WhatsApp Image 2020-04-13 at 19.26.43

Tecnologia é grande aliada do Governo de Goiás no combate à pandemia

Durante live diária, governador Ronaldo Caiado e secretário Adriano da Rocha Lima destacaram importância dos avanços tecnológicos na luta contra o coronavírus no Estado

A importância da tecnologia durante o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus foi tema da live diária do governador Ronaldo Caiado aos veículos de comunicação da Agência Brasil Central (ABC) e parceiros, nesta segunda-feira (25/5). O secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Adriano da Rocha Lima, participou da transmissão e ressaltou que a pandemia provocou uma verdadeira revolução na vida das pessoas, com uma mudança cultural irreversível.

O governador e o secretário citaram uma série de ações fundamentais que utilizam da tecnologia para manter o acesso da população a serviços públicos essenciais. Caiado destacou também a importância da tecnologia em sua rotina atual. “Quantas lives temos feito? Hoje, desde cedo, minha agenda foi toda por videoconferência. É o novo normal, uma nova maneira de se preparar para vida e situações como esta. Aos poucos, nós vamos nos adaptando, mas temos que ser intransigentes na preservação da vida”, assinalou Caiado.

“O mundo que vamos encontrar no pós-pandemia não vai ser o mesmo que tínhamos antes dela. As pessoas se viram obrigadas a encarar a tecnologia e será necessário um salto de aceitação e adaptação muito grande. Estamos mudando a forma de nos relacionar com o mundo”, pontuou Adriano. O momento, segundo o secretário, é ímpar para os profissionais da área, especialmente na gestão pública, para aprimorar serviços e facilitar a vida da população.

“Como sempre digo, a tecnologia não pode se resumir ao desenvolvimento de novos dispositivos e ferramentas, um meio para fazer coisas de um modo diferente. Para cumprir seu propósito, ela tem que vir ao encontro das necessidades do cidadão”, enfatizou o secretário. Como exemplo, Adriano mencionou o trabalho de pesquisadores da Universidade Federal de Goiás (UFG), que em apenas 40 dias desenvolveram respiradores com preços bem mais acessíveis que os de mercado. “Muitas vezes saem da faculdade sem saber direito a parte prática. E, de repente, encontram a oportunidade de resolver um problema crítico do Brasil, num prazo recorde”, elogiou.

Adriano da Rocha Lima citou ainda a importância da tecnologia para a educação, ressaltando o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Educação (Seduc), comandada pela secretária Fátima Gavioli. Entre outras ações, a Seduc elaborou videoaulas que estão sendo transmitidas tanto pela internet, quanto pela Televisão Brasil Central (TBC) para garantir que todos os alunos tenham acesso ao conteúdo didático e não percam o ano letivo. “É claro que muitas crianças ainda não têm acesso à internet, mas mesmo quem não têm computador, vai conseguir assistir às aulas pela televisão”, frisou.

Campus Party

Durante a live, o titular da Sedi anunciou que Goiás vai promover uma edição virtual da Campus Party, no início de julho. “O Estado aproveitou para investir em tecnologia, mas de uma forma diferente. Goiás vai ter seu espaço para interagir virtualmente com o mundo inteiro, promovendo maratonas de desenvolvimento [hackathons], resolvendo problemas do serviço público, sociais e até mesmo relacionados ao coronavírus”, vislumbrou.

Combate ao Coronavírus

O Secretário também compilou ações da pasta para desenvolver estratégias inteligentes de combate a pandemia e controle do isolamento social. Entre elas, o uso de dados da rede móvel para fazer o controle do fluxo de passageiros na rede de transporte urbano e de veículos nas estradas. Há também o monitoramento feito por estatísticas e informações anônimas, fornecidas por aplicativos diversos, bem como o volume de notas fiscais e dados sobre consumo de energia elétrica.

“Temos que ter mecanismos indiretos, para avaliar o impacto do que vai acontecer lá na frente”, explicou Adriano. Ainda nesta seara, Adriano comentou sobre o portal Goiás Digital (www.go.gov.br), que já teve mais de 150 mil acessos, oferecendo mais de 50 serviços ao cidadão. O secretário falou também da oferta de cursos de capacitação online na rede Itego e sobre o serviço de telemedicina por meio do chatbot Vitória, plataforma virtual responsável por fazer a triagem de casos suspeitos de coronavírus e encaminhar cada um para o atendimento mais adequado.

Rede de Saúde

Durante a live, o governador destacou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela gestão estadual para reforçar a rede estadual de saúde, principalmente no interior. “Além do Hospital do Servidor, unidade 100 porcento dedicada a pacientes de coronavírus, em Goiânia, temos também o HDT, o Hospital de Anápolis, de Aparecida e Trindade, que vamos inaugurar amanhã [26/5]”, anunciou. Caiado falou também dos planos de inaugurar, ainda nesta semana, a estrutura que está sendo construída em convênio com a prefeitura de Porangatu, cidade cortada pela BR-153 (Belém/Brasília) e que recebe pessoas provenientes do Pará e Tocantins, onde há uma preocupante proliferação de casos de Covid-19. Há também expectativa de que o Governo Federal finalmente faça o repasse do Hospital de Campanha de Águas Lindas ao Governo de Goiás.

Emprego e renda

Caiado também mencionou a assinatura do protocolo de intenções para instalação de 24 novas empresas em 19 municípios, ocorrida nesta segunda-feira, 25. “Foi um presente que recebemos”, comemorou. O governador também comentou o andamento da instalação da Serra Verde Pesquisa e Mineração, que vai explorar terras raras em Minaçu. Caiado afirmou que o governo cumpriu todas as etapas de licenciamento e, no último dia 21, foram emitidas autorização de supressão da vegetação local, que será reposta com todo cuidado e seguindo recomendações da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). “A partir de agora, a empresa já pode contratar as pessoas. Estamos respondendo com rapidez e celebridade, além de fazer um intenso trabalho social. O minério que sair de Minaçu vai voltar a gerar emprego e renda, consequentemente qualidade de vida”, disse Caiado.