7702271c-ea1a-4434-a378-327a8d8b72e4

Pré-candidatos em Goiás e no DF, Caiado e Frejat se comprometem na ANTT a tirar do papel trem que liga Luziânia ao DF

O senador Ronaldo Caiado se comprometeu hoje a colocar em prática projeto de transporte que liga Luziânia ao Distrito Federal via VLT. Em reunião hoje com o diretor-presidente da ANTT, Mário Rodrigues Júnior, técnicos do órgão, o senador Wilder Morais e o pré-candidato ao governo do DF, Jofran Frejat, o pré-candidato ao governo de Goiás afirmou que é possível e urgente concretizar uma alternativa para mobilidade urbana entre o Entorno e o Distrito Federal. No encontro, estudos técnicos apresentados mostraram que a ferrovia já existe no trajeto pode ser utilizada com pequenos ajustes e garantir um transporte mais rápido, eficiente e digno para milhares de pessoas que vivem na região que cerca Brasília e trabalham na capital federal. Caiado fez questão de mostrar que, pela primeira vez, existe uma sintonia entre Goiás e o DF e a ANTT para que mais um projeto não fique apenas no papel. A solução sairá a partir de um estudo iniciado em 2011, mas que até então, não teve seguimento.

“É quebrar essa tese de que compromisso não é feito. Nós já estamos trabalhando desde agora com muita humildade, mas com muita responsabilidade. Como disse bem meu amigo e parceiro senador Wilder Morais, pré-candidato ao Senador Federal e Jofran Frejat meu colega na Câmara dos Deputados, cirurgião como eu, no momento em que levei a ele esse sentimento de quebrarmos esse desafio que existe, tirar do papel, transformar a promessa em realidade em compromisso, ele disse a mim a ao senador Wilder: estou inteiramente à disposição. Com essa aglutinação de forças e com esse sentimento favorável, nós vamos colocar em andamento com a ANTT, com o governo de Goiás, com o governo do Distrito Federal e vamos dar uma alternativa eficiente, rápida, célere. É tomar a decisão de que essa ferrovia de transporte de carga será transformada em ferrovia para transporte de passageiros com dignidade, com segurança e maior rapidez”, explicou Caiado.

O senador goiano contou qual será o trajeto e como deve funcionar o projeto. “Esse projeto tem uma previsão de iniciar próximo a cidade de Luziânia onde Luziânia até a linha férrea ele fará o transporte de ônibus, a partir dali ele continua passando por Cidade Ocidental, Valparaíso entra no Distrito Federal ele tem uma primeira parada em Santa Maria onde terá todo um acesso pelo BRT e poderá continuar até o Núcleo Bandeirante onde ali ele terá o acesso pelo metrô. Então isso dará celeridade e nós já estaremos levando a ferrovia em locais que já está preparado para poder absorver essa quantidade de passageiros que são levados pelo trem”, relatou.

Ronaldo Caiado destacou é hora de tirar do papel um projeto efetivo de mobilidade urbana para o Entorno. Segundo ele, a população local não suporta promessas que só ficaram na propaganda. “Não podemos ficar a vida inteira desenhando no papel aquilo que nunca saiu de lá. O cidadão já não sente mais esperança, ele está já desencantado e nós vamos resolver esse assunto do transporte do Entorno sul de Brasília e depois vamos estender a todas as outras áreas. Mas, neste momento, aproveitar o que já está feito ampliá-lo e dar maior rapidez, celeridade, qualidade de transporte que merecem e que vivem no Entorno de Brasília vive em no nosso querido estado e Goiás e prestam serviço aqui em Brasília. É compromisso nosso. Primeiro de janeiro pode saber que a ANTT já vai estar com trabalho muito mais avançado e daremos alternativa para o cidadão chegar em Brasília sem ter que gastar três, quatro horas de carro, de ônibus e muitas vezes sendo assaltado e ainda correndo risco de muitos acidentes nesse trajeto”, atestou.

Início

“Teve um projeto que estudava um novo traçado, começou em 2011, em 2017, imagina, seis anos depois, o Tribunal de Contas achou que não tinha informações e cancelou todo esse estudo. Então, você imagina bem, como essas coisas são complicadas. Esse projeto é inteligente porque vai usar o traçado da ferrovia Centro-Atlântico já existente, não vai inventar nada, já está desapropriado, tem que fazer alguns ajustes em lugares que tem uma curva muito ascendente, mas são intervenções baratas, rápidas e que posso usar o que já está pronto. Tenho certeza que esse projeto pode em muito pouco tempo vai dar definitivamente uma solução para o transporte de pessoas aqui do Entorno”, explanou o senador Wilder Morais que é engenheiro.

“Nossa função de médico é cuidar das pessoas e o transporte público é uma das preocupações das pessoas. O Entorno é de Brasília não é de Goiás. Goiás está entrando como nosso parceiro porque essas pessoas estão morando nessa região porque não conseguiram ficar em Brasília. Nós temos que encontrar uma solução. Quando o senador Ronaldo Caiado conversou comigo e propôs um entendimento eu disse: nossa, casou as ideias. É um momento especial. Goiás que já cedeu generosamente um pedaço para Brasília agora é hora de ajudar Goiás”, afirmou Jofran Frejat.