Programa Agrinho 1

Caiado firma parceria com Faeg e Senar Goiás para realização do Agrinho 2019 com inclusão do Ensino Médio

Durante a cerimônia de assinatura do termo, governador garantiu ampliação do programa que alcança mais de 20 mil professores e 500 mil estudantes

O governador Ronaldo Caiado assinou, nesta segunda-feira (20/05), em cerimônia realizada no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o termo de parceria do Governo de Goiás com a Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-GO) para a realização do Agrinho 2019. O programa incentiva ações pedagógicas que auxiliem estudantes a desenvolverem projetos transversais ligados ao meio ambiente e à produção rural nas escolas e em sua comunidade. A edição deste ano foi ampliada, alcançando também alunos do Ensino Médio, e terá como tema “Cresce campo e cidade com saúde e sustentabilidade”.

“Vamos avançar muito mais com o apoio do Senar Goiás e da Faeg junto à Secretaria de Educação. Vamos avançar na informação a todas as crianças e jovens e repassar isso à população que ali convive com a comunidade escolar”, disse o governador. “Eles vão trabalhar intensamente para diminuirmos a evasão escolar, discutir todos os assuntos transversais que muitas vezes não são discutidos na escola, como por exemplo, o uso correto de herbicida, a alimentação correta, como deve ser o acompanhamento do dia a dia do meio ambiente, e, tudo isso, a criança e o jovem levando também para a sua família”, completou.

A edição deste ano do programa será realizada em todos os 246 municípios goianos e deve atingir cerca de 2 mil escolas – públicas e privadas –, contemplando 20 mil professores e 500 mil alunos do ensino fundamental ao superior. Segundo a secretária de Educação, Fátima Gavioli, a pasta tem trabalhado na ampliação do projeto. “O diferencial desse ano é que o Agrinho vai trabalhar com foco no Ensino Médio, o programa sempre se voltou mais ao ensino fundamental”, explica.

Presidente da Faeg, o deputado federal José Mário Schreiner ressaltou a importância da continuidade do programa que envolve não só as crianças e jovens goianos, mas toda a comunidade. “É fundamental que possamos continuar levando temas como meio ambiente, uso adequado dos defensivos agrícolas, alimentação saudável, saúde e ainda estimular o empreendedorismo nesses jovens que estão se preparando para o mercado de trabalho”, afirmou.

O programa
O Agrinho é desenvolvido em Goiás há 12 anos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) em Goiás e tem a Seduc como uma de suas principais parceiras. O programa se propõe a incentivar a prática pedagógica por meio de projetos que abordem temas de relevância social, cultural, econômica, política e ambiental, visando melhorias constantes de hábitos e atitudes entre gestores educacionais, professores e alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Os melhores projetos vão levar prêmios como tablets, smartphones e até moto e um carro zero. As escolas, universidades interessadas, podem inscrever um professor ou colaborador através do site http://ead.senargo.org.br/. A partir daí o Senar Goiás fará o treinamento para os inscritos, para que eles desenvolvam os projetos e ações nas intuições de ensino e comunidades.