WhatsApp Image 2019-04-17 at 21.52.16

Caiado anuncia recuperação de prédio histórico da PM na cidade de Goiás

Construção do século XIX com taipa e adobe foi primeira sede da Polícia Militar, em Goiás e está dentro da área tombada como patrimônio da humanidade. “Esse prédio será reconstituído imediatamente”, garantiu o governador

O governador Ronaldo Caiado anunciou nesta quarta-feira (17/04) a recuperação do prédio da primeira sede da Polícia Militar do Estado de Goiás, na cidade de Goiás. No local funciona o 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Construída no século XIX, a edificação é feita com taipa, adobe e pau a pique e funcionou como sede do Comando da PM até 1936.

O anúncio do governador ocorreu durante visita à cidade, onde prestigia a Procissão do Fogaréu. Os recursos para a restauração são oriundos de parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que liberou R$ 7,5 milhões para a reforma.

O governador lamentou o abandono do prédio, já que as paredes e a estrutura do local estão bastante abaladas. Parte do teto de madeira está destruída e o telhado ameaça cair. “Vejam vocês a situação que está aqui, quase que totalmente destruído”, observou Ronaldo Caiado.

A visita do governador trouxe uma boa notícia. “Esse prédio será reconstituído imediatamente. Já falei com a Kátia Bogéa (presidente nacional do Iphan) e com a Salma Saddi (Superintendente do Iphan-GO) e será repassada verba de mais de R$ 7 milhões para termos nos próximos dias o início dessa obra e a reconstrução de todo prédio”, assegurou o governador. Caiado destacou que a obra honra a Polícia Militar com a recuperação do patrimônio, que também abriga o Museu da Corporação.

A superintendente do Iphan explicou que dos R$ 7,5 milhões, R$ 2,5 milhões serão liberados este ano e o restante em 2020. “Com esse recurso inicial dá para ter obra até o final do ano. Nós temos que atacar primeiro o que está caindo, que é o telhado, e escorar aquilo que é passível de erguer de novo”, explicou Salma Saddi.

Para o governador, um espaço tão importante para a história do Estado não poderia estar em situação de abandono. “São relatos da vida do nosso Estado de Goiás. Não apenas os casos específicos do Batalhão da Polícia Militar, mas vários fatos relatados que são extremamente importantes para que possamos em cada momento buscar a verdade do nosso Estado”, acrescentou Ronaldo Caiado.

Salma Saddi ressaltou que o quartel está inserido em uma área tombada da cidade, que é patrimônio cultural da humanidade pela Organização da Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). “Essa revitalização, em parceria com o Estado, é um sonho. Mexe com o brio de todos. A população tem paixão por esse quartel e é também uma valorização da Polícia Militar”, reiterou.

“Não tem como mensurar a gratidão deste passo que o governador está dando. Esse anúncio foi de extrema alegria para todos os policiais militares e moradores da cidade, que vinham sofrendo ao ver esse patrimônio ficando degradado e correndo o risco de se perder no tempo”, comemorou o tenente-coronel da Polícia Militar José Roberto Porfírio.

Policial aposentado e vereador na cidade, Sebastião Carlos Botelho (DEM) elogiou a sensibilidade de Caiado em solucionar e anunciar a recuperação. “Sempre buscamos isso em outros governos, mas tudo era levado com a barriga. Agora, o governador Ronaldo Caiado chega e resolve. Esse prédio é um marco histórico e todo filho da cidade de Goiás tem interesse nessa recuperação da história de Goiás”, sublinhou.