Foto: Lucas Diener

Caiado anuncia quinta parcela do Pró-Atleta ao acompanhar duas vitórias dos times goianos na final da etapa de futebol dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), em Rio Verde

Chamado de “pé-quente”, governador destaca programa de fomento do Governo de Goiás ao esporte de alto rendimento que beneficia 600 atletas. Investimentos somam R$ 6 milhões desde 2019. Ele informa que Goiás será candidato a sediar Jogos Universitários Brasileiros 2022, com disputas de todas as categorias. Equipes goianas, feminino e masculino, ganham medalhas e vagas para Pan-americano, em Mérida, no México. Evento marca retomada das competições acadêmicas nacionais que tiveram atividades suspensas devido à pandemia de Covid-19

O governador Ronaldo Caiado anunciou, nesta sexta-feira (21/05), o depósito da quinta parcela do Pró-Atleta, programa de fomento do Governo de Goiás ao esporte de alto rendimento. O comunicado foi feito em Rio Verde, onde foi chamado de “pé-quente” ao acompanhar duas vitórias dos times goianos, masculino e feminino, na final da etapa de futebol dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que estão sendo realizados no município.

Em clima de festa, Caiado anunciou que Goiás será candidato a sediar os Jogos Universitários Brasileiros 2022, trazendo as competições de todas as categorias. “É isso que nós estamos fazendo, estimulando educação e esporte para garantir aos jovens boa qualidade de vida e formação”, disse o governador.

Desde janeiro deste ano, o Pró-Atleta está sendo pago mensalmente, uma iniciativa inédita do governo do Estado. Só esse ano, serão R$ 3 milhões em investimentos para o programa, que já soma R$ 6 milhões desde 2019.

O Programa Pró-Atleta é uma bolsa esportiva do governo estadual gerido pela Secretaria de Esporte e Lazer. Os atletas contemplados são escolhidos a partir dos rankings divulgados pelas federações de cada modalidade. Com a bolsa, eles podem custear despesas com alimentação, viagens, compra de material esportivo, dentre outras.

Atualmente, 600 atletas recebem o incentivo em Goiás, divididos por categoria. Na estudantil, são 250 bolsas de R$ 250. A categoria estadual concede 300 bolsas e R$ 500 para cada atleta, enquanto a categoria nacional, com 50 bolsas, concede R$ 750 aos esportistas.

O governador deu o pontapé inicial da partida de futebol masculino entre os times Vila Nova/Universo e Unip/SP e, em seguida, entregou as medalhas para as campeãs do Vila Nova/Universo. O evento marca a retomada das competições acadêmicas nacionais, que tiveram as atividades suspensas devido à pandemia de Covid-19.

Com três equipes goianas na disputa, Caiado aproveitou para reforçar o compromisso do Governo Estadual com o desporto e lembrou que, desde o início da gestão, Goiás tem sido palco de competições nacionais. “Fiz questão de alterar minha agenda para chegar aqui, para mostrar o quanto isso é importante para nós. E ao chegar, pude colocar a medalha de ouro nas campeãs goianas da Universo”, comemorou Caiado.

Para o secretário de Estado de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues, que também esteve presente, os bons resultados ajudam a fomentar a tradição desportiva no âmbito acadêmico e a despertar novos atletas goianos. “As disputas aumentam cada vez mais o interesse e a adesão à prática esportiva no ambiente universitário e também escolar. Sabemos que a estrutura do esporte nacional é federativa, mas o fomento ao desporto universitário é fundamental para a formação de novos atletas”, ressaltou.

Os jogos universitários funcionam como uma seletiva para o Pan-americano, que será realizado em Mérida, no México, de 1º a 12 de outubro. As competições foram organizadas seguindo um rígido protocolo de segurança sanitária.

Para entrar em campo, todos os atletas passaram por testes para detecção do novo coronavírus. As partidas são sem público, mas podem ser acompanhadas ao vivo pelas redes sociais da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CDBU), organizadora do evento.

Outro cuidado para evitar a Covid-19 foi a adoção obrigatória do uso de álcool 70%, máscara e aferição de temperatura antes das partidas. Além disso, os atletas foram hospedados em quartos individuais.

Presente na cerimônia, o vice-presidente da CBDU, Alim Maluf Neto, representou a entidade e ressaltou a importância dos apoiadores do evento, especialmente para a segurança sanitária. “Os Jogos Universitários Brasileiros-JUBs Futebol foram um sucesso devido à parceria da CBDU, com a UniRV, o Governo de Goiás e a Prefeitura de Rio Verde onde esses entes, em conjunto, desenvolveram o evento dentro de todos protocolos de segurança sanitários exigidos”, disse Maluf Neto.

Das nove equipes de futebol inscritas, seis são masculinas e três femininas. Elas pertencem a seis centros acadêmicos de diferentes regiões do país. Universo (Goiás), UniRV (Goiás), Unip (São Paulo), UniAteneu (CE), UniFTC (BA) e Unama (Pará).

Os times do Vila Nova/Universo fizeram bonito na competição, que termina neste sábado (22/05). Na categoria masculina, os atletas tiveram 100% de aproveitamento e venceram o Unama (10×0), UniFTC (2×1) e o cearense UniAteneu (6×0). Já o time feminino ganhou do time baiano UniFTC (4×0) e UniAteneu (4×1). Na final, a vitória goiana contra o time da Bahia foi por 3 x 1.

Representando o time feminino campeão do JUBs Universitário 2021, a goleira Jasmirra Taina, de 23 anos, falou da alegria da vitória e da importância de receber o Pró-Atleta. “O Pró-atleta é de suma importância na nossa vida por suprir as nossas necessidades financeiramente, como suporte para aparelhos de treino, alimentação, em viagens, transporte. Somando na nossa vida como atleta e no alto rendimento”, comemorou a jogadora.

As delegações do Vila Nova/Universo tiveram apoio do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que providenciou os testes de Covid-19 e o apoio logístico com transporte.

Também estiveram presentes na premiação o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, os deputados estaduais Chico KGL e Jeferson Rodrigues, o presidente da Câmara de Rio Verde, Lucivaldo Medeiros, o reitor da Universidade de Rio Verde (UniRV), Alberto Barella e Luzimar dos Santos, presidente da Federação Goiana de Desportos Universitários (FGDU)

Disputas nacionais

O Estado entrou de vez para o calendário das competições esportivas nacionais e tem sido cada vez mais comum a realização de jogos na capital e no interior. Só neste ano, Goiás já sediou abertura de três importantes temporadas. A Stock Car, da competição automobilística Império Endurance Brasil e a SuperBike.

Todas foram início de campeonato realizadas no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia. No próximo fim de semana, no mesmo cenário, será a vez da Copa Truck.

Também na capital, neste sábado (22/04), o Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira vai sediar a edição 2021 do Rugby Sevens do JUBs. O evento também integra os jogos acadêmicos da Confederação Nacional de Desporto Universitário e será a primeira competição oficial do Rugby Union disputada neste ano no Brasil.