Foto: Vinícius Schmidt

”Empresários terão apoio do Governo para gerarem empregos no Nordeste e Norte goianos”, assegura Caiado

Governador prestigiou lançamento da pedra fundamental do empreendimento que deverá injetar um investimento da ordem de R$ 90 milhões no município de Santo Antônio do Descoberto

O governador Ronaldo Caiado deixou sua assinatura na placa que indica a pedra fundamental do empreendimento que deve representar uma virada significativa na história de Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal. A empresa J Fleury Assessoria e Consultoria Imobiliária deu início nesta terça-feira (26/11) à instalação de um amplo vetor industrial, logístico, automobilístico e hoteleiro, que deverá injetar um investimento da ordem de R$ 90 milhões no município. O grupo recebeu hoje licença ambiental das mãos do prefeito Adolpho Roberto.

Caiado parabenizou o que considerou “ação corajosa” de empresários à frente daquilo que o Estado espera: criar emprego e diminuir desigualdades regionais. “O objetivo não é criar pólos de riqueza, mas atender o cidadão goiano naquilo que ele precisa. E o emprego é melhor programa social para resgatar a dignidade dos cidadãos. Assim, os empresários interessados em atacar as carências regionais e levar desenvolvimento a todos os rincões do Estado terão total apoio de Ronaldo Caiado”, assegurou.

Diretor-presidente do grupo da J Fleury Assessoria e Consultoria Imobiliária, Juliano Fleury destacou que o projeto traz benefícios e sustentabilidade. “Buscamos um lucro sadio, um lucro do bem. Não queremos deixar heranças malditas”, pontuou. A envergadura do projeto e sua importância para a economia da região do Entorno e para Goiás foi reconhecida pelo Governo do Estado que assinou, em julho, um protocolo de intenções garantindo incentivos fiscais para o Complexo Vilah 7 Curvas.

Caiado lembrou que, momento em que recebeu o projeto, imediatamente assinou o protocolo e autorizou todos os incentivos que terão uma finalidade objetiva. “Acredito que mais de 30 mil pessoas que moram em Santo Antônio do Descoberto trabalham em Brasília. Este empreendimento vai trazer dignidade a essa região, que é a segunda mais populosa do Estado e totalmente desassistida por todo tipo de incentivo durante todos esses anos”, completou o governador.

O mesmo grupo empresarial também vai ficar a cargo do projeto de revitalização e ampliação da Feira Coberta e a Rodoviária de Santo Antônio do Descoberto. A maquete foi apresentada ao governador Ronaldo Caiado em outubro. “O projeto já está sendo trabalhado junto à Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) e à Secretaria de Indústria e Comércio (SIC). Espero em breve podermos iniciar obras que nos darão condições de recepcionar bem as pessoas, de trazer um clima sadio para as pessoas poderem conviver”, vislumbrou o governador.

Cidades-dormitório
Localizado às margens da BR-060, e ancorado no grande potencial da região que integra a Região Integrada de Desenvolvimento Social do Distrito Federal e Entorno (Ride), o Complexo Vilah Sete Curvas terá uma área de cerca de 1 milhão de metros quadrados, reunindo 174 lotes com terrenos de 500 a 50 mil metros quadrados. Com grande área verde e vocação para o desenvolvimento sustentável, está voltado para atração de novas indústrias não poluentes centros de distribuição e construção de um centro comercial (outlet), polo de tecnologia, confecções, hotelaria e automobilismo. A projeção é abrigar até 70 empresas.

A estimativa é que o projeto mude o perfil dos municípios do Entorno, para que deixem de ser cidades-dormitórios e possam oferecer condições para que os moradores trabalhem e vivam com dignidade. Prefeito de Santo Antônio do Descoberto, Adolpho Roberto,destacou que a prefeitura tem que deixar de ser a maior empregadora em um município com mais de cem mil habitantes. “O que garante mais independência no melhor plano social: Bolsa Família ou emprego? Não há dúvida quanto à resposta, e o governador teve essa sensibilidade”, declarou.

Estiveram também presentes ao evento o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), Marcos Cabral; o diretor-presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar; o sócio-diretor da Vilah Sete Curvas, Wagner Rossi; a primeira-dama de Santo Antônio do Descoberto, Joana D’Arc; os prefeitos Hildo do Candango (Águas Lindas) e Doutor Alysson (Alexânia); o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Waldner Bernado de Oliveira; o vice-presidente da Ibraceds, Antônio Almeida; presidente da Câmara Municipal, Márcio Parente; o comandante do 17° CRPM, Coronel Luiz Raiza; além de vereadores, subsecretários da SIC, prefeitos, ex-prefeitos, presidentes de partidos e empresários.