WhatsApp Image 2020-03-30 at 20.06.28

Caiado agradece bancada goiana por repasse de mais de R$ 100 milhões

Recurso será utilizada para o combate ao novo coronavírus e será empregado em hospitais de campanha e estruturação de unidades em pontos estratégicos no Estado

A união de esforços dos representantes de Goiás no Congresso Nacional foi reconhecida pelo governador Ronaldo Caiado, que expressou que o recurso no valor de mais de R$ 100 milhões ajuda não só o Hospital de Campanha, em Goiânia, como também é oportuno para dar condições e estrutura mínima a outras unidades em pontos estratégicos no Estado. O agradecimento do chefe do Executivo aconteceu agora durante live com o deputado federal, o médico Zacharias Calil. A transmissão ocorreu pelas redes sociais do governo e pelas rádios que compõem a Agência Brasil Central (ABC) e emissoras parceiras.

Caiado disse que todos os 17 deputados federais e os três senadores por Goiás contribuíram com emendas parlamentares, que iriam para outras áreas, mas que, numa mobilização do deputado federal Lucas Vergílio, boa parte do recurso foi remanejada para o combate ao novo coronavírus. “Tivemos uma ação significativa, que extrapola os R$ 100 milhões, que vem em momento crucial”, afirmou.

Calil explicou que houve esforço de toda bancada. “Todos se uniram a volta da nossa coordenadora, Flávia Morais [deputada federal e líder da bancada goiana no Congresso], e todos redirecionaram emendas que estavam destinadas a outras áreas”, contou.

O governador Ronaldo Caiado ressaltou que o repasse é oportuno e vai dar condições para a estruturação mínima de unidades de saúde nos extremos de Goiás, como em Porangatu e Luziânia. A verba ainda vai contribuir, explicou o governador, com a abertura de novos leitos em Jataí, onde o Hospital das Clínicas está sendo estadualizado e também em Itumbiara, onde um centro de saúde, conforme decisão da Justiça, foi repassado ao Estado. “Ele tem que ser todo mobiliado. Não tem nada, estrutura alguma, e são cerca de 200 leitos”. Além disso, outro avanço que precisa ser feito, disse Caiado, é na aquisição de novos respiradores, camas e monitores.

Como contrapartida a essa decisão da bancada goiana, o governador disse que já pediu ao secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, que faça uma planilha com o que foi gasto com o dinheiro destinado. “Isso é para que a gente possa fazer um agradecimento e reconhecimento de que nesses hospitais têm os repasse dos deputados federais e dos senadores que viabilizaram essas obras”, pontuou o governador.

Durante o bate-papo, Zacharias Calil aproveitou para criticar o tom político em volta do combate ao coronavírus. “Isso é muito prejudicial. O vírus não tem partido político. Ele é muito duro, provoca uma reação na saúde e economia global. Temos que nos unir e combater esse problema. Quando o inimigo é mais forte que você, é preciso recuar e traçar novas armas para conseguir derrotá-lo. Estou falando como médico. Participei de dezenas de cirurgias graves e complexas e sei das complicações que podem vir”.

Ainda durante a conversa, o deputado defendeu que o recurso do fundo eleitoral seja direcionado ao combate do coronavírus. “Acho justo. A pessoa tem que eleger seu representante de acordo com o trabalho que ele tem na sociedade e não pelo o que ele tem no bolso”, salientou. Por fim, o médico disse para a população confiar nas medidas que estão sendo tomadas pelo Governo de Goiás, pois são baseadas em métodos científicos. “O governador está sabendo controlar. Quando começar a achatar a curva, nós vamos liberar e aí vocês vão dar razão, vão ver que Goiás está sendo exemplo por ter tomado essas medidas antecipadamente”, sublinhou o deputado federal.