da Celg para escolher qual o município que receberá verba. A distribuição tinha de ser igualitária.O dinheiro é público. Veja a situação que vivemos. Essa retaliação que prejudica a população.

1

Ronaldo Caiado destaca a força da juventude no agronegócio 

O senador Ronaldo Caiado (Democratas) participou nesta quinta-feira (26/04) de encontro com jovens lideranças do agronegócio e falou sobre o poder da juventude de mobilizar, criar novas tecnologias e inovar o mercado. O encontro ocorreu na Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) com as presenças do senador Wilder Morais; do presidente da Faeg, José Mário Schreiner; e do deputado estadual Dr. Antonio.
“A juventude mostra sua força no campo. Lideranças que desde cedo aprendem a inovar e a cada vez mais buscar novas soluções e tecnologias. Foi muito bom aprender com esses jovens que orgulham o setor produtivo goiano e brasileiro”, afirmou.
Ronaldo Caiado também destacou o poder de mobilização dos jovens. “Quando comecei no movimento ruralista, tínhamos pouca representatividade. Hoje temos uma bancada forte que sabe defender quem trabalha e produz. É com esse espírito que torço para que estes jovens tracem uma bonita trajetória de futuro”, completou.
O presidente da Faeg  também falou da aposta que o setor tem feito na juventude para se fortalecer. “Incentivar a sucessão familiar, fomentar novas lideranças e despertar o empreendedorismo. Estes são pilares que vamos despertar em jovens de todo o Estado de Goiás. Hoje, no Encontro de Jovens Lideranças do Agro, vi jovens lideranças com propostas visionárias para este setor que cresce em ritmo exponencial. Quem vai rebobinar esse carretel errado – resultado da administração pública nos últimos anos – são os jovens goianos.  Precisamos das mãos e dos corações de cada jovem para que saia da lama. Rebobinar, reconstruir, refazer!”, afirmou.
O senador Wilder Morais destacou a importância do agronegócio para a economia do País e de como o setor foi um dos poucos no Brasil a não sucumbirem à crise que se alastrou. “O agronegócio precisa ser valorizado pela sua importância na geração de empregos e riquezas para o Brasil”, afirmou.
Ao todo o encontro recebeu mais de 300 jovens de todo o Estado com o objetivo de discutir empreendedorismo, liderança e inovação para o futuro da agropecuária.
foto

Caiado cobra votação de projeto que amplia região do Entorno de Brasília 

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), cobrou a inclusão na pauta do plenário o PLC 102/2015 que amplia a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (RIDE). O projeto de lei complementar acrescenta 10 novos municípios de Goiás e dois de Minas Gerais à RIDE, o que garantirá acesso a recursos federais e prioridade em convênios nas áreas de infraestrutura, transporte, educação, saúde e cultura. O senador lembrou que já existe acordo desde o final do passado para votação da matéria que já foi aprovada na Câmara dos Deputados.

“Venho a tribuna cobrar a inclusão na pauta de um projeto que fizemos acordo no final do ano passado, o PLC 102/2015 que contempla a ampliação da RIDE. Essa matéria está sendo procrastinada no decorrer desse tempo. O que se propõe é exatamente trazer um desenvolvimento integrado. O estado de Goiás sofre sobremaneira e a região do Entorno é altamente penalizada porque o fluxo todo de milhares e milhares de pessoas que hoje ocupam essa região do Entorno de Brasília ficam desassistidas pela capital federal, que tem a fundo perdido mais de R$ 12 bilhões por ano para tratar da saúde, da educação e da segurança pública. E, no entanto, tudo isso é negado ao cidadão que mora em Goiás, mas que presta serviço em Brasília. É fundamental que tenhamos uma preferência na votação desse projeto”, argumentou o senador. 

O PLC 102/2015 acresce a RIDE os municípios goianos de Alto Paraíso, Alvorada do Norte, Barro Alto, Cavalcante, Flores de Goiás, Goianésia, Niquelândia, São João d’Aliança, Simolândia e Vila Propício e os mineiros de Arinos e Cabeceira Grande. Outras 22 cidades já fazem parte da região do Entorno do DF, criada pela Lei Complementar 94/98.

O projeto já foi aprovado pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo e aguarda apreciação  em plenário. Se aprovado, segue para sanção presidencial.  

 

1 2 3 4