2

“Vamos tirar do armário os esqueletos do governo de Goiás”, diz Ronaldo Caiado

O pré-candidato ao governo estadual Ronaldo Caiado (Democratas) afirmou nesta segunda-feira (14/05) em entrevista à Rádio Sagres que irá tirar do armário os esqueletos do governo de Goiás. O senador referiu-se aos dados e informações que o governo oculta e que podem revelar futuramente quais os desvios que não permitiram por exemplo a aplicação do mínimo constitucional na saúde de Goiás.

“Estamos buscando informações do Tesouro Nacional e do Ministério da Fazenda para que tenhamos uma radiografia do Estado. Vai ser um processo difícil porque a dita transparência do governo deixa muito a desejar. Sabemos que ele tem vários esqueletos no armário e, se chegarmos lá, vamos constatar o quanto são grandes e têm complicado muito a vida de Goiás”, alertou.

Ronaldo Caiado afirma que tudo deverá ser exposto para a sociedade e que o principal objetivo é buscar a transparência. “Quando tivermos acesso a estes dados vamos levar ao conhecimento da sociedade e mostrar quais as medidas tomaremos. Vamos tirar esses esqueletos do armário e mostrar como inviabilizaram investimentos e pedir o entendimento da sociedade para fazer as mudanças”, garantiu.

Para ele, para fazer as mudanças que Goiás precisa o orçamento precisa ser respeitado. “Precisaremos ter os pés no chão e promovermos uma mudança substantiva, priorizando o orçamento do Estado”, disse.

Hoje, com o diagnóstico que já levantou com dados nacionais e durante diálogos com lideranças e a sociedade civil organizada, Ronaldo Caiado afirmou que há um apelo pela industrialização do interior, a regionalização da saúde e o combate ao narcotráfico. “Hoje o sentimento é de total abandono. Para mudar é preciso ter confiança que o próximo governo terá autoridade moral e usar o dinheiro público com seriedade”, lembrou.

Oposição unidas

Durante a entrevista à Rádio Sagres, o parlamentar reforçou a necessidade de a oposição chegar unida ao pleito deste ano. “Estamos trabalhando exatamente pela unidade da oposição. Não cabe a mim me envolver num problema interno de um partido. O que cabe é promover a unidade. Já conquistamos o apoio de 11 partidos. Não adianta dividirmos a oposição porque estaríamos fazendo o jogo do Palácio. Eles sempre jogaram assim. Qual o grau de amadurecimento que a oposição de Goiás chegou? É unir e tender para uma candidatura que seja viável em 2018 para ganhar o governo do Estado”, resumiu.

Segundo ele, o deputado federal Daniel Vilela (MDB) é encarado com um aliado importante. “Não há nenhuma oposição ao Daniel Vilela. Não tem motivo para isso. O MDB me apoiou na eleição para o Senado, eu estive com o partido na majoritária e em 2016 caminhamos juntos por vários municípios. Não existe nenhuma ruptura. Até porque Daniel Vilela é uma liderança jovem e que tem espaço na política de Goiás”, explicou.

Questionado sobre plano de governo, Ronaldo Caiado falou sobre o primeiro ponto apresentado, que é o fundo de valorização dos professores. “Nossa assessoria na área econômica já detectou vários desvios na aplicação do dinheiro público. Esse dinheiro que vinha sendo desviado será aplicado no fundo de valorização do professor e do policial, onde vamos equiparar salários e acabar com essa divisão de classes na PM”, explicou.

2017-08-19

Caiado une 10 partidos para o projeto da oposição em Goiás

A oposição em Goiás conseguiu reunir neste sábado em sábado (19/08) em Jaraguá uma grande frente com 10 partidos que trabalham juntos por um projeto de mudança para Goiás. Representantes do Democratas, PMN, PTC, PRTB, PRP, PPL, PSDC, PHS, PV e PMDB reiteraram a disposição de marchar unidos em 2018. O evento também reuniu lideranças de 42 municípios, a maior parte da região do Vale do São Patrício.

Segundo o presidente estadual do PMN, Eduardo Macedo, esta frente sai do encontro fortalecida para enfrentar a máquina do governo em 2018. “Entendemos que o Estado está parado, que o Brasil precisa de mudanças. Nesta oportunidade o Democratas, o PMN e demais partidos nos unimos no sentido de apresentarmos um novo projeto para o Estado. À frente deste projeto está o senador Ronaldo Caiado, que possui todas as credenciais para representar bem o povo de Goiás como nosso candidato ao governo”, defendeu.

