WhatsApp Image 2020-06-26 at 16.08.53

“Vamos ser o Estado que mais vai crescer no Brasil”, assegura Caiado, na entrega de 40 casas em Souzalândia

Moradores do distrito foram os primeiros beneficiados e, no próximo mês, a população do município de Barro Alto será contemplada com outras 100 habitações. Ação é resultado do investimento de R$ 2,8 milhões do Governo de Goiás, via Agehab, que contou ainda com parceria da Prefeitura e da mineradora AngloAmerican

“A condição de propriedade de uma casa, de ter o seu próprio endereço e poder cuidar da família, é algo muito forte. É um momento especial para todos nós”, destacou o governador Ronaldo Caiado, nesta sexta-feira (26/06), durante a entrega de 40 moradias no distrito de Souzalândia, município de Barro Alto. “Vamos trabalhar para valer e reconstruir Goiás. Seremos o Estado que mais vai recuperar estruturas e que mais vai crescer no Brasil. É o nosso desafio neste momento”, projetou. Com as entregas desta sexta-feira, o Governo de Goiás oficializa 2.318 goianos beneficiados com a casa própria desde janeiro de 2019.

Para Caiado, a manutenção das obras integra o projeto de retomada do Estado, que reúne medidas para a recuperação econômica de Goiás após a pandemia do novo coronavírus, entre elas a criação da Secretaria da Retomada. “Faremos com que a mão de obra seja contratada na região, que o consumo seja feito junto aos comerciantes locais para fazer com que o dinheiro fique na cidade neste momento em que há muito desemprego por conta da pandemia”, salientou.

Em Barro Alto, o loteamento Galdina André foi criado por meio de uma parceria entre o Governo de Goiás e a prefeitura. “A Agehab [Agência Goiana de Habitação] tem trabalhado, por minha determinação, junto aos prefeitos. Aqui, especificamente, também junto à AngloAmerican. Por meio dessa parceria, entregamos hoje 40 casas e, nos próximos dias, entregaremos mais 100”, ressaltou. O Governo de Goiás investiu R$ 2,8 milhões na construção das 140 casas de Barro Alto. As obras das restantes estão em fase final, e todo o empreendimento conta também com contrapartida da Prefeitura e da mineradora AngloAmerican.

Nesta sexta-feira, Patrícia Alves de Souza representou os beneficiários de Souzalândia ao receber, das mãos do governador Ronaldo Caiado, as chaves da sua nova moradia. As famílias contempladas foram selecionadas a partir de cadastro feito pelo Centro de Referência da Assistência Social de Barro Alto (CRAS).

Um dia antes, no distrito, o clima era de confiança em um recomeço com mais dignidade para todas as 40 famílias contempladas. Especialmente, para as 12 que viviam em situação de extrema vulnerabilidade social em um terreno ocupado pelo grupo. É o caso da dona de casa Maria Lúcia da Silva, 52, que há nove anos residia ali com o marido, o filho adolescente e a neta. O único recurso deles é o salário que seu Valdir ganha como gari. A casa, construída aos poucos com placas de cimento, reflete a luta do casal. “Quando a gente mudou para cá, não tinha onde guardar as nossas coisas, só jogamos uma lona por cima e ficamos quase um mês dormindo ao relento, na terra limpa. Aqui era só mato. Depois, fomos construindo devarzinho, quando ele começou a trabalhar”, contou.

Vivendo de maneira improvisada, sem acesso a serviços básicos como saneamento e energia elétrica, a família se sente marginalizada. “Somos rejeitados pela sociedade Falam que somos invasores e somos muito discriminados. Era humilhante, mas eu não tinha outra opção”, lembra Maria Lúcia. Agora, a família faz planos e tem novas perspectivas, coisas simples, como poder apresentar um comprovante de endereço. “Estou muito feliz. Graças a Deus, vamos fazer parte da sociedade. Agora temos uma casa”, comemorou.

