WhatsApp Image 2020-03-02 at 17.17.37

Governador Ronaldo Caiado inaugura novo prédio da Delegacia Fiscal de Rio Verde

Unidade fazendária funcionará em um shopping e terá capacidade para atender 4,5 mil contribuintes por mês, oferecendo serviços que englobam as pastas da Economia, Agricultura e Agrodefesa

Garantir mais conforto e comodidade para a população e, ao mesmo tempo, melhores condições de trabalho para os servidores da Secretaria de Economia. Foi com esse objetivo que o governador Ronaldo Caiado inaugurou nesta segunda-feira (02/03) a nova sede regional da Delegacia Fiscal de Rio Verde, no Sudoeste goiano. O novo espaço tem 545 metros quadrados e está localizado no Buriti Shopping Rio Verde. “Vocês trabalhavam em um local totalmente insalubre, sem condições nenhuma. Temos que dar dignidade aos trabalhadores”, garantiu o governador.

A mudança de endereço se deu porque a antiga sede estava com a estrutura comprometida com infiltrações e comprometimentos na infraestrutura. A unidade fazendária terá condições de realizar cerca de 200 atendimentos por dia e 4.500 por mês. Contará com 19 seções fiscais para auditorias, atendimento fiscal, fiscalização de mercadorias em trânsito, coordenações e assessoria tributária.

Uma novidade no novo prédio é que a delegacia servirá de projeto-piloto para conjugar serviços de outras duas pastas: Agrodefesa e Agricultura. “Trabalharemos em conjunto em prol do consumidor e do contribuinte. Não importa se aqui tem Agrodefesa ou Secretaria da Economia. A gente quer é prestar o melhor serviço ao cidadão da maneira mais célere possível”, explicou a secretária de Economia, Cristiane Schmidt.

O presidente da Agrodefesa, José Essado Neto, disse que o trabalho conjunto facilitará para que o produtor não tenha de ir a dois, três lugares para fazer a mesma coisa. “Aqui na própria delegacia, ele irá tirar as guias de trânsito animal e também a nota fiscal”, contou. Lembrando que a unidade ainda prestará serviços de ICMS, IPVA, ITCD, auditoria, atendimento fiscal e serviços administrativos.

Cristiane Schmidt ressaltou que a pasta racionaliza o recurso público e citou como exemplo a negociação do contrato de aluguel da delegacia fiscal. O contrato com o shopping foi celebrado no governo passado no valor de R$ 18 mil por mês, mas nesta gestão foi renegociado no valor mensal de R$ 4 mil. “Uma demonstração clara da responsabilidade que a nossa gestão tem com o dinheiro do contribuinte”, citou.

O Delegado Regional de Fiscalização de Rio Verde, auditor fiscal João Batista, afirmou que o prédio antigo não deixava a pasta prestar um serviço de qualidade, mas que a nova sede celebra a interação de esforços para o bom atendimento à população. “Essa conjugação é voltada para o cidadão que é a essência, fundamento do Estado”.

O secretário municipal da Fazenda de Rio Verde, Ênio Freitas, representando o prefeito, Paulo do Vale, disse que os servidores estaduais merecem o novo espaço. “Precisamos dar atenção, de modo que não só o contribuinte mereça um local adequado, mas principalmente, o servidor que presta esse serviço. Parabéns, governador, vamos dar agilidade maior para quem demanda serviço do Estado”, disse.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Lissauer Vieira, elogiou a racionalidade no uso do dinheiro público e a união dos órgãos do Estado. “É compromisso com os servidores e, principalmente, com o contribuinte, que vem até aqui e tem os seus serviços solicitados e atendidos”. O deputado estadual Chico KGL explicou que não é fácil pegar um Estado como Caiado recebeu, mas que ele tem trabalhado em um conjunto de esforços e levando benefícios à sociedade. “Atende todos os segmentos”, citou.

Atendimento
Embora o Buriti Shopping Rio Verde funcione a partir das 10h, a delegacia regional terá horário de atendimento das 8h às 18h. A unidade é responsável pela fiscalização tributária em 17 municípios do Sudoeste goiano: Rio Verde, Montividiu, Santa Helena de Goiás, Santo Antônio da Barra, Acreúna, Maurilândia, Castelândia, Turvelândia, Quirinópolis, Gouvelândia, Paranaiguara, São Simão, Cachoeira Alta, Caçu, Itarumã, Itajá e Lagoa Santa.

Reconhecimento
Durante a inauguração, o governador reconheceu o trabalho dos auditores fiscais, que no novo prédio terão melhor preparo para orientar, facilitar a vida do cidadão e diminuir a burocracia. “Precisamos avançar muito em termos de oferecer a vocês ferramentas digitais para que possam ter mais fiscalização no Estado de Goiás, mas conseguiram coibir e muito a sonegação na região, principalmente na área de fronteira”, ressaltou

Segundo Caiado, os auditores têm seu reconhecimento porque conseguiram aumentar, num momento difícil, a arrecadação em 2019 em quase 9%. “A finalidade não é sobrecarregar quem quer que seja, mas fazer com que haja uma fiscalização justa, onde as pessoas possam quitar os seus compromissos. Não se pode expandir cada vez mais um processo de sonegação, de informalidade, porque não é justo com quem paga seus impostos”, afirmou.

Durante a inauguração estiveram presentes os secretários de Estado Marcos Silva (Comunicação) e o coronel Luiz Carlos de Alencar (Casa Militar); o diretor-geral da Administração Penitenciária (DGAP), coronel Wellington Urzêda; os presidentes Paulo Sérgio dos Santos Carmo (Sindifisco), Luciano Guimarães (Sindicato Rural) e Mário Furacão (CDL Rio Verde); o subsecretário da Receita Estadual, Aubirlan Vitói; o diretor geral da Agrodefesa, Giovani Miranda; os representes da Associação Brasileira Pró-Desenvolvimento Regional Sustentável (Adial), Edwal Portilho (Chequinho), e da Caixa Econômica Federal, Janaina Erthal; o delegado regional da Fiscalização de Rio Verde, João Batista Monteiro Nascimento; a prefeita Francisca Abadia (Aparecida do Rio Doce); e os comandantes coronel Ricardo Rocha (8º Comando Regional da Polícia Militar) e tenente-coronel Amilton de Souza Conceição (4º Batalhão do Corpo de Bombeiros); e o subcomandante do Batalhão Rodoviário, tenente-coronel Marreiros.