Você sabe o que faz um senador?

Ele é o encarregado de representar o Estado que o elegeu e tem a responsabilidade de colaborar diretamente para o desenvolvimento de sua região. Cada Estado é representado por três senadores no Congresso Nacional, que possuem a missão de defender e garantir suas necessidades, zelar pelos direitos constitucionais do povo, fiscalizar ações e gastos do poder executivo, autorizar operações externas que possam gerar lucro ao Estado, propor leis que beneficiem a população e, até mesmo, julgar o Presidente da República.

Para entender melhor, aqui vão alguns exemplos do que faz um senador e de como é importante conhecer quem você elege:

– O senador tem a função de fazer emendas orçamentárias, ou seja, de socorrer os Estados e os Municípios, levando dinheiro para construir escolas, hospitais, estradas, creches, postos de saúde etc

– O senador é um dos responsáveis pela indicação de Ministros do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça, do Tribunal Superior do Trabalho e do Superior Tribunal Militar

– O senador também participa da indicação dos Ministros para o Tribunal de Contas da União, que é o órgão responsável pela fiscalização, aprovação ou reprovação das contas públicas

– O senador pode instaurar e participar de CPIs – Comissões Parlamentares de Inquérito – para apurar fraudes e crimes praticados por políticos

– É com base nas CPIs que um político poderá ser declarado, pela Justiça, como “Ficha Suja”, ou seja, ser impedido de participar de eleições

– Tem a função de votar na indicação do Presidente do Banco Central;

– Outra tarefa que o senador tem é a de votar a indicação do Procurador Geral da República (autoridade que possui a função de denunciar os crimes de responsabilidade e crimes comuns praticados por agentes políticos aos Tribunais Superiores

– Cabe ao senador, também, autorizar o presidente da República a emprestar dinheiro ou contrair dívida externa, ou seja: emprestar dinheiro para outros países e, conforme o caso, tomar empréstimo de instituições financeiras internacionais, como por exemplo, o FMI

– Compete ao senador autorizar os governadores a tomar empréstimo da União e de outros países e, bem como a emprestar dinheiro aos municípios carentes. Ele também pode autorizar os municípios a tomar empréstimo dos Estados, e de outros países.

O mandato de um Senador tem a duração de oito anos. Por isso é importante a escolha de uma pessoa experiente, que tenha coragem para defender os assuntos de seu Estado. Se você quer um senador respeitado, é Ronaldo Caiado no Senado.