1

Caiado e Cristiane Schmidt têm encontro com Guedes para tratar da situação fiscal de Goiás

Estado caiu mais uma posição no ranking de endividamento e agora é classificado com a nota D pelo Tesouro Nacional

A situação fiscal de Goiás foi o principal tema do encontro em Brasília nesta quinta-feira (27/12) entre o governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas), o futuro ministro da Economia Paulo Guedes e Cristiane Schmidt, que ocupará a partir de janeiro a pasta da Economia em Goiás (que une as atribuições da Fazenda e Planejamento).

O encontro, acompanhado também por toda a assessoria do Ministério da Fazenda e do Tesouro Nacional, durou mais de duas horas. “Tenho que reconhecer que com 30 anos de vida pública nunca tive uma audiência com um ministro de forma tão objetiva e com um ‘papo reto’”, elogiou. “Nós vamos dar todo o apoio possível para mudar o Brasil. E tenho certeza que o novo governo federal também vai nos ajudar a mudar Goiás”, concluiu.

A maior preocupação da futura gestão é em relação ao déficit financeiro de Goiás, que alcança o patamar de R$ 3,4 bilhões. O valor é referente a folha de pagamento atrasada, dívidas com prestadores de serviço e contratos.

Ao final do encontro, Ronaldo Caiado recebeu uma informação preocupante. Segundo dados do Tesouro Nacional, Goiás foi rebaixado novamente e agora é classificado com a letra D no ranking de endividamento, a pior nota atribuída a um Estado.