Foto: Octacilio Queiroz

Parlamentares apoiam proposta do governo em buscar apoio junto à bancada federal goiana para investimento no Estado

Governador apresentou a senadores e deputados federais um caderno de sugestões de emendas. Meta é atrair R$ 1,3 bilhão em recursos para Goiás no próximo ano

O governador Ronaldo Caiado se reuniu na tarde desta segunda-feira (7/10) com senadores e deputados federais por Goiás, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, para apresentar o Caderno de Sugestões de Emendas. Trata-se de um planejamento estratégico que busca otimizar os recursos de emendas parlamentares, reunindo esforços para melhor atender o cidadão goiano. A partir da cartilha, Caiado espera auxílio da bancada federal para atrair R$ 1,3 bilhão de investimentos nas mais diversas áreas. A iniciativa foi bem recebida pela bancada que apoiou a proposta.

Acompanhado do seu secretariado, o governador entregou a cada parlamentar um caderno contendo todas as informações sobre as obras ou benfeitorias classificadas pelo governo estadual como prioritárias. Caiado frisou que a destinação da verba é de livre escolha dos parlamentares, e que respeita a decisão de cada um. No entanto, pediu um olhar atento às demandas, a fim de construir uma agenda conjunta em prol de Goiás. “Eu senti a necessidade de pedir a vocês esse empenho pessoal para que haja uma sintonia maior dessa verba para aquilo que pode ser transformado em realidade”, sugeriu.

“A cartilha tem 221 propostas, sendo 162 para emendas individuais e 59 de bancadas”, continuou. Estão na lista itens como reconstrução de rodovias, conclusão de hospitais, melhorias na educação e assistência social. O governador afirmou que, neste momento, a prioridade é terminar o que as gestões anteriores prometeram, mas não cumpriram – o que prejudica a vida dos goianos. A partir de um trabalho colaborativo entre Executivo e Legislativo, Ronaldo Caiado quer mudar os rumos do Estado. “Faremos referência a todo deputado e senador, com o seu nome cravado na placa de inauguração da obra, mostrando a participação de cada um”, garantiu.

Caiado apontou o secretário-geral da Governadoria, Fábio Cammarota, como o responsável pela compilação de dados. Ele, ao lado do chefe de Gabinete de Representação de Goiás em Brasília, Breno Vieira, é interlocutor entre o Governo de Goiás e os parlamentares. O governador também sugeriu que cada deputado federal e senador conversem com os secretários, a fim de avaliar as demandas mais urgentes dentro de cada área que estejam interessados em contribuir. “Se pudéssemos ter essa vertente, é relevante para nivelar um pouco a situação de desatenção na área da saúde, social, segurança pública e educação”, completou.

Apoio maciço
A cartilha elaborada pelo governo estadual e a abertura para diálogo foram elogiadas pelos parlamentares. O senador Vanderlan Cardoso (PP) garantiu a Caiado que a bancada estará atenta ao mapeamento de prioridades. “Da minha parte, vamos estar não somente com as nossas emendas e as de bancada, mas procurando também buscar brechas ali no Governo Federal, em verbas extras, para trazer para o nosso Estado”, salientou. “No mais, meus agradecimentos, governador, por esse convite de discutir o Estado de Goiás no momento de crise que ele está passando.”

O deputado federal Célio da Silveira deu ao governador a certeza de que ele contará com o apoio da bancada, que busca formas para que “Goiás cresça, se desenvolva e traga qualidade de vida ao povo”. Na mesma linha, o senador Luiz do Carmo (MDB) convocou todos os parlamentares a lutarem juntos pelo Estado. “Nosso objetivo é trabalhar e fazer muito com Goiás”, afirmou, ressaltando a importância do diálogo com os secretários de Estado.

O deputado federal Francisco Júnior (PSD) parabenizou o governador pela organização do material, que lista as sugestões de emenda, e também se colocou à disposição para contribuir. Sugeriu ainda que seja elaborado um planejamento de ação da bancada para os próximos anos. E a deputada Flávia Morais (PDT) confirmou que prepara para o dia 15 uma reunião com todos os parlamentares. “Vamos fazer um afunilamento disso tudo, para que possamos definir os investimentos”, projetou.

Em entrevista coletiva, após a reunião, a líder da bancada goiana destacou a importância dessa relação entre o governo e parlamentares, tão prontamente construída pelo governador Ronaldo Caiado. “A gente acredita que esse trabalho coordenado e planejado vai trazer resultado muito mais efetivo”, avaliou ao lembrar de experiências passadas que não foram bem sucedidas. “Já tivemos, em outros governos, recursos que foram destinados e perdidos [por falta de planejamento]. Então, a gente fica muito entusiasmado quando vê que, através desse planejamento, vamos executar 100% das emendas de bancada. É um avanço.”

Além do secretariado e auxiliares do governador, participaram da reunião os senadores Luiz do Carmo e Vanderlan Cardoso, o representante do senador Jorge Kajuru, Benjamin Beze Júnior; os deputados federais Flávia Morais, Adriano Avelar, Alcides Rodrigues, Célio Silveira, Elias Vaz, Francisco Júnior, José Mário Schreiner, José Nelto, Professor Alcides e Zacharias Calil; além dos representantes de João Campos, Wilton Gomes, e do Major Vitor Hugo, Divino Freitas.