Também residindo de maneira improvisada no terreno, Maria da Guia, 48, já está com todos os pertences embalados para a mudança, quer deixar as memórias tristes para trás. Ela, que foi diagnosticada com Síndrome do Pânico, relatou que há três anos, a casa de quatro cômodos foi invadida e incendiada enquanto a família dormia – ela, os dois filhos e uma neta. Boa parte do pouco que tinham se perdeu. “Agora, a casa dos meus sonhos chegou, uma casa nossa. É muita emoção, eu não vejo a hora de sair daqui.”,

Trabalho integrado
O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Lucas Fernandes, destacou que as ações estão chegando, sem qualquer restrição, a cada um dos 246 municípios, fazendo a diferença na vida de goianos, que, por tanto tempo foram esquecidos pelas gestões anteriores. “Tenho com este distrito, um relacionamento desde 1994 e traz me paz, alegria poder entregar estas 40 unidades habitacionais, fruto da parceria do Governo de Goiás, por meio da Agehab, com o município de Barro Alto. É só o início de uma caminhada muito exitosa”, afirmou.

Presente às entregas, o deputado federal José Nelto parabenizou pela inauguração de mais um conjunto de obras. “Estarei lutando, como lutei no passado, para também trazer o asfalto a Souzalândia”, disse, aproveitando para frisar que Caiado tem se destacado no combate à corrupção e nos avanços na regionalização da Saúde. “Isso mostra um governo humano.” Ao citar a entrega do Hospital de Campanha em Luziânia, sua cidade de origem, o também deputado Célio Silveira reconheceu o empenho do governador na recuperação do Estado e agradeceu pela entrega do Hospital de Campanha de Luziânia, que, frisou, tem salvado muitas vidas no Entorno do Distrito Federal.

O prefeito de Barro Alto, Luciano Lucena, ressaltou que os dois novos loteamentos são uma grande realização. “Esse empreendimento é o sonho da minha vida, no que diz respeito à questão da moradia”, reiterou.

Geração de emprego e renda
Ao cumprimentar o governador Ronaldo Caiado, o diretor de operações da AngloAmerican, Cristiano Cobo, fez deferência à sua gestão, que vem promovendo mudanças significativas na área habitacional; mudanças que se alinham ao propósito da mineradora, que tem 100 anos de história, sendo mais 40 em Goiás. “É um dia de muita felicidade para nossa empresa, que tem como propósito reimaginar a mineração para melhorar a vida das pessoas. Este projeto contribui para as comunidades de forma geral, garantindo qualidade de vida.”

A mineradora Anglo American foi parceira da prefeitura na construção das casas. Com sede em Londres, a empresa atua hoje em 30 países. No ano de 2004 a mineradora iniciou suas operações no município de Barro Alto, com investimentos de US$ 100 milhões na construção da planta e geração de 677 empregos diretos e indiretos. No Brasil, a Anglo American explora níquel. Nos municípios de Niquelândia e Barro Alto, produz liga de ferroníquel. Em 2019, apenas na cidade de Barro Alto, foram extraídas 8.667 toneladas de Níquel, com R$ 40 milhões em compras locais.

Após a solenidade, Caiado visitou a mineradora acompanhado pelo secretário de Estado da Indústria e Comércio, Adonídio Neto. “Hoje tive a oportunidade de conhecer de perto a riqueza que Deus nos deu transformada em liga de ferroníquel”, relatou. Maior mineradora da América Latina, a AngloAmerican foi considerada pelo governador Ronaldo Caiado um exemplo de respeito à produção, ao meio ambiente e aos trabalhadores.

Estiveram em Souzalândia o deputado estadual Hélio de Souza; primeira-dama de Barro Alto, Célia Lucena; vice-prefeita Adriana do Grimaldi e o esposo Grimaldi; ex-prefeito Geraldo Martins; o presidente da Câmara de Vereadores, Maurício Assis, e outros vereadores da região; o prefeito de Goianésia, Renato de Castro; o assessor especial da Governadoria, Luís Rates; o secretário-geral da Agehab, Adriano Carvalho; diretor de relações institucionais da AngloAmerican, Lindomar Vidal; os comandantes Coronel Edson (15ª CRPM) e Major Luciano (18º BBM), dentre outras lideranças.