Foto: Cristiano Borges

“Não terá um dia de atraso”, garantiu Caiado ao assinar convênio de R$ 24,6 milhões com a Vila São Cottolengo, em Trindade

Durante visita à instituição filantrópica, o governador também entregou R$ 8,1 milhões em emenda parlamentar, de quando ainda era senador, além de um veículo adaptado

Alex Arcanjo dos Santos toca ganzá na Banda Inclusiva Luar, um projeto da Vila São José Bento Cottolengo, em Trindade. Com largo sorriso no rosto, ele apresentou duas músicas e definiu esta quinta-feira (21/11) como um dia especial. Dia de ser notado, de sentir a presença do poder público. “Como deixar de ser fantasma? Através da atenção que o Caiado está dando para manter essa estrutura bonita”, disse o paciente na solenidade de renovação do convênio entre o Governo de Goiás e a Vila São Cottolengo; entrega de um veículo adaptado e anúncio de destinação de emendas.

Com vigência de um ano, o contrato prevê o repasse de R$ 24,6 milhões à instituição a partir de dezembro. “Não terá um dia de atraso. Este é o meu compromisso como governador, ter responsabilidade do que assino”, garantiu Ronaldo Caiado na oficialização do convênio. Diretor-presidente da instituição filantrópica, o padre Marco Aurélio Martins agradeceu o olhar das autoridades à unidade, garantindo que o trabalho realizado ali só é possível a partir da união de esforços. “Nosso cotidiano é iluminado e fortalecido pela prática do cuidado, e de bons samaritanos que estendem a mão, que fazem o bem à Vila, à pessoa humana.”

Ao prestar homenagem aos profissionais ligados à instituição, pelo trabalho cheio de amor e dedicação, o governador traçou um paralelo de sentimentos entre sua primeira visita, no início do ano, e hoje. De lá pra cá, já quitou dívida milionária deixada pela gestão passada, o que garantiu o funcionamento da unidade de saúde e a segurança para as pessoas que tanto precisam dos serviços prestados ali. A meta, disse, é “proporcionar a todos um ambiente de alegria, paz e certeza de bons resultados e de qualidade de atendimento”.

A Vila São Cottolengo é conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS) e presta assistência a 334 pacientes com deficiências múltiplas, a exemplo de Alex Arcanjo, que faz terapia ocupacional e fisioterapia. O local também realiza cerca de 2,4 mil atendimentos ambulatoriais e educacionais diariamente. Segundo o Datasus, do Ministério da Saúde, já foram realizados na unidade este ano mais de 133 mil procedimentos, entre exames diagnósticos, atendimentos clínicos, cirurgias e serviços de órtese e prótese.

Secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino lembrou que a unidade de saúde atende pacientes de 134 municípios goianos. Renovar o convênio e manter em dia os repasses, disse, é uma prova de que o governo Caiado não só prioriza a saúde, como espalha cidadania, amor ao próximo e cuidado aos que precisam. “Não dá para fazer saúde pública só olhando números. É preciso ter sensibilidade”, salientou. “A Vila tem um aspecto muito importante em relação à reabilitação física, mental e auditiva”, completou o secretário.

Emendas parlamentares
Lutar pela saúde sempre foi uma meta de Caiado. Nesta quinta-feira, o governador se disse honrado em poder anunciar o repasse de R$ 8,1 milhões em emendas parlamentares, de quando ainda era senador. O montante será aplicado na realização de cirurgias de catarata. “E fará com que possamos atender todas aquelas pessoas que estão na fila que, se Deus quiser, será zerada no final da aplicação [do recurso]”, projetou. Há ainda a previsão futura do repasse de mais R$ 2,3 milhões, provenientes da mesma emenda de Caiado enquanto senador.

A deputada federal Flávia Morais garantiu que a bancada goiana no Congresso Nacional está lutando por mais emendas a serem destinadas para a saúde em Goiás. “Minha missão é grande, de trazer recursos aqui para o Estado, e nós vamos trabalhar com muito empenho para conseguir”, disse a parlamentar, ao anunciar R$ 300 mil de emendas à unidade filantrópica.

Quem também destinará emendas impositivas, referentes a 2020, para a Vila São Cottolengo é o deputado estadual Dr. Antônio. No evento, ele entregou um cheque simbólico no valor de R$ 1,5 milhão à direção da unidade. “A previsão é que R$ 500 mil sejam utilizados para o custeio, e R$ 1 milhão para reforçar o fornecimento de cirurgias eletivas. Tenho certeza que agora as coisas vão mudar muito”, comentou o Dr. Antônio, referindo-se à nova era que Goiás vive sob a gestão de Caiado, especialmente na área da saúde.

Veículo adaptado
As centenas de pacientes que acompanharam a solenidade demonstraram muita alegria quando o governador Ronaldo Caiado apresentou o automóvel adaptado para o atendimento de pessoas com deficiência. “Vejam aquela van ali, é para pessoas com limitações de mobilidade terem maior conforto na hora de viajar, ou visitar um local”, destacou.

Adaptado com plataforma elevatória veicular para possibilitar o embarque e o desembarque de usuários cadeirantes e com dificuldades de locomoção, o veículo é equipado também com sistemas de segurança para fixação da cadeira de rodas, cintos de segurança, além de protetores de cabeça para cada cadeirante. A capacidade é de transportar nove passageiros, sendo três cadeirantes e seis não cadeirantes.

Participaram do evento os deputados estaduais Humberto Aidar e Charles Bento; secretários de Estado Edival Lourenço (Cultura), Coronel Luiz Carlos de Alencar (Casa Militar), Lívio Luciano (Gabinete de Gestão do Governador); diretor-geral de Administração Penitenciária, Coronel Wellington Urzêda; os presidentes Denes Pereira (Iquego), Pedro Salles (Goinfra) e Fabrício Amaral (Turismo).