2

Caiado recebe apoio de diretórios do MDB e vereadores de quatro cidades

Após uma agenda intensa de entrevistas a veículos de comunicação, o líder da coligação “A Mudança é Agora”, senador Ronaldo Caiado (Democratas), recebeu, na tarde desta quarta-feira, 29, novos apoios de várias regiões do Estado.

Em seu escritório político, o candidato democrata se reuniu com o presidente do MDB de Aruanã, o ex-deputado Paulo Silva, que formalizou a decisão de caminhar com a principal frente de oposição em Goiás. “Estou aqui como representante do partido na cidade porque quero encorajar os companheiros a fazer o mesmo. Acredito que o senhor é o mais preparado para governar o Estado e tem o peso e brilho necessários para promover as mudanças que o povo tanto clama”, explicou.

Ex-presidente do diretório metropolitano e um dos quadros que ajudou a consolidar o MDB no Estado, Silva decidiu caminhar com Ronaldo Caiado, mesmo seu partido tendo optado por candidatura própria, com o deputado federal Daniel Vilela. “Goiás não pode cair em uma aventura, temos que ter um governador preparado e vejo que os grandes nomes do MDB estão aqui conosco”, acrescentou.

Da mesma maneira, também declarou apoio o presidente do MDB de Alto Horizonte, o ex-prefeito Hernandes Maurício, que esteve acompanhado dos vereadores Amarildo Ribeiro e Diogo Rodrigues (ambos do MDB), em uma comitiva de 20 lideranças. “Precisamos do senhor no Palácio das Esmeraldas para dar rumo ao Estado, com experiência e competência. Estamos juntos por acreditar nesse projeto de sucesso”, declarou o líder emedebista.

As reuniões foram organizadas pelo prefeito Adib Elias (MDB), que é coordenador da campanha da coligação “A Mudança é Agora” e um dos principais prefeitos emedebistas que decidiram apoiar Caiado. Além dele, Ernesto Roller (Formosa), Paulo do Vale (Rio Verde), Renato de Castro (Goianésia) e Fausto Mariano (Turvânia). Desde que iniciou sua caminhada, o senador tem recebido reiterados apoios de emedebistas.

É o caso do vereador Itamar Caiado, do MDB de Jussara, que levou outros dois colegas parlamentares (Chico Rubião, do PSD, e Elenilza Maria, do DC)

para o encontro desta quarta-feira, 29. “Tenho uma admiração especial pelo senhor, caminhamos juntos em vários pleitos e sinto que este é o seu momento. O MDB quer caminhar contigo, estamos juntos, saiba disso”, explicou.

Um dos pedidos feitos pelos vereadores jussarenses foi a reestruturação da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás (Emater-GO), sucateada pelo atual grupo político que domina Goiás há 20 anos. “Sendo governador, olhe pela Emater com carinho. O produtor, o chacareiro, precisam de apoio. A situação de hoje, e falo como funcionário da empresa, é um corpo técnico defasado. Precisamos abrir concurso público, levar conhecimento, melhorar a estrutura. O governo Marconi acabou com a extensão rural, senhor precisa recuperá-la”, destacou Chico Rubião.

Por fim, o ex-prefeito de Itauçu, o tucano Alvimar Tiago, levou os vereadores Benedito Martins (PTC), Cleyton Lino (PTC) e Junior Cesar (Democratas) para afiançar apoio ao projeto da mudança.

Agradecimentos

A todos os novos companheiros, o senador Ronaldo Caiado deu a mesma missão: levar a palavra da mudança para todos os cantos de Goiás. “Vocês sabem a maneira como vamos receber o Estado, vamos mexer numa caixa de marimbondo. São 20 anos desse povo montado em bilhões em dinheiro público, que transformaram em patrimônio deles mesmos. Então não podemos descansar nem por um minuto, temos que trabalhar redobrado. Só que temos uma vantagem, nós estamos do lado da população, representamos o sentimento dos goianos”, argumentou.

O candidato da coligação “A Mudança é Agora” fez questão de agradecer publicamente o empenho de seu coordenador Adib Elias, que empunhou a bandeira desde a pré-campanha.

“Reconheço a importância que o MDB teve para minha eleição em 2014, não sou primário, sei o que é disputar eleição majoritária, sei o que é sedimentar um líder. Fico muito feliz de receber vereadores e lideranças municipais, pois não existe candidatura sem sustentação nos municípios, não existe candidato majoritário sem sustentação política. Por isso peço também empenho para a eleição de nossos senadores Wilder Morais e Jorge Kajuru”, sublinhou.

Líder em todas as pesquisas de intenção de voto já divulgadas, o democrata insistiu que a eleição só se ganha no dia 7 de outubro e, até lá, precisamos estar nas ruas pedindo voto.