Foto: Hegon Correa

“Vamos entregar mais 1,2 mil moradias ainda este ano”, diz governador em Senador Canedo

A convite do prefeito Divino Lemes, Caiado participou da entrega de 432 apartamentos pela prefeitura, no município, e destacou os avanços conquistados na área da Habitação no Estado

“Uma das maiores conquistas que uma pessoa pode alcançar é exatamente ter a sua casa própria, e é esse o nosso objetivo. Este ano, vamos entregar mais de 1,2 mil apartamentos e casas, mas, no ano que vem, vamos avançar muito mais”, garantiu Ronaldo Caiado, nesta sexta-feira (6/9), em Senador Canedo. O governador participou, a convite do prefeito Divino Lemes, da entrega de 432 apartamentos no Residencial Santa Edwiges I e II.

O governo estadual entregou, de janeiro a agosto deste ano, 1.389 moradias em vários municípios do Estado. Segundo Caiado, a propriedade de uma residência é uma vitória. “As pessoas se sentem respeitadas, criam seus filhos com dignidade, podem conviver de uma maneira tranquila. Minha gente, é uma realização que não tem como descrever”, reforçou.

E, por conta deste benefício que a casa própria propicia, o governador destacou que irá trabalhar intensamente com o presidente Jair Bolsonaro para beneficiar ainda mais famílias, com parcelas em torno de R$50 a R$100. “Tenho insistido muito e acredito que o presidente vai destinar um percentual significativo para esses apartamentos para pessoas de baixa renda”, sublinhou.

O governador entregou simbolicamente a chave para a família da servidora pública Sheila Daiane, 29. Ela, o esposo e as duas filhas poderão se mudar para a nova residência a partir da semana que vem. “A gente espera nove anos e, quando chega a hora, fica feliz demais. Foi muito tempo de luta”, lembrou. “Essa é a melhor sensação do mundo. Com muita fé realizo esse sonho”, comemorou a manicure Cintia Jorge Ferreira, 32, que há 11 anos tentava adquirir sua casa própria. Ela é mãe solteira e tem dois filhos, um de 11 e outro de três anos. “Sempre paguei aluguel. Todo mês eram 500 reais. Agora vou pagar pelo que é meu, para mim e meus filhos”, destacou.

Estrutura
O Residencial Santa Edwiges I e II começou a ser construído em 2013. São 432 apartamentos construídos numa parceria entre a Caixa Econômica Federal, financiadora por meio do Programa Minha Casa Minha Vida, e a Prefeitura de Senador Canedo. Os prédios têm estrutura completa, com estacionamento, quadra de esporte, salão de festas, área com brinquedos para as crianças e controle de entrada, para garantir a segurança dos moradores.

O prefeito de Senador Canedo, Divino Lemes, disse que a entrega dos apartamentos é uma realização pessoal já que conhece a demanda da habitação da cidade. Segundo ele, “são pessoas que moram de favor ou de aluguel e algumas estão até desempregadas”. Ele ressaltou que, além da contrapartida financeira, o Executivo municipal também trabalha para oferecer infraestrutura para os moradores do local. “Tivemos uma participação forte para levar água, esgoto e urbanizar a região. Começamos a construir uma creche para 250 crianças e nesta semana assinei o processo para licitação de uma escola para 600 alunos”, frisou.

O superintendente Regional da Caixa, Demerval Prado Júnior, salientou que é sempre uma emoção e alegria participar de eventos para entrega da casa própria. Com isso, afirmou, a Caixa cumpre o seu papel no desenvolvimento da sociedade. O superintendente destacou, no entanto, que para a instituição permanecer forte neste segmento é importante que o pagamento das parcelas seja feito em dia. “É o retorno desse recurso que proporciona novos financiamentos habitacionais e a garantia de um patrimônio que foi muito suado. É uma conquista que todos são merecedores e têm direito. Toda felicidade nesse dia e nos lares de vocês”.

Prestigiaram também a inauguração do Residencial, os deputados estaduais Júlio Pina e Rafael Gouveia; o ex-prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira; os vereadores de Senador Canedo, Beto Moreira, Carpegiane Silvestre, D’Mel Canedo, Denise Oliveira, Diego Graciano, Dr. Marcio Polo, Eliel José, Luiz da Saúde, Marcelita Manze, Rodrigo Rosa, Ronaldo da Feira e Vilmar Lima.