Foto: Júnior Guimarães

Ao lado de Caiado, coronel Carlos Paim visita Escola Superior da Polícia Civil e destaca “projeto exitoso” de Goiás

Governador apresenta estrutura da unidade ao secretário nacional de Segurança Pública, coronel Carlos Paim, e titulares da Segurança de Estados do Centro-Oeste. Programação integra 1ª edição do Senasp Itinerante, que será encerrada nesta quinta-feira (08/10), em Goiânia. “Goiás está à disposição de tudo que puder compartilhar para que a gente possa avançar no combate à criminalidade”, diz governador

“Quando nós temos oportunidade de conhecer um projeto exitoso como esse, temos a capacidade de servir como vetores dessas informações a outros Estados”, declarou o secretário nacional de Segurança Pública, coronel Carlos Paim, sobre a Escola Superior da Polícia Civil (ESPC) na tarde desta quarta-feira (07/10). A unidade, que conta com mais de 180 cursos de formação, foi apresentada pelo governador Ronaldo Caiado ao representante do governo federal e a titulares de secretarias da Segurança dos Estados do Centro-Oeste, como parte da programação de projeto itinerante da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), realizado em Goiânia.

Após visitar as instalações, o coronel Paim destacou que o projeto Senasp Itinerante, lançado na capital goiana, tem justamente o papel de conhecer modelos de qualidade e replicar as informações por todo o País. “Estamos aqui conhecendo boas práticas”, completou. Em resposta, Caiado garantiu que é interesse do Estado essa troca de experiências. “Goiás está à disposição de tudo que puder compartilhar para que a gente possa avançar no combate à criminalidade”, pontuou.

O governador alertou para a “sofisticação” que as organizações criminosas têm adotado, por isso as forças policiais precisam se preparar, com inteligência, troca de informações e tecnologia. “Precisamos cobrar eficiência”, resumiu.

O secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, informou que o Estado tem uma das melhores estruturas voltadas para treinamento de policiais civis, com destaque no cenário internacional. “Conheço várias escolas e academias pelo Brasil, e algumas de fora. Acho que essa é, disparada, pelo menos em estrutura e também em qualidade de formação, qualificação e capacitação, uma das melhores do Brasil ou do mundo.”

A Escola Superior oferece estrutura para treinamento e especialização de policiais civis. Inaugurada em setembro de 2015, a unidade já formou 24.952 profissionais em diferentes cursos. Delegado-geral da Polícia Civil, Odair José disse que a meta é qualificar o melhor possível os policiais goianos, a partir do conhecimento multidisciplinar. E que os 100 delegados, cujo cronograma de nomeação foi recentemente divulgado pelo governador, passam por treinamento no local. “Será a melhor turma já formada na Polícia Civil”, garantiu.

Instalada em um terreno de 23.369 metros quadrados, a escola ocupa uma área construída de 6.571 metros quadrados. A estrutura inclui 12 salas de aulas, um auditório para até 100 pessoas, área para instruções operacionais, pista tática, estande de tiro, torre de rapel, piscina e campo esportivo. Odair disse que o local está à disposição para receber mais comitivas, a exemplo da visita dos secretários do Centro-Oeste. “Fazemos parceria com qualquer unidade da federação que necessite do Estado de Goiás”, frisou.

Participaram da visita os secretários de Segurança Pública de Mato Grosso, Alexandre Bustamante e do Distrito Federal, Anderson Gustavo Torres, o diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Robson Cândido da Silva, o delegado-Geral da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, Marcelo Vargas Lopes, Fábio Arruda Goes Ferreira, delegado-geral da Polícia Civil do Estado do Mato Grosso.

Senasp itinerante
A Escola Superior da Polícia Civil foi a segunda estrutura policial goiana apresentada à comitiva que participa do Senasp Itinerante. Na última terça-feira (06/10), o grupo conheceu as instalações do Batalhão Rural da Polícia Militar, criado em 2019 pelo governador Ronaldo Caiado. No local foi implantado o primeiro Centro de Comando e Controle Rural do país. As visitas foram incluídas no cronograma do projeto por essas unidades serem reconhecidas como referências nacionais.

A primeira edição do Senasp Itinerante foi aberta na tarde de terça-feira (06/10), na Academia Conde dos Arcos da Polícia Militar. As atividades do projeto na capital goiana prosseguem até esta quinta-feira (08/10). Participam a cúpula de segurança pública de todos os Estados do Centro-Oeste.

Goiás foi escolhido para sediar a primeira edição do Senasp Itinerante após ser reconhecido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, como líder em ranking nacional de combate à criminalidade. A ação ainda percorrerá outras quatro regiões do Brasil, passando por Belo Horizonte (Minas Gerais), Natal (Rio Grande do Norte), Rio Branco (Acre) e Curitiba (Paraná).

A iniciativa do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Senasp, tem como objetivo levar a comitiva técnica da secretaria às cinco regiões do país. As reuniões regionalizadas visam atender todos os órgãos da segurança pública estadual e as secretarias de segurança. O programa do governo federal também pretende aproximar a secretaria dos órgãos de segurança dos Estados, trocar experiências, compreender as demandas e fornecer o que for necessário para o fortalecimento das forças policiais.