Foto: Cristian Ark

Governador ressalta trabalho social promovido pela Assembleia de Deus na recuperação de dependentes químicos em Goiás

Em cerimônia que celebrou os 66 anos do Bispo Oídes, Ronaldo Caiado destacou a importância política do líder religioso em todo Brasil e elogiou os resultados alcançados pelos programas sociais da igreja na recuperação de dependentes químicos

Ao participar da celebração dos 66 anos de vida do presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus, bispo Oídes José do Carmo, na noite desta segunda-feira, 5, o governador Ronaldo Caiado destacou a importância do líder religioso junto à comunidade evangélica em Goiás e em todo o Brasil. Caiado reconheceu a força política de Oídes e o trabalho social desenvolvido pela Igreja Assembleia de Deus, principalmente na recuperação de dependentes químicos. “Você é referência no cenário nacional. Todos sabem da sua dedicação, empenho e trabalho para ampliar discípulos e pastores no Estado de Goiás com um único objetivo: recuperar famílias, tirar pessoas da depressão, das drogas e levar esperança”, declarou.

Caiado lembrou que os resultados alcançados pela igreja em projetos de reabilitação são uma motivação para o governo. “Eles conseguem ter um resultado muito maior do que qualquer outro centro de reabilitação de dependentes de droga porque as pessoas saem dali dentro de um processo de inclusão social, um processo de esperança e de crença na Palavra de Deus. Isso faz com que a pessoa permaneça fora da droga e busque alternativas para a sua vida”, avaliou.

O governador enfatizou que, sob o comando do Bispo Oídes, a Igreja Assembleia de Deus – Ministério de Madureira conta hoje com dois representantes no Senado Federal, os senadores Luiz Carlos do Carmo e Vanderlan Cardoso, e observou que a igreja foi o primeiro lugar visitado pelo presidente Jair Bolsonaro no Estado. “O Bispo Oídes é uma pessoa capaz de influenciar, de intervir e, ao mesmo tempo, de orientar sobre o melhor caminho e, por isso, merece o nosso reconhecimento”, elogiou.

O prefeito Iris Rezende reforçou a importância das igrejas evangélicas na construção da identidade da capital goiana e salientou a contribuição do Bispo Oídes para a disseminação dos valores cristãos em todo o Estado. “Essa é a comemoração do aniversário de um homem que Deus escolheu para espalhar o evangelho”, frisou.

Agradecendo a presença do governador, o Bispo Oídes expressou sua alegria pelo reconhecimento e respeito do Governo do Estado para com a igreja. “Sabemos que o senhor se esforçou muito para chegar a tempo e trazer a sua palavra aqui como governador do nosso Estado. Nossa gratidão pelo seu carinho, pela sua consideração, pelo respeito que você tem pela liderança da nossa igreja e pela igreja como um todo”.

A celebração contou com a presença dos senadores Luiz Carlos do Carmo e Vanderlan Cardoso; dos deputados federais Glaustin da Fokus (PSC) e João Campos (PSB); dos deputados estaduais Henrique César e Rafael Gouveia; do presidente executivo da Convenção Nacional das Assembleias de Deus Madureira – Conamad, Bispo Samuel Ferreira; do presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Eurípedes do Carmo, além de bispos, bispas, pastores e pastoras da Assembleia de Deus.

Caso Enel
Em entrevista ao final da celebração, o governador falou sobre os prejuízos causados ao Estado pela má qualidade dos serviços oferecidos pela Enel. Segundo Caiado, o governo tem atuado fortemente para apurar responsabilidades. “Eu já levei isso aos ministros e ao presidente da República. Vou implantar um sistema na Agência Goiana de Regulação para que os cidadãos possam ali documentar os prejuízos que tiveram e os prejuízos futuros que terão. Vamos mostrar ao Governo Federal que não podemos admitir que uma empresa que tem a responsabilidade de fornecer energia para os goianos possa se achar no direito de fazê-lo no dia que bem entender. Goiás exige respeito”, finalizou.