tim (10)

Caiado recebe apoio de vereadora do PSDB de Luziânia e lideranças de mais dois municípios

A campanha do senador Ronaldo Caiado (Democratas) ao governo de Goiás recebeu novos e importantes apoios na última segunda-feira, 24. A menos de duas semanas para a eleição, o líder absoluto em todas as pesquisas já divulgadas continua agregando lideranças de todas as regiões do Estado rumo à vitória no primeiro turno.

Ao lado do ex-deputado federal Marcelo Melo, Caiado recebeu a Diretora Ana Lúcia, vereadora mais bem votada de Luziânia em 2016. Filiada ao PSDB, ela decidiu caminhar junto à coligação “A Mudança é Agora” por reconhecer todo o trabalho prestado a Goiás pelo democrata.

“É uma pessoa que sempre nos passou confiança, sempre teve minha admiração, é humilde, do povo, que trata a gente olho no olho. Sinto muita verdade nele, sei que tem muito o que fazer, por isso eu acredito no 25, voto Caiado”, declarou.

Segundo a tucana, Luziânia e o grande distrito do Jardim do Ingá foram totalmente esquecidos pelo atual grupo que domina Goiás há 20 anos. Não há, conta, obras do governo, apenas duas escolas que foram construídas por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Quinto mais populoso, o município, localizado no Entorno do Distrito Federal, foi apontado pelo Atlas da Violência 2018 como o 14º mais violento do Brasil e sofre com o descaso do governo Zé Eliton-Marconi.

“Nossa cidade tem 200 mil habitantes, prometeram três hospitais que até hoje nunca funcionaram [de Valparaíso de Goiás, Águas Lindas e Santo Antônio do Descoberto]. Não há transporte coletivo, o que existe é garantido por meio de uma liminar judicial, falta qualidade, respeito… Nossa população sofre demais”, lamentou.

Promessa de campanha do então governador Marconi Perillo (PSDB), a construção de seis novos hospitais seriam entregues até o fim de 2018 – inclusive os recursos (cerca de R$ 240 milhões) viriam da venda da Celg. No entanto, nenhum dos três no Entorno, nem tampouco a expansão do Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), a reforma e ampliação do Hospital de Doenças Tropicais (HDT), nem a conclusão do Hospital Regional de Uruaçu foram entregues.

A vereadora conta ainda que Luziânia está há mais de dois anos sem uma unidade do Instituto Médico Legal (IML) – a cidade depende de Formosa para liberação de corpos, pois o atual governo não cumpriu (mais uma) promessa de reformar a unidade local.

Caiado agradeceu o apoio recebido e garantiu que uma das prioridades de seu governo será concluir as mais de 300 obras eleitoreiras que os governos Marconi-Zé Eliton deixarão inacabadas. “No meu governo o Entorno deixará de ser chamado de ‘nem’, nem Brasília, nem Goiás. Será, com muito orgulho, Goiás pois contará com a mão firme do Estado”, asseverou.

Pirenópolis e Córrego do Ouro

Ainda na segunda-feira, 24, o líder da coligação “A Mudança é Agora” recebeu apoio de lideranças do PP de Pirenópolis, como os vereadores Tom Coca Cola e Ana Abadia (Lôla), os ex-vereadores Idelvair Rodrigues, Edimar Gomes (PP), Telmi Rodrigues e o ex-candidato a prefeito Paulo Daian (do PTB).

A comitiva veio pedir apoio de Caiado para demandas da cidade histórica que, apesar de ser apresentada como a terra da ex-primeira-dama Valéria Perillo, tem sofrido com o caos instalado em Goiás pelo grupo tucano.

Entre as demandas apresentadas, está o asfaltamento da rodovia que liga os povoados de Jaranápolis e do Índio, uma estrada de chão de 900 metros que o governo prometeu concluir, mas nunca fez. Além disso, pediram asfalto também para o Jaranápolis, que, no período chuvoso, sofre com alagamentos.

“Tenho tido cuidado de anotar todas as audiências que faço, pois quero as demandas documentadas para elencar as prioridades de nosso governo. Vocês me conhecem, sabe que temos experiência e compromisso com a boa gestão.

Saibam que todas as ações serão transparentes, valorizaremos cada centavo do dinheiro público, é o compromisso que eu assumi com o povo de Goiás”, afirmou o candidato democrata.

Caiado agradeceu as presenças dos prefeitos emedebistas Adib Elias (Catalão) e Renato de Castro (Goianésia), aos quais se referiu como “essenciais” para o sucesso do projeto que apresenta para os goianos nessa eleição e pediu aos novos apoiadores comprometimento total na reta final. “Temos que arregaçar as mangas, pedir voto aonde quer que formos”, acrescentou.

Por fim, o líder da mudança se reuniu com cinco (dos nove) vereadores da cidade de Córrego do Ouro, localizada no Centro goiano. Divino Mota, Victor Hugo, Elyane Nogueira, Urailto Tavares e o presidente da Câmara, Claudinho, declararam apoio a Ronaldo Caiado governador.

“Esse nosso gesto ao senador Ronaldo Caiado vem pelo trabalho prestado a Goiás, é um político íntegro, nunca se envolveu em corrupção. Nosso Estado quer mudança, quer o novo, e a escolha dos goianos é o 25. Atravessamos um momento crítico em todo o País e temos a honra de ter um político com tamanha autoridade moral”, arrematou o vereador Victor Hugo.