Foto: Hegon Corrêa

Campanha de imunização contra Covid-19 em Goiás recebe mais 119.990 doses de vacinas

Remessas recebidas pelo Governo do Estado incluem 41.600 unidades da CoronaVac, do Instituto Butantan, e 78.390 imunobiológicos Comirnaty, da Pfizer. Carregamento inclui estoque para administração em primeira e segunda aplicações, fator que contribui para contemplar mais uma parcela da população dentro do critério de idade. Governador Ronaldo Caiado avalia que, mesmo com avanço na vacinação, cuidados são necessários. “Peço a todos que mantenham uso de máscaras e higienização das mãos”, pontua

O Governo do Estado recebeu, nesta quarta-feira (04/08), um total de 119.990 doses de vacinas contra a Covid-19 enviadas pelo Ministério da Saúde. O reforço para alcançar mais uma parcela da população vacinável em Goiás chegou em dois lotes. O primeiro foi entregue pela manhã, com 41.600 imunizantes da CoronaVac, do Instituto Butantan. Já no início da tarde, mais 78.390 unidades da Comirnaty, fabricadas pelo laboratório Pfizer, desembarcaram na capital.

Nesta remessa, os imunizantes da Pfizer são destinados totalmente para a administração da primeira dose. Já as unidades da CoronaVac serão divididas entre primeira e segunda aplicações. Conforme Resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) de Goiás, as doses recebidas poderão ser utilizadas, na sua totalidade, para vacinação por faixa etária, em ordem decrescente de idade. A inclusão das pessoas que pertencem aos grupos prioritários e que, eventualmente, ainda não foram vacinadas, será prioridade.

Mesmo com o progresso na imunização contra a Covid-19, o governador Ronaldo Caiado fez um apelo à população ao avaliar os riscos que ainda são ocasionados pela doença que estabeleceu um problema de saúde pública internacional. “Ao avançar na vacinação, num curto intervalo de tempo, sairemos desse processo da pandemia. Mas peço a todos que mantenham a uso de máscaras e a higienização das mãos”, declarou.

“As pessoas não podem se descuidar. Pelo contrário, devem manter todos os protocolos definidos pelas autoridades de saúde, como evitar aglomerações, uso de máscara e higienização contínua das mãos”, asseverou o secretário de Estado da Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino. Ele argumentou ainda que a conscientização das pessoas e o comportamento da população são de grande importância no controle do problema.

Logística
Com esforços coordenados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a operacionalização para que a vacina seja encaminhada ao público-alvo em Goiás envolve a ação conjunta do Estado e municípios. Assim que chegam ao domínio do Governo de Goiás, as vacinas passam pelo processo de conferência na Central Estadual de Rede de Frio, em Goiânia. No local, equipado com câmaras frias, os imunobiológicos são preparados para o envio às Regionais da Secretaria de Estado de Saúde e, em seguida, são destinados aos municípios.

Doses aplicadas
Do total de imunizantes recebidos até às 15h de terça-feira (03/08), Goiás aplicou 3.105.783 primeiras doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Com o esquema vacinal completo, seja pelo reforço ou pela aplicação de vacina em dose única, foram imunizadas 1.210.851 pessoas.