Na percepção do vice-presidente do PPL, José Netho, o senador Ronaldo Caiado tem conseguido conduzir as conversas sobre aliança de forma democrática e respeitosa. “Ronaldo Caiado tem tido um papel muito fortalecedor ao projeto da oposição porque tem sido democrático, tem construído, tem ligado, tem pedido opinião, tem feito essa construção junto com os partidos, dando espaço para cada um ter destaque, ter a sua condição de crescimento”, defendeu.

Mesma opinião tem o vice-presidente do PRP, Gercyley Batista. “A oposição de Goiás tem feito um papel muito inteligente que é de promover a união nessas eleições de 2018, promovendo conversas principalmente com as lideranças dos municípios goianos e apresentando um projeto de governo. Esse novo projeto de governo está sendo construído através de um amplo diálogo com os partidos da oposição. É uma solução inteligente para vencer as eleições de 2018”, avaliou.

Para o vereador Juarez Lopes, que representou o PRTB, todos saem mais confiantes após o encontro de hoje. “Acredito que isso fortalece qualquer grupo. Acredito que vamos sair daqui mais fortes na nossa caminhada”, disse.

Também vereador de Goiânia, Kleybe Morais, do PSDC, afirma que o momento é extremamente positivo para a oposição. “Por vários motivos, mas vou citar dois. O primeiro dele é que temos bons quadros, bons candidatos colocados à disposição da sociedade goiana. O segundo é que o projeto do atual governador já deu, exauriu”, garantiu.

O presidente do PHS, Eduardo Machado, não pode participar por motivos pessoais mas fez questão de mandar representantes é uma mensagem externada pelo presidente do PMN.

O PMDB fez questão de marcar presença no encontro de hoje com o suplente de senador Luiz Carlos do Carmo, o ex-prefeito de Itaberaí Welinton Baiano, o atual prefeito de Uruana, Cássio Gusmão, lideranças e vereadores. Cássio diz que o nome escolhido lá na frente vai representar o anseio dos goianos. “Reforçamos a tese hoje de que unidos seremos mais fortes. Com certeza saímos daqui ainda mais unidos. Quem chegar lá na frente como bem nas pesquisas, com o sentimento da população goiana, vai estar na frente representando a oposição goiana”, disse.

O Delegado Waldir, que deixou recentemente o PR, participou pela primeira vez de um grande encontro da oposição e justificou a escolha por acompanhar Ronaldo Caiado nesta caminhada. “Fiquei muito feliz com o convite do senador de participar hoje deste evento. Já estive com ele e outras cidades do interior mas hoje fiz questão de acompanha-lo. Temos um governo hoje que não representa o povo goiano, por isso temos de fazer uma união para a mudança. E essa mudança hoje é o senador Ronaldo Caiado. Penso que é o melhor nome para governador Goiás e acabar com o abandono do nosso Estado”, garantiu.

“Não vamos cair no jogo do governo”, diz Caiado

Em discurso bastante aplaudido no auditório de Jaraguá, que estava lotado, o senador garantiu que tem experiência o suficiente para não cair no jogo do governo de tentar colocar os membros da oposição um contra o outro. “Não vamos dividir as oposições no Estado de Goiás. Quem apostar nisso, vai perder. Vamos construir unidade para chegarmos ao governo”, disse.

Segundo ele, o principal norteador hoje são as propostas. “A ideia maior, o que movimenta uma campanha eleitoral, são as ideias, as propostas para que o cidadão acredite na mudança que não seja da boca pra fora, mas é preciso ter independência moral para chegar no governo e dizer que não admite tudo isso que está sendo feito”, disse.

Ronaldo Caiado também afirmou que sua candidatura jamais será imposta. “Não imponho uma candidatura. Existem condicionantes. Deixo claro que respeito todo e qualquer um que saia como pré-candidato no grupo das oposições. Lá na frente vamos escolher um nome e marchar unidos”, afirmou.

DEPOIMENTOS

Presidente estadual do PMN, Eduardo Macedo

É o lançamento de uma nova frente de oposição em Goiás . Goiás precisa de mudanças. Nesta oportunidade o Democratas, o PMN e demais partidos nos unimos no sentido de apresentarmos um novo projeto para o Estado. Confiamos muito nesse projeto e também na liderança do senador Ronaldo Caiado.

