WhatsApp Image 2020-09-11 at 17.51.42

“Goiás tem respeito pelo meio ambiente e por quem produz”, diz Caiado ao assinar decreto de criação do Parque Estadual Águas do Paraíso

Depois de mais de 20 anos de espera, governador garante sustentabilidade e desenvolvimento regional ao compartilhar com Prefeitura de Alto Paraíso gestão da nova unidade de conservação. “Tudo o que olhamos nesse horizonte, a natureza levou bilhões de anos para construir e agora terá proteção integral”, destaca secretária Andréa Vulcanis (Semad). “O turismo vai contribuir com geração de emprego e renda para comunidade local”, diz Fabrício Amaral (Goiás Turismo)

“Vamos mostrar Goiás como um Estado que tem respeito pelas pessoas, pelo meio ambiente e por quem produz. É esse o equilíbrio que temos que buscar”, anunciou o governador Ronaldo Caiado, em Alto Paraíso. Acompanhado pela coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, primeira-dama Gracinha Caiado, e pela secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Andréa Vulcanis, ele esteve no município para assinar, nesta sexta-feira (11/09), data em que se comemora o Dia do Cerrado, o decreto que cria o Parque Estadual Águas do Paraíso, na região da Chapada dos Veadeiros.

A unidade de conservação, que será gerida de forma compartilhada pelo Governo de Goiás e pela Prefeitura de Alto Paraíso, abrangerá uma área de aproximadamente 5 mil hectares, na região turística das Cataratas do Rio dos Couros. “Isso fará com que possamos conciliar e não ter uma queda de braço. Não se governa aflorando desentendimentos, mas pacificando, produzindo, trabalhando, ganhando condições de dignidade e emprego”, ressaltou Caiado.

Titular da Semad, Andréa Vulcanis definiu a criação do parque como um momento histórico, que põe fim à espera de 20 anos. “O governador cria uma amostra significativa de conservação desse bioma tão importante”, revelou e citou que o Cerrado ocupa cerca de um quarto do território nacional. “Tudo que olhamos nesse horizonte, a natureza levou bilhões de anos para construir e agora terá proteção integral.”

Sustentabilidade
Unir cuidado com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável é um dos objetivos do Governo de Goiás. “Não se faz turismo sem cuidar das pessoas, da comunidade local. Esse talvez seja o maior princípio de uma política pública do setor”, apontou o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, que destacou o objetivo de despertar nos moradores da região da Chapada dos Veadeiros novas vocações, a exemplo do Turismo Rural. “A conservação hoje é um dos grandes desafios mundiais, temos que comemorar muito a criação do parque e o nosso setor vai contribuir com a geração de emprego e renda para vocês. Tenho certeza que nós vamos colocar bons projetos em prática.”

A primeira-dama Gracinha Caiado destacou que conheceu a comunidade local em 2019, quando foi à região da Chapada dos Veadeiros para dar início ao levantamento do Índice Multidimensional de Carência das Famílias (IMCF). A partir daí foram designadas as políticas sociais para a população, principalmente dos assentamentos. “Temos ajudado, fazemos o que podemos, doamos cestas básicas, mas sabemos que isso não é tudo. Queremos fazer muito mais, e vamos fazer, trazer renda e fazer com que vocês possam ter um meio de vida melhor”, disse.

Gracinha Caiado ainda falou sobre a necessidade de envolvimento da comunidade para alavancar o turismo da região. “Não é possível fazer turismo sem ter a mão dos moradores daqui, que precisam ser beneficiados e a quem queremos ajudar. Vocês terão apoio do governador Ronaldo Caiado.”

Diferente de outras datas, 11 de setembro de 2020 é uma data histórica para Elaine Soares Franco, presidente do Assentamento Esusa. “Estamos de alma lavada, missão cumprida. A partir de agora, essa natureza há de ser preservada e respeitada como merece”, afirmou. Moradora da região há anos, Elaine manifestou toda a sua gratidão ao governador Ronaldo Caiado pela criação do Parque Estadual Águas do Paraíso. “Nosso muito obrigado por olhar por essa comunidade tão pequena. Eu me disponibilizo para o que for necessário para que este projeto cresça e gere frutos”, concluiu.

O vice-prefeito de Alto Paraíso, Marlon Rogério Bandeira, reforçou que a união dos esforços contribuirá tanto para a preservação do meio ambiente quanto para o fortalecimento da economia local. “Esse é um momento importantíssimo. Essa unidade de conservação vem para dar um ordenamento local e regional. Quando a gente fala de preservar, precisamos de políticas públicas de fortalecimento, de capacitação para a nossa comunidade”, sublinhou.

Em relação à gestão compartilhada do Parque, o vice-prefeito, que na solenidade representou o prefeito Martinho Mendes, garantiu que Estado e município estarão de mãos dadas. “A prefeitura é parceira do Estado, estamos juntos por um objetivo maior, pela preservação e fortalecimento da nossa comunidade.”

Com a criação do parque, a comunidade também será beneficiada com serviços oferecidos pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater).

Estiveram presentes também o chefe de Gabinete da Governadoria, Flávio Inácio, representando o vice-governador Lincoln Tejota; o secretário de Comunicação, Tony Carlo; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Esmeraldino Jacinto de Lemos; o presidente da Câmara Municipal de Alto Paraíso, vereador Carlos José Pereira Santos (Tito); também os vereadores Claudiomar Teles Gonçalves e Uedison Garcez; o ex-prefeito de Alto Paraíso Allan Barbosa; o diretor do Sindicato Rural de Alto Paraíso, Francisco Marçal; a coordenadora regional de Educação de Planaltina, Dinalva Cantallops; o comandante da 11º Companhia Regional da Polícia Militar, tenente-coronel Marcelo Granja; o comandante do Corpo de Bombeiros, aspirante Veridiano; o presidente de assentamento, Virgílio Craus e Pastor Raimundo; além dos prefeitos Débora Domingues (São João da Aliança) e Eduardo Terra (Campos Belos).