tim (6)

“Quero realçar o que Goiás tem de melhor. Trazer dignidade e espaço para quem trabalha e produz no nosso Estado”, garante Caiado em visita à Feira Hippie

Em visita ao maior polo de confecção do centro-oeste, a região da 44 e a feira hippie, em Goiânia, o senador Ronaldo Caiado (DEM) concedeu entrevista à rádio Hippie e falou das suas propostas para melhorar a infraestrutura da feira, dar mais visibilidade ao segmento de moda em Goiás e gerar emprego através do empreendedorismo. “Essa região é um exemplo para mostrar ao estado alternativas de empregabilidade. Vejo o empreendedorismo tomando conta dessa região. Vou fazer um convênio com a prefeitura de Goiânia e vamos transformar essa feira em um dos melhores espaços de comercialização de moda do país. Vamos garantir acessibilidade, qualidade no piso, cobertura e ventilação para que as pessoas trafeguem com tranquilidade”, exclamou o candidato.

Em relação à segurança, Caiado garantiu que vai impor regras e não vai dar espaço para bandidagem, tráfico ou jogo de azar no local. “Seremos duros para garantir a segurança dos frequentadores da feira. Aqui vai ser um ambiente apenas de negócios, com higiene e acessibilidade”, reforçou o senador.

Por entender que o segmento de moda é uma das maiores vocações do Estado, Caiado se comprometeu a trabalhar para a expansão do setor em nível nacional. “O atual governo gasta R$ 150 milhões para fazer propaganda para dizer que o estado está bom, mas fecharam o Hugo e o Materno Infantil. Vou investir o recurso da propaganda para mostrar a produção de confecção em Goiás, para mostrar para o Brasil que temos a melhor qualidade, esse é o nosso grande diferencial em relação ao Brás”, afirmou Caiado, citando a região de São Paulo que é considerada o maior polo de confecção do país, ficando à frente apenas de Goiás.

O parlamentar explicou ao radialista que as andanças pelo Estado mostram um cenário de desespero para os cidadãos que não encontram uma oportunidade de emprego e renda, incluindo mães que possuem habilidade para costurar e empreender. “Vou investir pesado no banco do povo e no direcionamento do Fundo de Investimento do Centro-Oeste (FCO), para que as pessoas do interior também possam ter condições de se instalar, comercializar seu produto e ter melhor qualidade de vida”, frisou Caiado.

A feira hippie e a região da 44 empregam mais de 150 mil pessoas diretamente. Ronaldo Caiado prometeu estampar a moda goiana no horário e tempo de TV destinados à propaganda do governo do Estado. “Quero realçar o que Goiás tem de melhor. Trazer dignidade e espaço para quem trabalha e produz no nosso Estado. Governador é funcionário público e deve prestar contas para o povo. A atual gestão não tem recursos para a saúde, mas tem dinheiro para negociatas. Vamos mudar a forma de governar. O Estado será devolvido ao povo goiano”, garantiu o candidato.