José Netho, vice-presidente do PPL

Esta ampla aliança que tem sido construída ela tem reforçado o papel da oposição em Goiás. Esse papel de construir uma aliança ampla, concisa, que tem dado respaldo aos partidos, o senador Ronaldo Caiado tem tido um papel muito fortalecedor porque tem sido democrático, tem construído, tem ligado, tem pedido opinião, tem feito essa construção junto com os partidos, dando espaço para cada um ter destaque, ter a sua condição de crescimento e isso é muito importante para a democracia e para Goiás voltar a crescer e a oposição manter essa união cada vez mais forte e cada vez mais ampla.

Cristiano de Moraes Cunha, secretário-geral do PV

Estamos formando um grupo com o intuito de definir qual vai ser o melhor candidato de oposição ao governo atual. O PV é um dos partidos que está encampando esse grupo com um objetivo: vamos mudar Goiás!

Gercyley Batista, vice-presidente do PRP

A oposição de Goiás tem feito um papel muito inteligente que é de promover a união nessas eleições de 2018, promovendo conversas principalmente com as lideranças dos municípios goianos e apresentando um projeto de governo. Esse novo projeto de governo está sendo construído através de um amplo diálogo com os partidos da oposição. É uma solução inteligente para vencer as eleições de 2018. É lógico que teremos vários diálogos, não é uma oposição pessoal, personificada, mas Ronaldo Caiado é um grande nome para que seja apresentado para a população goiana.

Juarez Lopes, vereador de Goiânia, representando o PRTB

10 partidos estão aqui hoje para discutir a possiblidade de uma aliança para caminhar junto em 2018. Isso acontecendo saímos muito fortes. Acredito que isso fortalece qualquer grupo. Acredito que vamos sair daqui mais fortes na nossa caminhada.

Kleybe Morais, vereador de Goiânia, representando o PSDC

O momento em Goiás é das oposições. Por vários motivos, mas vou citar dois. O primeiro dele é que temos bons quadros, bons candidatos colocados à disposição da sociedade goiana. O segundo é o lado do governador, que o tempo já deu, exauriu. É um tempo de promessas, arcaico, de anunciar vários concursos públicos e depois nem convocar os aprovados. Nós da oposição estando unidos com certeza venceremos as eleições.

João Mauro de Souza, secretário regional do PTC

Nós temos trabalhado muito a questão de trazer novas lideranças. E sentimos nesse sentido um trabalho forte realizado pelo Democratas, pelo senador Ronaldo Caiado. Hoje é um nome forte, um nome vivo. Acreditamos muito nesse projeto político. Tem credibilidade e conduz a coisas de forma correta.

Delegado Waldir, deputado federal

Fiquei muito feliz com o convite do senador de participar hoje deste evento. Já estive com ele e outras cidades do interior mas hoje fiz questão de acompanha-lo. Temos um governo hoje que não representa o povo goiano, por isso temos de fazer uma união para a mudança. E essa mudança hoje será feita esse grupo que o senador Ronaldo Caiado uniu.

Luiz Carlos do Carmo (PMDB), suplente de senador

As oposições em Goiás tem de criar juízo e unir para ganhar esse governo que está há não sei quantos anos no poder. Unindo é certeza que podemos ganhar esse governo e fazer o melhor governo que Goiás já viu.

Cássio Gusmão (PMDB), prefeito de Uruana

Reforçamos a tese hoje de que unidos seremos mais fortes. Com certeza saímos daqui ainda mais unidos. Quem chegar lá na frente como bem nas pesquisas, com o sentimento da população goiana, vai estar na frente representando a oposição goiana.

Welinton Baiano (PMDB), ex-prefeito de Itaberaí

Quero lutar pela unidade das oposições em Goiás. Acredito que o povo, a sociedade, já cansou da indústria da multa. Esses últimos anos a sociedade não comporta mais manter esse governo. Acredito que devemos lutar pela união. O melhor candidato, para ganhar eleição, será escolhido. Temos vários nomes e Ronaldo Caiado é um deles, por ser um homem ético, sabe do problema da saúde, ninguém como ele poderá resolver o problema da segurança. É isso que Goiás precisa para representar o nosso povo. Vou lutar até a última hora para termos a união.