WhatsApp Image 2019-04-20 at 12.23.43

“É um momento de muita reflexão”, diz Caiado durante Procissão do Senhor Morto

Governador participou de cortejo de três quilômetros com Andor do Senhor Morto. Percurso pelas ruas de pedra passou por todo centro histórico da cidade de Goiás

Emocionado e recebendo vários cumprimentos da população da cidade Goiás, o governador Ronaldo Caiado, acompanhado da primeira-dama Gracinha Caiado, participou nesta sexta-feira (19/04) da encenação do descimento da cruz de Jesus Cristo no Largo do Chafariz, na cidade de Goiás. Em seguida, percorreu cerca de três quilômetros na procissão do Senhor Morto. Caiado iniciou o percurso e também participou do encerramento da Procissão, entrando com o Andor do Senhor Morto na Igreja Matriz de Santana. “É algo maravilhoso”, exaltou o governador.

A procissão começou com a volta no Largo do Chafariz e durante o cortejo pela ruas de pedra do centro histórico, o governador revezou com outros moradores e visitantes para levar o corpo de Cristo. “É algo emocionante. Quero convidar a todos para que no próximo ano priorizem a Semana Santa na cidade de Goiás. É algo que fica marcado na vida de todos. É um momento de muita reflexão”, sublinhou Caiado.

A encenação marca os momentos após a crucificação e morte de Cristo. O corpo é retirado da cruz e também é removida a coroa de espinhos e cravos dos pés e mãos de Jesus Cristo. Após o descerem o Corpo de Cristo da cruz, fiéis saem em cortejo pela cidade. Na Procissão do Senhor Morto, a maioria segue pelas laterais das ruas. No meio, caminham aqueles que carregam o corpo, os farricocos e crianças vestidas de anjo. O cortejo passa pela Praça do Coreto, Palácio Conde dos Arcos, Casa de Cora Coralina, Igreja do Rosário, Hospital São Pedro e finaliza na Catedral de Santana, também na Praça do Coreto.

O governador ressaltou que a encenação é emblemática e que no Estado não tem outra Procissão do Senhor Morto de tamanho relevo quanto essa. “Fui muito honrado em poder participar desse momento, principalmente, por poder estar na saída da procissão e na chegada à catedral. Esses dois momentos são emblemáticos. Você vê a cidade toda presente, com velas acesas, fazendo a lateral da passagem da procissão. É uma das festas mais lindas que temos no Estado”, reiterou.

E a procissão foi acompanhada de perto pelos moradores da Cidade, como é o caso da aposentada Rita da Veiga Jardim, de 72 anos. “É um momento de muita fé. É bonito ver a cidade toda envolvida na procissão”, sublinhou. A aposentada diz que o momento é de muito significado para os católicos e de agradecimento pela vida que Deus nos concedeu. “Todo ano participo. Sempre tem algo diferente que nos emociona”, afirmou.

Manutenção
Ainda durante a procissão, o governador Ronaldo Caiado conversou com o bispo da cidade de Goiás, Dom Eugênio Rixen, para que o Corpo de Bombeiros auxilie na retirada de ninhos de abelhas que estão na lateral da Igreja Matriz de Santana. Construção de 1743 e que hoje integra a área tombada do Patrimônio Cultural da Humanidade da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

“Já solicitei aos Bombeiros para tomarem conta, fazendo a limpeza e conservação dessa catedral histórica”, explicou Caiado. Ele ressaltou o amor das pessoas com a antiga capital e citou que tem uma ligação muito forte com a cidade de Goiás. “Não gosto de nada estragando. Nesse ponto sou exigente. Quando vejo uma praça suja, vejo alguma coisa deixando o local feio, tenho que consertar”.