Foto: Júnior Guimarães

“Não existe crime impune em Goiás”, diz Caiado ao receber familiares de empresário rural assassinado em São Miguel do Araguaia

Governador destaca empenho das forças de segurança para elucidar homicídio de Agno Rainere, 44 anos, morto a tiros enquanto trabalhava. “Confiem no Estado, não damos guarida para bandido, pistoleiro”, disse durante encontro, no aeroporto, com parentes da vítima em visita ao distrito Luiz Alves

O governador Ronaldo Caiado recebeu, nesta quarta-feira (14/10), grupo de familiares do empresário Agno Rainere, assassinado no final de setembro em São Miguel do Araguaia. O encontro ocorreu durante visita a um projeto de irrigação em Luiz Alves, distrito do município, que fica na região Noroeste. “Não existe crime impune no Estado de Goiás”, sentenciou.

O empresário rural Agno Rainere tinha 44 anos quando foi morto a tiros enquanto trabalhava. O assassinato ocorreu no final da tarde do dia 30 de setembro de 2020 e causou grande comoção na região. “Confiem no Estado, confiem no governador”, disse ele. “Nós não damos guarida para bandido, pistoleiro. Corrupto não tem espaço no nosso governo”, pontuou.

Aos familiares, Caiado ressaltou que o trabalho de investigação foi completo e que, pessoalmente, pediu todo empenho. “Tudo isso vem sendo muito bem desvendado. A nossa polícia está fazendo um trabalho, como sempre faz, com extrema competência. Determinei que meu secretário [Rodney Miranda – Segurança Pública] destacasse a melhor equipe, que está trabalhando o tempo todo”, afirmou.

O governador enalteceu as corporações do Estado, polícias civil e militar, as quais classificou como as melhores do país e ponderou a necessidade de esperar o tempo hábil para a elucidação do crime.

Caiado recomendou que não haja mobilização popular em tentativas de elucidação do caso e explicou que, no tempo necessário, as investigações terão um desfecho. O governador ponderou que o momento é de manter a memória do empresário pelo trabalho prestado em vida para a população de São Miguel do Araguaia.