WhatsApp Image 2019-03-30 at 10.53.47

“Avançamos na Medicina, mas não podemos abrir mão da aproximação com o paciente”, diz Caiado no Congresso de Ortopedia e Traumatologia

Governador foi elogiado pelo presidente da Associação Médica de Goiás, que afirmou que ele está sempre na vanguarda da Medicina e da política

O governador Ronaldo Caiado prestigiou o 14º Congresso Goiano de Ortopedia e Traumatologia nesta sexta-feira (29/3), onde foi recebido com carinho pelos colegas da área da Saúde. Durante discurso, o presidente da Associação Médica de Goiás, José Umberto Vaz de Siqueira, ressaltou que o governador foi um dos pioneiros na realização de cirurgias de coluna no Estado.

“Poucos aqui sabem, mas antes até da revolução da cirurgia de coluna, o governador já fazia cirurgias com parafusos em Goiás. É pioneiro no País. O governador está de parabéns por estar sempre na vanguarda não só da Medicina como da política”, disse José Umberto.

Na solenidade, também foi realizada a transferência da Diretoria da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Regional Goiás (SBOT), para a gestão 2019, que realiza o Congresso anualmente. Frederico Barra de Morais deixou o cargo de presidente e passou para Adriano Esperidião, filho do presidente da SBOTPrev, Ricardo Esperidião.

“Neste ano, conseguimos congregar a Fisioterapia e Nutrição e fazer o Congresso ainda mais grandioso. E a presença do nosso governador é importantíssima. Dá força para nosso Congresso, para nossa especialidade, a Ortopedia. Engrandece também a Medicina em nosso Estado”, destacou Adriano Esperidião.

Ao discursar, o governador Ronaldo Caiado destacou a importância da Ortopedia na vida das pessoas que mais necessitam de atendimento médico humanizado. “Essa é a Medicina que não podemos abrir mão.”

O governador comentou a evolução que a Medicina experimentou nos últimos anos. “Avançamos muito, em aparelhos que oferecem imagens altamente sofisticadas. Mas temos a aproximação do paciente e uma frase sempre atual: ‘Mais vale a mão do médico do que o próprio remédio’. Passar confiança na interação com o paciente interage é fundamental”, enfatizou.

Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

A SBOT Nacional conta com 15 mil membros em todo o país e tem como a grande bandeira a valorização do médico ortopedista. Em Goiás, a regional da SBOT, criada em 1970, forma anualmente 20 médicos ortopedistas.