Entrega de doações  (1)

Governo recebe mais doações de cestas e Caiado ressalta solidariedade dos goianos

Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus continua arrecadando alimentos que serão entregues a famílias em situação de vulnerabilidade, e mais uma emissora de televisão goiana aderiu à rede do bem nesta semana

A rede de solidariedade para mitigar os efeitos das restrições impostas pela Covid-19 tem crescido a cada dia no Estado. Nesta terça-feira (14/04), o governador Ronaldo Caiado recebeu pessoalmente a doação de mil cestas básicas oferecidas pelo Grupo Serra Dourada Comunicações, que reúne a TV Serra Dourada (afiliada do SBT) e a Rádio 99,5 FM. “Este é um momento de agradecimento à solidariedade do povo goiano, nesta pandemia que jamais imaginamos atravessar, com tamanho risco e gravidade. Nós estamos superando as dificuldades aos poucos com a compreensão das pessoas”, destacou o governador. A doação foi feita por meio da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom), atendendo a um pedido do secretário Marcos Silva.

O governador frisou que todo o Estado está mobilizado e que não existem brechas para vínculos partidários neste momento. “É uma campanha de enfrentamento das dificuldades alimentares das pessoas. Estamos entrando em contato com prefeitos, primeiras-damas, com Cras, as áreas de assistência social de cada município, mostrando que isso aqui é um trabalho de solidariedade”. As doações estão sendo destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade social, entregues de porta em porta nos bairros mais carentes da capital.

Caiado lembrou que qualquer pessoa ou entidade pode contribuir com doações. “A TV Serra Dourada promove hoje um gesto que vai estimular tantos outros. São mil cestas. Você pode trazer 1, 10, 20, este é o momento.”, ressaltou. Na capital, as doações podem ser encaminhadas diretamente à Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). A instituição também abriu uma conta na Caixa Econômica Federal, destinada à Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus.

Marcos Silva enalteceu o trabalho dos veículos de comunicação goianos nesse momento. “Várias empresas, vários veículos, se mobilizaram junto aos seus colaboradores e fizeram essas doações tão expressivas, que tenho a certeza absoluta que vão ajudar diversas famílias no Estado de Goiás”, declarou. O secretário também agradeceu a imprensa goiana por exercer um jornalismo de qualidade na divulgação de informações sobre a Covid-19 e as ações adotadas pelo governo.

Marcos lembrou que o Governo de Goiás envolveu todas as secretarias, empresas públicas, fundações e autarquias do Executivo Estadual em uma ação conjunta de solidariedade para socorrer as famílias de baixa renda durante a determinação de isolamento social. “Tenho certeza as doações chegam em um bom momento e vão ajudar muitas famílias”, observou.

Para o diretor comercial do Grupo Serra Dourada, Lourival Lira, a iniciativa é uma oportunidade de servir aos mais humildes. “Essa é nossa intenção ao participar desse projeto da OVG, que é um projeto muito bonito, muito importante, em um momento em que as pessoas mais carentes precisam ser ajudadas”, reconheceu.

Novos protocolos
Durante a visita ao Goiânia Arena, onde estão sendo organizadas as doações, o governador Ronaldo Caiado sublinhou que novos protocolos serão pré-fixados por meio de um decreto que será publicado no dia 19 de abril. Entre as determinações, que visam minimizar riscos de contaminação dos trabalhadores, está a limitação de idade para a volta ao trabalho, assegurando que pessoas com mais de 60 anos se mantenham em isolamento, a medição recorrente de temperatura nos ambientes, já que em 88% dos casos a febre é o primeiro sintoma da Covid-19, além do uso obrigatório de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) – máscaras, luvas, proteção para sapatos e cabelos entre outros.

Caiado declarou ainda que critérios para o deslocamento de pessoas estão sendo definidos, buscando manter o controle do fluxo de passageiros nos transportes coletivos. “São cuidados que estamos elaborando, lembrando sempre que uma realidade é diferente da outra. São regras que nós precisamos seguir e elas serão exigidas por todas aquelas pessoas que são responsáveis pela vigilância sanitária”, afirmou. O governador lembrou que o isolamento social continua sendo a principal medida de contenção e que a negação deste protocolo pode acarretar um colapso na rede de saúde do Estado.

Saiba como doar
Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus – www.ovg.org.br/voluntariado ou por meio de depósitos no Banco Bradesco – 237, Agência: 0244, Conta Corrente: 45059-6, Razão Social: Organização das Voluntárias de Goiás, CNPJ: 02.106.664/0001-65.