Foto: Junior Guimarães

Moro, em Goiânia: “Temos visto o empenho do Governo de Goiás em combater a criminalidade e os excelentes resultados”

Ao lado do ministro, o governador Ronaldo Caiado garantiu que “Goiás não se ajoelhará para a bandidagem” e reforçou a importância da integração. Nesse mesmo tom, Sérgio Moro destacou que é necessária “a verdadeira união entre os governos federal, estadual e municipal” para combater o crime

“Temos visto esse empenho do Governo do Estado em combater a criminalidade, alcançando, em um período curto, excelentes resultados.”Os resultados positivos do Governo de Goiás na segurança pública foram enaltecidos pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, logo após a sua chegada a Goiânia, na manhã desta segunda-feira (23/9). “Isso nos faz acreditar na parceria, necessária para vencer a criminalidade: a verdadeira união entre os governos federal, estadual e municipal.”

Igualmente, na conversa com os jornalistas, logo após a recepção ao ministro, o governador Ronaldo Caiado analisou que este reconhecimento do Governo Federal é resultado dos avanços conquistados com a independência e a integração das forças policiais goianas. “Quero dizer que avançamos muito e nosso combate tem sido efetivo, para mostrar que existe Estado e que Goiás não vai se ajoelhar à bandidagem nem à corrupção”, assegurou Caiado. A coletiva foi realizada no Paço Municipal, com a presença do secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, e do prefeito Iris Rezende. O ministro veio a Goiânia para realizar a primeira visita técnica às forças de segurança envolvidas no projeto “Em Frente, Brasil”.

O “Em Frente, Brasil” tem como objetivo reduzir os índices de crimes violentos em cinco cidades brasileiras. “Este é um projeto piloto, por meio do qual queremos aprender com nossos acertos e erros. A idéia principal desta iniciativa é a integração”, afirmou Sérgio Moro. Após a etapa de repressão, o projeto prevê ações multidisciplinares e transversais nas áreas de educação, esporte, lazer, cidadania, cultura e empreendedorismo. Isso será feito a partir de diagnósticos locais que identifiquem os fatores socioeconômicos que tenham correlação com a incidência criminal. “O propósito desta visita, que é apenas uma de muitas que ocorrerão no futuro, é acompanhar mais de perto e demonstrar que estamos aqui, envolvidos nesse projeto pessoalmente”, assegurou o ministro.

O fato de ser a única capital contemplada é, segundo Caiado, demonstração de que o trabalho em Goiás está reverberando e se tornando referência nacional. O governador aproveitou para lembrar a evolução nestes nove meses de gestão. “Desde que iniciei a campanha para chegar ao governo do Estado, dois pontos sempre foram os que tinham a maior demanda em todas as pesquisas no Estado de Goiás: saúde e segurança pública. O quadro deste último era algo inimaginável. Mas avançamos muito”, disse o governador, que pontuou que ainda se depara com vários desafios, como a ausência de delegados em 140 municípios goianos. “Sei das limitações que tenho como governador do Estado, mas tenho tido total apoio por parte do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Sérgio Moro.”

O prefeito Iris Rezende revelou ter recebido a escolha de Goiânia com profunda emoção. “Moro deu exemplo enquanto juiz e não será diferente como ministro”, enfatizou o prefeito, que definiu como maior marca do projeto a preocupação com o dia de amanhã e a inclusão das prefeituras. “Quando o ministro lançou o projeto, veio o alívio de saber que alguém no alto escalão também estava pensando uma questão fundamental: a criança de hoje e o adulto de amanhã”, refletiu o prefeito. Iris reiterou que a participação da Prefeitura é dada no acolhimento de milhares de crianças de 1 a 6 anos, filhas e filhos de mães que precisam trabalhar, e de adolescentes de até 14 anos, contemplados com o sistema de ensino fundamental em tempo integral.

Mais compromissos
A agenda continua no período da tarde, com uma visita técnica na base da Força Nacional em Goiânia, localizada na sede do Comando de Policiamento da Capital. De lá, a comitiva segue para a Escola Municipal Joaquim Câmara Filho, no Jardins do Cerrado IV, um dos setores onde tem é promovido o programa de segurança. Durante a visita, serão apresentados os dados estatísticos ao ministro Sérgio Moro e à imprensa.

Também estiveram presentes na coletiva o secretário de Estado da Casa Militar, coronel Luiz Carlos de Alencar; o diretor geral de Administração Penitenciária (DGAP), coronel Wellington de Urzêda Mota; os deputados federais Major Victor Hugo, João Campos, Delegado Valdir e Lucas Virgílio, Glaustin da Fokus; secretário nacional de Segurança Pública, general do Exército, Guilherme Theophilo; secretário de Operações Integradas, Rosalvo Ferreira Franco; deputado estadual Rafael Gouveia (2º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Goiás); secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação e coordenador do projeto “Em Frente, Brasil” em Goiânia, Henrique Alves Luiz Pereira; comandante-geral da Polícia Militar de Goiás, coronel Renato Brum; delegado-geral da Polícia Civil, Odair José Soares; diretor de Políticas de Segurança Pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Marcelo Aparecido Moreno; diretor da Força Nacional de Segurança Pública, Antônio Aguinaldo de Oliveira; vereador Denício Trindade; e vários secretários municipais.