Foto: Lucas Diener

Caiado ressalta importância da atividade física no ambiente escolar durante encontro com lutador Minotauro para discutir projeto social que associa esporte e educação

Evento no Palácio das Esmeraldas aborda práticas esportivas como instrumento de transformação na vida de crianças e jovens. “É uma ferramenta extremamente motivadora”, diz governador. “A gente vê muitos talentos no Estado”, comenta ex-campeão do UFC, único lutador a ganhar dois cinturões dos pesos pesados

O governador Ronaldo Caiado recebeu, nesta terça-feira (03/08), no Palácio das Esmeraldas, o lutador Rodrigo Minotauro e empresários. Durante o evento, foram discutidos projetos sociais que associam as áreas do esporte e da educação. O estímulo à atividade física, ressaltou o governador, “é uma ferramenta extremamente motivadora para crianças e jovens”.

Na ocasião, Caiado ganhou luvas de boxe e, ao lado de Minotauro, simulou posição de combate para fotos. O governador disse que desenvolver iniciativas que incentivem a educação física no ambiente escolar é uma alternativa para formar campeões, dentro e fora do contexto esportivo. “Todo cidadão tem seus heróis, seja no automobilismo, futebol, vôlei ou outra modalidade”, refletiu.

Caiado lembrou as ações realizadas pela atual gestão, nos últimos dois anos e sete meses, para viabilizar a prática esportiva no ambiente escolar. “Garantimos mais condições de dignidade dentro das escolas, ao cobrir ou construir quadras no Estado inteiro, e motivamos os alunos para que tenham uma atividade”, resumiu.

Único lutador a ganhar dois cinturões dos pesos pesados do UFC, Minotauro participa de um projeto que apresenta aos estudantes os mais variados esportes e seus fundamentos. No caso dele, a modalidade em que foi tantas vezes campeão está em foco. “A ideia é trabalhar a teoria das artes marciais. Há um potencial muito grande dos atletas de artes marciais mistas”, disse.

Segundo Minotauro, levar o cenário do mundo esportivo para as escolas é uma forma de encontrar novas estrelas. “Aqui no Estado, inclusive, a gente vê talentos”, salientou. “Nos países de primeiro mundo, eles usam o esporte na educação e levam o atleta até a universidade. Então, essa é a intenção”, pontuou.

O secretário de Esporte e Lazer, Henderson Rodrigues, sugeriu que essa estratégia pode ser adequada ao projeto Construindo Campeões. “Hoje temos 1,8 mil alunos atletas de karatê espalhados em várias cidades de Goiás”, explicou. A partir da iniciativa, o Estado oferece materiais próprios para a modalidade, além de formação e capacitação. “Acho que dá para ser uma ação casada”, concluiu sobre a transversalidade entre educação e esporte.

Também participaram do encontro o deputado estadual Bruno Peixoto; o vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio), Márcio Andrade; e os empresários Sandro Rezende Cardoso, Pedro Trengrouse e Carol Jacinto.