Foto: Lucas Diener

Caiado fala em interlocução diária para desenvolver Goiás, durante posse na AGMP

Durante a posse da nova diretoria da associação, governador foi elogiado pelo seu histórico de atuação em defesa do Ministério Público

O governador Ronaldo Caiado participou, na noite desta sexta-feira (7/2), da posse da nova diretoria e conselho fiscal da Associação Goiana do Ministério Público (AGMP). Ao cumprimentar o promotor de Justiça José Carlos Miranda Nery, que foi reconduzido ao cargo de presidente para o próximo biênio, Caiado destacou a importância da instituição, “que tem a prerrogativa de falar pela população, defender e ao mesmo tempo lutar contra as desigualdades”.

A defesa da atuação do Ministério Público foi mencionada por todas as autoridades durante a solenidade, realizada no auditório da associação. Em discurso de posse, José Carlos Nery afirmou que a nova diretoria enfrentará enormes desafios pelos próximos dois anos, mas que o objetivo é trabalhar de forma combativa. O resultado disso, considerou, reflete na sociedade. “Preservar nossas garantias é reafirmar a dimensão constitucional conferida ao Ministério Público, cujo legítimo papel é cuidar do social e do interesse público”, pontuou.

O procurador-Geral de Justiça de Goiás, Aylton Vechi, relembrou e elogiou o trabalho do governador Ronaldo Caiado em defesa do MP, desde quando era parlamentar. “Aproveito para enaltecer a importante atuação de Caiado pela inestimável colaboração ao trabalhar incessantemente para que aquela afronta à nossa instituição não se consolidasse”, disse, referindo-se à PEC 37 que previa limitação da atuação do MP. “O MP forte é a garantia de que os direitos do cidadão serão respeitados”, completou, reafirmando a importância do posicionamento do então parlamentar.

Tal conduta de Caiado foi apontada por Vechi como uma evidência de que o govenador respeita as premissas constitucionais da instituição, especialmente na investigação contra a corrupção. Em resposta, Ronaldo Caiado reforçou que tem sido uma meta pessoal estabelecer parceria e diálogo com os Poderes constituídos. “Em vários momentos, nas crises maiores do Estado, sempre os busquei para acharmos uma solução em conjunto. Lá estavam o Tribunal de Justiça, o Ministério Público, o Tribunal de Contas, a Assembelia Legislativa e nós, do Executivo. Essa interlocução é diária”, salientou.

Sobre a posse
Reconduzido ao cargo de presidente da AGMP, José Carlos Nery tem como vice-presidente Thiago Galindo Placheski. Além dos dois, outros 13 promotores foram empossados na nova gestão em cargos de secretários, diretores e membros do conselho fiscal. A associação tem, entre suas atribuições, a defesa das prerrogativas e os interesses do Ministério Público.

Participaram da cerimônia de posse a secretária de Estado Lúcia Vânia (Desenvolvimento Social); o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral; o prefeito de Goiânia, Iris Rezende; o desembargador Carlos Alberto França que representou o Tribunal de Justiça de Goiás; os deputados federais Glaustin da Fokus e Delegado Waldir; os deputados estaduais Cairo Salim e Eduardo Prado; o vice-presidente da Conamp, Manoel Murrieta; a conselheira do Conselho Nacional de Justiça, Ivana Farina Navarrete; e o vice-presidente da OAB-GO, Thales José Jayme.

Marcaram presença, ainda, o promotor Rubens Rosa Júnior, representando a Corregedoria-Geral do MPGO; a ouvidora-geral substituta do MPGO, Sandra Beatriz Feitosa de Paula Dias; o coordenador-geral da Corregedoria Nacional do Ministério Público, Benedito Torres Neto; o defensor público-Geral do Estado de Goiás, Domilson Rabelo; a procuradora-Geral do Estado, Juliana Prudente; os presidentes Patrícia Carrijo (Asmego), Ana Paula de Guadalupe Rocha (Apeg) e Alexandre Piovesan (Amatra).