2

“Vamos mudar a política em Goiás e a juventude será nosso sustentáculo”, diz Caiado

Senador teve encontro com jovens aprendizes após sabatina na Rádio Sagres

Depois de abrir a rodada de sabatinas da Rádio Sagres na manhã desta segunda-feira (20 de agosto), o candidato ao governo pela coligação A Mudança é Agora, Ronaldo Caiado (Democratas), teve encontro com jovens aprendizes da Rede Pró-Aprendiz e falou sobre seus projetos para a educação, do apoio a programas de primeiro emprego em Goiás e sobre a importância do processo democrático nas mudanças que os cidadãos esperam..

Segundo o parlamentar, os jovens serão fundamentais na promoção das mudanças em Goiás. “Vamos mudar o modo de fazer política em Goiás e a juventude será o nosso sustentáculo”, garantiu. Caiado também aproveitou para chamar a atenção sobre a necessidade dos jovens buscarem informações sobre a vida pregressa dos candidatos e de acreditarem na importância da democracia.

“Não nivelem todos os políticos por baixo. Há políticos honestos que querem promover a mudança no modo de fazer política em Goiás. Acreditam na democracia. Não votem em branco, não anulem seu voto. Sejam partícipes da mudança”, convocou, sendo bastante aplaudido ao final.

Médico especialista em cirurgia da coluna há mais de 40 anos, Ronaldo Caiado falou ainda sobre a necessidade de os jovens se dedicarem à sua vocação e enfrentarem com coragem os desafios profissionais. “Acreditem no potencial de cada um de vocês. Agora é o momento de se firmarem como cidadãos. Vocês é quem definirão o futuro de nosso Estado. Se se dedicarem com amor, carinho e garra terão sucesso”, motivou.

O democrata ressaltou que Goiás é um Estado promissor e de oportunidades e que investir na formação dos jovens é cuidar do futuro de todos. “Precisamos voltar a atenção para a educação e o primeiro emprego. A vocação de cada um precisa ser valorizada. É fundamental que cada jovem busque a sua independência. É assim que um País se desenvolve”, garantiu.

O senador não deixou de mencionar uma triste realidade em Goiás, que é a exposição da juventude aos narcotraficantes. Para ele, a forma de combater este mal é investir cada vez mais em educação. “Vocês sabem que é um caminho sem retorno. Não existe caminho fácil. Nada muda apenas com varinha de mágica. É preciso persistir no trabalho e no estudo para alcançar a vitória”, afirmou.