Caiado 27-07

Bolsonaro e Caiado prestigiam a celebração dos 161 anos da Polícia Militar de Goiás

Solenidade marcou ainda a formatura da 45ª turma de Aspirantes, que leva o nome do presidente e é integrada por um de seus sobrinhos. Governador falou da sintonia com o governo federal e condecorou Jair Bolsonaro com a Medalha Tiradentes, maior honraria da PM goiana

Ao lado do governador Ronaldo Caiado, o presidente Jair Bolsonaro esteve em Goiânia na noite desta sexta-feira (26/7) para prestigiar a solenidade pelos 161 anos da Polícia Militar de Goiás e também a formatura da 45ª Turma de Aspirantes a oficiais, que foi batizada com o seu nome. “Cada vez mais eu me sinto um pouquinho mais goiano também”, disse o presidente, durante sua terceira passagem por Goiás. O evento foi realizado na Academia da PM, no Setor Universitário.

O presidente e o governador passaram em revista às tropas, como é tradição em cerimônias militares. Na sequência, Bolsonaro foi um dos 112 condecorados com a Medalha Tiradentes, a maior honraria conferida pela Polícia Militar. E na formatura do Curso de Formação de Oficiais da PM, ele homenageou o sobrinho Luiz Paulo Bolsonaro, integrante da turma. Os 105 novos aspirantes terão como função ocupar cargos de comando e planejamento de operações dentro da corporação.

Em seu discurso, Bolsonaro lembrou que, há 42 anos, ele recebia a espada na Academia Militar das Agulhas Negras. Esse momento de formação, ressaltou, vai marcar a vida dos aspirantes para sempre, como aconteceu com ele. “O sacrifício, abnegação, esforço e patriotismo farão vocês cada vez melhores do que já são.” E reforçou a gratidão por dar nome à turma. “A nossa responsabilidade aumenta e muito, porque sabemos que seremos observados por vocês.”

Sintonia com Goiás
Se dirigindo ao governador, a quem chamou de amigo, Bolsonaro frisou que os governos de ambos estão unidos por muitas coisas. Uma delas é a semelhança do cenário desafiador. “Encontramos, eu o Brasil e você o Estado, quebrados economicamente. O desafio que nós temos pela frente é enorme, mas temos uma coisa maravilhosa ao nosso lado: esse povo goiano e brasileiro. Povo esse de Goiás, prezado Caiado, que nós devemos fidelidade e lealdade absoluta.”

Em resposta, o governador declarou apoio ao governo federal e reforçou o compromisso de atuar em regime de colaboração, a fim de reerguer Goiás e também o País. “O senhor pode contar com o governo do Estado de Goiás como seu forte aliado na Câmara dos Deputados, na Assembleia Legislativa e também no Senado Federal”, garantiu, elogiando a mudança de regras e posturas determinadas por ele. “No final da gestão, nós teremos um País que será expoente no cenário internacional.”

Acompanhado da primeira-dama Gracinha Caiado, o governador disse, em tom descontraído, que a constante presença de Bolsonaro em solo goiano “está gerando certo ciúme”. Em junho, o presidente participou do lançamento do Juntos Pelo Araguaia, em Aragarças. Poucos dias antes, havia sido recebido pelo governador em um café da manhã no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia. E na próxima quarta-feira, dia 31 de julho, estará em Anápolis para assinar a concessão da Ferrovia Norte-Sul. Será a quarta visita presidencial a Goiás.

Brincadeiras à parte, o governador celebrou essa proximidade e aproveitou para citar alguns frutos concretos dessa parceria entre governo estadual e federal. “Graças ao apoio do senhor, tive condições de abrir 55 leitos salvadores para que pudéssemos atender no Hospital Materno Infantil crianças graves. Também conseguimos abrir 40 leitos de UTI no interior de Goiás”, citou. Na área de infraestrutura, falou sobre o apoio na Operação Tapa-Buraco, como foco na melhoria da qualidade das rodovias goianas. “Tenho sempre no governo Bolsonaro o apoio para superarmos as dificuldades.”

Eficiência da PM
Sobre o 161º aniversário da PM, o governador parabenizou e agradeceu o empenho de toda a corporação, que arrisca sua própria vida em benefício dos cidadãos goianos. “Tenho orgulho e a honra de ser comandante e chefe da nossa PM”, salientou. E lembrou ainda que a celebração de mais um ano da polícia se tornou memorável em virtude da presença do presidente da República, algo que nunca antes havia acontecido. “Muito obrigado, presidente, por esse carinho que vossa excelência tem pela nossa Polícia Militar.”

Comandante-geral da Polícia Militar, o coronel Renato Brum declarou que a corporação vive um de seus melhores momentos, “fruto do compromisso que o excelentíssimo governador Ronaldo Caiado tem com a nossa instituição”. Entre as ações, citou o trabalho integrado entre a PM e as demais forças de segurança do Estado.

Graças ao investimento na área de inteligência e qualificação dos profissionais, pontuou o coronel Brum, os resultados estão surgindo de forma positiva. “Até julho deste ano já contabilizamos apreensão de cerca 44 toneladas de drogas. Os números são expressivos em aumento na área de abordagem, operações policiais, armas e foragidos apreendidos.”

Participaram da solenidade o vice-governador Lincoln Tejota; o comandante Geral da PM, coronel Renato Brum dos Santos; o vice-presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Nicomedes Domingos Borges; o chefe do Comando de Operações Especiais do Exército, general de Brigada Mário Fernandes; o Procurador Geral de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vechi; o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargador Paulo Sérgio Pimenta; os deputados federais Major Vitor Hugo, Zacharias Calil, Glaustin da Fokus e Helio Lopes; deputado estadual Coronel Adailton; vários auxiliares do Governo de Goiás, como secretários Rodney Miranda (Segurança Pública), Wilder Morais (Indústria, Comércio e Serviços), Ismael Alexandrino (Saúde) e Valéria Torres (Comunicação); além de oficiais e praças da PM, seus familiares e convidados.